Biblioteca digital

Tendo em vista o crescente interesse sobre o tema, elaboramos uma biblioteca digital com estudos sobre o suicídio e temas correlatos.
Nosso acervo está em construção, portanto, novas contribuições serão muito bem recebidas
em bibliotecadigital@ippesbrasil.com.br

Esperamos contribuir com o aprofundamento dos seus estudos!

Acompanhamento psicológico preventivo para agentes de segurança pública

A autora Caroline Back realiza uma análise crítica do acompanhamento psicológico destinado ao agentes de segurança pública com o objetivo de compreender os ricos de adoecimento psíquico a que tais profissionais estão submetidos. Ademais, a autora discorre sobre as reais possibilidades de minimizar os riscos de adoecimento por meio de ações preventivas. Durante a análise, Back observa os fatores mais relatados pelos profissionais que podem contribuir ou agravar a saúde dos agentes, são eles: risco de vida constante, a morte de colegas de profissão, situações traumáticas e a necessidade de realizar atividades externas para complementar a renda. Acerca dos serviços de saúde mental oferecidos pelas instituições de segurança do pais, a autora chama atenção para o fato de que além de não haver a oferta de apoio psicológico em todas as instituições, naquelas em que este serviço ocorre, o profissional encontra diversas barreiras para acessar o atendimento. A autora concluiu expondo a necessidade de priorizar a atuação preventiva dos serviços de apoio psicológico e não somente de situações de momentâneas de crise.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

Impacto do distanciamento social nas notificações de violência contra crianças e adolescentes no Rio Grande do Sul, Brasil

Com o objetivo de analisar as taxas de notificações de violência juvenil no Estado do Rio Grande do Sul, entre 2015 e 2020, e as possíveis alterações em suas tendências em razão da pandemia de Covid-19, os pesquisadores utilizaram dados secundários do Portal Bi Saúde no painel de Violência Interpessoal/Suicídio. A análise das notificações de violência em indivíduos de 0 a 19 anos ( entre março e abril de cada ano), revelou uma queda de 54% no ano de 2020 comparada com o mesmo período em 2019. Os pesquisadores concluíram ainda que o distanciamento social reduziu as taxas de notificações de violência contra crianças e adolescentes devido à subnotificação. Neste caso, os autores afirmam a necessidade de investimentos e planejamentos intersetoriais fundamentais para a garantia dos direitos das crianças dos adolescentes.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

We sourced data from 21 countries (16 high-income and ve upper-middle-income countries), including whole-country data in ten countries and data for various areas in 11 countries). Rate ratios (RRs) and 95% CIs based on the observed versus expected numbers of suicides showed no evidence of a signi cant increase in risk of suicide since the pandemic began in any country or area. There was statistical evidence of a decrease in suicide compared with the expected number in 12 countries or areas: New South Wales, Australia (RR 0·81 [95% CI 0·72–0·91]); Alberta, Canada (0·80 [0·68–0·93]); British Columbia, Canada (0·76 [0·66–0·87]); Chile (0·85 [0·78–0·94]); Leipzig, Germany (0·49 [0·32–0·74]); Japan (0·94 [0·91–0·96]); New Zealand (0·79 [0·68–0·91]); South Korea (0·94 [0·92–0·97]); California, USA (0·90 [0·85–0·95]); Illinois (Cook County), USA (0·79 [0·67–0·93]); Texas (four counties), USA (0·82 [0·68–0·98]); and Ecuador (0·74 [0·67–0·82]). Interpretation This is the rst study to examine suicides occurring in the context of the COVID-19 pandemic in multiple countries. In high-income and upper-middle-income countries, suicide numbers have remained largely unchanged or declined in the early months of the pandemic compared with the expected levels based on the pre-pandemic period. We need to remain vigilant and be poised to respond if the situation changes as the longer-term mental health and economic e ects of the pandemic unfold.

Neste artigo recém publicado pela revista Lancet Psychiatry, os autores buscam avaliar o efeito inicial do Covid-19 nas taxas de suicídio em todo o mundo. Para isto, a pesquisa utilizou dados de suicídios coletados em tempo real através de uma busca sistemática na internet (sites oficiais dos ministérios da saúde, agências policiais e agências de estáticas governamentais) e nas literaturas publicadas. Utilizando uma análise de série temporal para modelar a tendência de suicídios mensais antes do Covid-19 (1º de janeiro de 2019 a 31 de março de 2020) em cada país, os pesquisadores compararam o número esperado de suicídios derivados do modelo com o número de suicídios observados nos primeiros meses da pandemia (1º de abril a 31 de julho de 2020). As taxas finais observadas na pesquisa, não apontam evidências de aumento significativo no risco de suicídio desde o início da pandemia. Pelo contrário, os dados demonstram uma diminuição nas taxas de suicídio em comparação ao número esperado em 12 países ou áreas, são eles: New South Wales (Austrália), Alberta (Canadá), Brittish Columbia (Canadá), Chile, Leipzig (Alemanha), Japão, Nova Zelândia, Coreia do Sul, Califórnia (EUA), Illinois (EUA), Texas (EUA) e Equador.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Covid-19 e tabagismo: uma relação de risco

O objetivo deste artigo é elencar evidências científicas que possam comprovar a hipótese de que o tabagismo configure um fator de risco para a COVID-19. Segundo Silva, Moreira e Martins, é possível sustentar que o tabagismo seja um importante fator de risco devido ao fato de que fumantes levam os produtos de tabaco, sejam os tradicionais ou os dispositivos eletrônicos constantemente à boca, sem a adequada higienização das mãos. Ainda segundo os autores, a OMS já apontou o tabaco como um fator em potencial para a disseminação do vírus. De acordo com os pesquisadores, “em relação aos danos causados pela infecção da COVID-19, fumas aumenta o risco de danos pulmonares. O tabagismo está relacionado à bronquiolite respiratória (geralmente assintomática), com diversos tipos de pneumonias, além de bronquite crônica, enfisema pulmonar, tuberculoso e cânceres de pulmão, promovendo o declínio da função pulmonar.” (2020,p. 2). Dentre os diversas estudos científicos elencados pelo artigo, destaca-se o “Clinical characteristics of coronavirus disease 2019 in China” (Guan W, Ni Z, Hu Y, Liang W, Ou C, He J, et al.,2020) que aponta que fumantes com COVID-19 têm 3,25 vezes mais chances de desenvolver quadros mais graves da doença do que não fumantes. Para os autores é fundamentem o desenvolvimento de mais pesquisas que busquem respondem à extensão dos impactos do tabagismo e do fumo passivo no progresso e transmissão da COVID-19.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Autópsias psicológicas e psicossociais de idosos que morreram por suicídio no Brasil

Com o objetivo de conhecer as variáveis associadas ao suicídio de idosos, as autoras analisaram 51 casos de suicídio espalhados por dez municípios brasileiros. O conjunto de entrevistas semiestruturadas realizadas com base na autópsia psicológica, foi reexaminada por meio de uma meta-análise de cunho psicossocial e qualitativo sobre dados dos familiares entrevistados, mas também acerca das interpretações dos pesquisadores, contextualização socioantropológica e categorias de relevância. Além disso, a pesquisa priorizou a análise de formas de perpetração e letalidade por sexo, faixa etária, perfil socioeconômico e fatores associados. As conclusões da pesquisa chamam atenção para doenças graves, deficiências e transtornos mentais como as principais causas para o fenômeno do suicídio entre idosos. Em seguida aparecem a doença da depressão, conflitos familiares e conjugais. Cavalcante e Minayo salientam a importância da qualidade de vida dos idosos, sobretudo dos homens, grupo de maior risco para o suicídio.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Tentativas de suicídio na adolescência: narrativas de uma dor invisível.

A partir de um estudo qualitativo, realizado com a colaboração de sete adolescentes entre treze e dezoito anos, a pesquisadora Estela Lourenço busca analisar em sua dissertação de mestrado os possíveis significados frente as experiências de tentativa de suicídios pelo público adolescente. Lourenço aponta três categorias temáticas que emergiram nas leituras das narrativas dos adolescente: relações familiares como espaço primário de apoio e proteção; escola enquanto espaço de aprendizagem, socialização e interação; e relações sociais e de amizade. De acordo com a autora, determinadas situações vivenciadas e narradas pelos adolescentes como problemas com os pais, comportamento autolesivo, isolamento, bullying, entre outros, podem repercutir e favorecer situações que levem à ideação suicida e/ou tentativas de suicídios. Para a autora a promoção de ações em saúde mental para adolescentes são fundamentais e necessárias para a prevenção do comportamento suicida.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Uma luz no ‘fundo do poço’: uma análise das premissas do tratamento oferecido aos policiais militares ‘dependentes químicos’ pela polícia militar do Estado do Rio de Janeiro

Em um contexto de tratamento oferecido pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) aos policiais militares usuários de drogas lícitas e ilícitas, a pesquisadora Fernanda Cruz analisa as diretrizes adotadas no tratamento e suas justificativas. O artigo aborda ainda o processo de reconstrução do indivíduo conduzido no decorrer do tratamento, traçando um interessante diálogo com a literatura sociológica. De acordo com a autora, em 1992 o tratamento oferecido pela PMERJ sofreu uma reformulação e além da desintoxicação a partir da internação de caráter voluntário, adotou-se a metodologia dos Doze Passos, característica de irmandades como Alcoólicos Anônimos (AA) e Narcóticos Anônimos (NA). Cruz aponta que o processo de reconstrução do self observado no tratamento ofertado aos policiais, permitia novas interpretações e justificativas para os seus comportamentos sem que suas trajetórias sofressem necessariamente um apagamento. Ademais, a autora chama atenção para o fato de que “ao atribuir a doença a uma pré-disposição individual há uma suavização da relação entre a exposição às drogas e o estresse a que esses sujeitos estão submetidos, em detrimento de uma visão de que esses indivíduos já carregam comportamentos compulsivos antes de entrarem na corporação”. (CRUZ, 2020, p. 185)

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Mulheres, Loucura e Cuidado: a condição da mulher na provisão e demanda por cuidados em saúde mental

E quando as mulheres adoecem? Quem cuida delas? Estes são questionamentos que o artigo de Pegoraro e Caldana nos incita a refletir. A partir de uma revisão bibliográfica as autoras analisam a condição da mulher que recebe e provê cuidados em saúde mental. Em um primeiro momento, o artigo explora a relação entre mulher e loucura desde os registros da Idade Antiga até o início do século XX no Brasil. Em seguida, as autoras debatem os dilemas em torno da mulher enquanto principal prestadora de cuidados informais ( no âmbito familiar). Por fim, o artigo sublinha a urgência de discutirmos as necessidades específicas em torno das mulheres que demandam cuidados em saúde mental (sobretudo aquelas que têm filhos menores, também dependentes de cuidados). De acordo com as autoras, as políticas públicas brasileiras em saúde mental não têm acompanhado as mudanças do gênero feminino em relação às conquistas de novos papéis na sociedade. O lugar da mulher na prestação de cuidado informal, extra-hospitalar, já está cristalizado e pouco se debate sobre quem cuida destas mulheres quando elas adoecem e têm sua saúde mental comprometida.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Recomendações Baseadas em Evidências para a Prevenção do Suicídio Durante e Após a Pandemias da COVID-19

O suicídio é um fenômeno evitável. Esta é a principal premissa defendida por neste artigo que busca demonstrar os fatores de risco e proteção afetados pela pandemia de Covid-19, e que acabaram por contribuir para o aumento dos casos de suicídio. Ademais, o artigo elenca as estratégias preventivas focadas nos tratamentos farmacológicos e psicológicos disponíveis para os indivíduos que apresentam comportamento suicida. De acordo com o modelo sócio-ecológico da OMS, variáveis como crise econômica na esfera social, discriminação no nível da comunidade, conflitos interpessoais e solidão no que tange aos relacionamentos e transtornos mentais no nível individual, contribuem para o aumento da depressão, ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático, uso abusivo de bebidas álcool e, em última instância, para o risco de suicídio. No entanto, segundo os pesquisadores, este cenário é possível de ser revertido a partir de estratégias como a restrição do acesso a meios letais, intervenções em escolas, divulgação responsável de notícias nas mídias e entre outros.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Adaptation of evidence-based suicide prevention strategies during and after the COVID-19 pandemic

O suicídio é um fenômeno evitável. Esta é a principal premissa defendida por neste artigo que busca demonstrar os fatores de risco e proteção afetados pela pandemia de Covid-19, e que acabaram por contribuir para o aumento dos casos de suicídio. Ademais, o artigo elenca as estratégias preventivas focadas nos tratamentos farmacológicos e psicológicos disponíveis para os indivíduos que apresentam comportamento suicida. De acordo com o modelo sócio-ecológico da OMS, variáveis como crise econômica na esfera social, discriminação no nível da comunidade, conflitos interpessoais e solidão no que tange aos relacionamentos e transtornos mentais no nível individual, contribuem para o aumento da depressão, ansiedade, transtorno de estresse pós-traumático, uso abusivo de bebidas álcool e, em última instância, para o risco de suicídio. No entanto, segundo os pesquisadores, este cenário é possível de ser revertido a partir de estratégias como a restrição do acesso a meios letais, intervenções em escolas, divulgação responsável de notícias nas mídias e entre outros.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Especificidades sobre processo de luto frente ao suicídio

Neste artigo Karina Fukumitsa e Maria Júlia Kovács apresentam as especificidades em torno do processo de luto após a morte em razão de suicídio. Para tal, as autoras realizam uma análise comparativa entre o processo de luto após o suicídio e os demais lutos ( em decorrência por outros tipos de morte) com base em nove depoimentos de filhos de pessoas que consumaram o suicídio. O artigo revela que o luto em razão do suicídio é caracterizado por sentimentos como culpa, raiva, sensação de desamparo, solidão, rejeição, abandono e entre outros.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Sofrimento Psíquico em Policiais Militares: um estudo de revisão

A partir de uma extensa revisão integrativa que contou com a análise de 32 documentos publicados entre 1999 e 2019, o autor Higor Brito buscou verificar se a produção acadêmica brasileira associa o sofrimento psíquico às condições e à organização do trabalho policial militar. Os resultados da análise apontam para um aumento da produção acadêmica nas áreas da Psicologia e da Saúde Pública sobre o tema proposto. Tais trabalhos acadêmicos indicam que determinados aspectos organizacionais (como carga de trabalho, divisão de tarefas e rigidez nas relações hierárquicas) podem contribuir para o surgimento do sofrimento psíquico entre os policiais militares.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Ei, eu tô aqui,você não ta me vendo?”: reflexões sobre a rede de cuidado de mulheres grávidas usuárias de drogas em situação de ‘vulnerabilidade’ na cidade do Rio de Janeiro

Paula Napolião em sua dissertação de mestrado constrói uma reflexão fundamental acerca da rede de cuidado de mulheres grávidas usuárias de drogas em situação de “vulnerabilidade” na cidade do Rio de Janeiro. O objetivo da pesquisa é compreender os desafios e dilemas de articulação entre os profissionais que realizam o atendimento das mulheres nas redes de atenção psicossocial e de saúde. A autora prioriza em sua análise o contexto em que filhos são separados de suas mães de forma compulsória. Para tal, Napolião acompanhou as reuniões de um fórum de debate sobre o tema composto pelos profissionais de saúde bem como realizou entrevistas com os mesmos.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Quando o viver é uma aposta: uma etnografia sobre os potenciais de vida entre membros de Alcoólicos Anônimos do Rio de Janeiro

Por que homens e mulheres se agrupariam a fim de resolver seu problema em comum com o álcool? Esta é a pergunta que a autora busca responder ao longo de sua dissertação de mestrado. A partir de uma etnografia realizada em três grupos de Alcoólicos Anônimos (AA) do Rio de Janeiro, Fonte analisa de que forma os alcoólicos empreendem determinada “aposta” em um novo estilo de vida que permite aos mesmos criarem e recriam um modo de ser e estar no mundo, apesar da condição invariável do alcoolismo. Segundo a autora, o processo a que denomina “aposta na vida” está para além da abstinência, compreendendo minuciosas estratégias e práticas de cuidado que revelam certo movimento de agência em direção ao recomeço.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

“Suicídio na adolescência: fatores de risco, depressão e gênero”

O artigo analisa os fatores de risco ao suicídio na adolescência e as características epidemiológicas de jovens que tentam ou cometeram suicídio. Os autores identificaram determinados fatores de risco que têm sido associados ao comportamento suicida, como: transtornos psicológicos, uso de álcool e/ou drogas, exposição à violência entre outros. No entanto, destacam o papel fundamental da depressão como um fator de risco agravante para o desenvolvimento de pensamentos suicidas. Além disso, verificou-se que as tentativas de suicídio são mais frequentes entre pessoas do gênero feminino e o suicídio consumado entre os homens. Segundo os autores, esta diferença se deve ao fato de que os homens utilizam-se de meios mais agressivos e fatais em suas tentativas.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

“Hierarquia da invisibilidade”: preconceito e homofobia na formação policial militar

Tendo em vista a cultura institucional da polícia militar e a evidente “dominação masculina” nas casernas, o artigo discute a presença de alunos homoafetivos masculinos que ingressaram no Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Bahia. A pesquisa concluiu a partir das falas dos entrevistados, que há certa conformidade dos alunos às regras culturais difundidas no quartel ao negarem a dimensão sexual e afetiva de suas identidades visando serem aceitos. O artigo discute ainda, a “hierarquia da invisibilidade” que leva tais alunos a ocultarem seu autorreconhecimento.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

É possível prevenir o suicídio policial no Brasil?

Apesar do aumento de suicídio policial no Brasil, o assunto ainda é invisível para muitas instituições no país. A partir deste fato, as autoras refletem sobre os fatores protetivos que atenuariam esta realidade e promoveriam uma vida mais saudável e produtiva para os policiais. Como exemplo é possível destacar o fortalecimento de vínculos familiares, institucionais e a construção de redes de apoio social em situações de estresse. Por fim, com base em dados analisados ao longo do texto, as autoras elencam desafios que tanto o poder público quanto a sociedade precisam enfrentar para promover a prevenção.

Categorias: Suicídio entre profissionais de Segurança Pública

Ler Artigo

Homicídio, suicídio, morte acidental… ‘O que foi que aconteceu?’

Quais os critérios adotados para se classificar uma morte como “homicídio”, “suicídio”, “acidente” ou “morte natural”? Este é o questionamento principal que o presente artigo busca responder. Para tal, foram analisadas as receitas profissionais utilizadas pelo staff da perícia criminal na tipificação de ocorrências. A pesquisa realizada em 2012 contou com a observação de 19 “perícias de local do crime” na cidade do Rio de Janeiro. Segundo as autoras, os resultados demonstram que há uma diferença em relação as práticas adotadas em casos de morte típicos quando comparadas as receitas seguidas pelo mesmo staff nos casos de morte atípicos. Concluiu-se que o trabalho da perícia parece pouco contribuir para a elucidação da autoria em casos típicos de mortes classificadas como homicídios. Além disso, a pesquisa indica a prevalência de desigualdade social no processo de investigação dos casos de homicídios.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Gênero e trauma

O objetivo do artigo é analisar, a partir das diferenças de gênero, os desdobramentos sociais e psicológicos da violência urbana sobre os parentes e amigos de pessoas que foram vitimadas por mortes violentas (homicídio, suicídio ou acidentes). Segundo os autores, há uma lacuna na literatura especializada que permite questionar se as experiências traumáticas se diferenciam devido ao gênero ou ao tipo de trauma. A fim de aprofundar tal questionamento, Miranda e Soares examinaram uma amostra, de 425 mulheres (62%) e 265 homens (38%), extraída de uma lista de parentes de pessoas que sofreram morte violenta na cidade do Rio de Janeiro. A pesquisa testou a hipótese de que as mulheres são mais suscetíveis à desordem de estresse pós-traumático (DEPT), comparou os sintomas do trauma e as percepções sobre o significado da perda. Os resultados da pesquisa apresentam os seguintes dados: 54% das mulheres e 41% dos homens sofreram com alterações em seu cotidiano após a perda de um parente/amigo; neste contexto, a saúde dos entrevistados foi a área mais afetada. As percepções de medo, ansiedade, estresse e de insegurança foram construídas de forma diferentes entre os gêneros. Além disso, verificou-se que os mecanismos escolhidos para enfrentar a perda também apresentam diferenças à depender do gênero. Dentre os demais resultados da pesquisa, chama atenção o fato de que apesar das mulheres sentirem mais as perdas dos que os homens, essa diferença não encontra explicação em aspectos internos aos gêneros, mas externos a eles, dependendo das interações e dos contatos pessoais dos enlutados.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

Hierarquia, aspectos da cultura organizacional e implicações na qualidade de vida: um estudo nas polícias militares brasileiras

Em parceria com o PNUD (Programa para o Desenvolvimento das Nações Unidas), a pesquisa tem por objetivo analisar os aspectos da hierarquia e da disciplina na cultura das Polícias Militares e seus desdobramentos na saúde tanto física quanto mental dos profissionais. Na primeira parte do texto, por meio de revisões da literatura tanto nacional quanto internacional, são caracterizados os elementos básicos da cultura organizacional dos militares e seus valores. Em um segundo momento, através de entrevistas e grupos focais, são exploradas as percepções de oficiais e praças sobre a natureza hierárquica da Corporação.Por fim, foi realizado um levantamento nacional com o objetivo de identificar os valores culturais e as práticas organizacionais que definem o modelo disciplinar e hierárquico das Polícias Militares, bem como a apresentação de fatores que podem estar vinculados aos afastamentos dos policiais por motivos de saúde. De forma resumida, os resultados da pesquisa apontam para a relação complexa entre hierarquia e autoritarismo; em algumas situações, esta relação demonstrou estar vinculada a aspectos locais, subculturais de cada Corporação e, em outros casos, parece ser uma característica unívoca e transversal nas Corporações das Policias Militares. Chama atenção¬ a diferenciação na forma como os processos de saúde-adoecimento podem acometer praças e oficiais. Os praças, por exemplo, tendem a ser informados das escalas de serviço com pouca antecedência, diferente do que ocorre os com oficiais, o que produz uma redução na possibilidade de planejamento da vida extra-trabalho, das relações familiares e dos cuidados com a saúde. Por fim, apesar de avaliações negativas, tanto oficiais (84%) quanto praças (58%), declararam como boa/regular sua satisfação com a Corporação Militar. Este dado chama atenção para o fato de que apesar da necessidade de mudanças fundamentais nas políticas e valores organizacionais, existência certo sentimento de “pertencimento” à Corporação.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Informação estatística e políticas públicas no Brasil: contribuições de pesquisas do IBGE para as políticas de desenvolvimento social e combate à fome (2004-2014)

"As “estatísticas públicas importam às políticas e à mudança social”. Esta é, em síntese, a tese para a qual essa monografia pretende contribuir, analisando um período histórico de significativa mudança do paradigma de intervenção do Estado brasileiro sobre a realidade social, de expansão de escopo e escala de políticas públicas, de fortalecimento da capacidade técnica-burocrática e político-relacional de governo, de institucionalização de mecanismos de participação social e de complexificação do Sistema Estatístico. Mais precisamente, este trabalho procura mostrar como as estatísticas colaboraram para as atividades inerentes ao ciclo de formulação e gestão da política de desenvolvimento social e combate à fome (PDSCF) e como os programas e ações desencadeados dessa política ampliaram e influenciaram o programa de trabalho do IBGE, seja na incorporação de quesitos em questionários, encarte de suplementos temáticos em pesquisas já consolidadas, seja na realização de novos levantamentos estatísticos. Com a ampliação do escopo de estatísticas disponíveis por esses instrumentos, técnicos, gestores e pesquisadores puderam identificar lacunas de oferta ou avanços em intervenções desencadeadas com informação parcial ou restrita, permitindo o aprimoramento da própria política pública. Procura-se mostrar como três levantamentos de larga institucionalidade no IBGE (Censo Demográfico, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios e Pesquisa de Informações Básicas Municipais) garantiram a disponibilidade de dados para identificação microterritorializada da população em extrema pobreza, visando a elaboração de diagnósticos de capacidade de gestão, pessoal e equipamentos para as PDSCF, para monitoramento, ajuste de focalização de públicos-alvo e avaliação da efetividade das ações de combate à fome e insegurança alimentar entre 2004 e 2014. Tais informações também foram cruciais para fornecer evidências robustas para contrapor-se a narrativas que sistematicamente opunham-se à ampliação da agenda de políticas sociais no país. Na introdução – ampliada- desse trabalho, busca-se explicitar o objeto, a motivação e, em alguma medida, o enquadramento investigativo dessa monografia na linha de pesquisa de Capacidades Estatais, a sua perspectiva disciplinar no Campo de Públicas e a sua inspiração neoinstitucionalista de análise de políticas públicas. No primeiro capítulo, é feita uma revisão bibliográfica acerca das conexões entre Estado e estatística, evidenciando a relação histórica entre a constituição do Estado de Bem-Estar e os sistemas estatísticos nos últimos 200 anos. O capítulo seguinte trata da questão mais específica desse trabalho, abordando o círculo virtuoso da agenda política- estatísticas-políticas públicas, com foco nas PDSCF. Por fim, na conclusão, discutem-se os riscos e desafios que o atual momento político-governamental traz para o Sistema Estatístico brasileiro." (Jannuzzi,P.)

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

A Polícia e suas Polícias: Clientela, Hierarquia, Soldado e Bandido

A partir da Análise Institucional do Discurso, baseada em entrevistas com dez policiais militares do Estado de São Paulo, a autora propõe analisar como os policiais relatam seu trabalho, interpretam a hierarquia institucional e como se posicionam e posicionam sua clientela nestes relatos. A análise das entrevistas possibilitou que Azevedo constatasse que há uma dualidade a respeito da clientela no discursos dos soldados da PMSP: clientela boa e clientela algoz. A clientela boa foi retratada pelos entrevistados como pessoas “despossuídas” e desamparadas que depositavam no policial militar a figura de salvador e herói que poderia preencher certas “faltas”. Entretanto, a clientela também configura, segundo os policiais, parte da população que não entende e não se submete a autoridade policial. No discurso dos soldados entrevistados, a clientela foi dividida entre “suspeitos”- que moram em comunidade, de onde o policial espera um reação negativa – e “algozes” – desembargadores, ministros, advogados, promotores, que por vezes se utilizam da autoridade e do prestígio para humilhar os policiais, mas também garantem o bom trabalho dos mesmos. A hierarquia, na percepção dos policiais, está estreitamente relacionada ao horário rigoroso, controlado e normatizado. O desamparo institucional foi um outro fator bastante mencionado pelos entrevistados e o que, de acordo com a autora, implica que muitas vezes os policiais se desloquem de sua percepção de herói da sociedade para herói dos próprios companheiros de trabalho.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

Covid-19 e a Saúde da Criança e do Adolescente

O documento elaborado por especialistas da Coordenação de Ações Nacionais e de Cooperação da Fiocruz, busca contribuir para a capacidade de análise, planejamento e tomada de decisões de gestores e profissionais da saúde dedicados à proteção e cuidado à saúde de crianças e adolescentes no Brasil. Os autores incluíram no documento aspectos clínicos e epidemiológicos da Covid-19 na infância e adolescência, seus desdobramentos na saúde mental; o papel das políticas públicas no combate às desigualdades sociais; os fatores nutricionais e a atividade física em meio a pandemia; e os impasses em relação a cobertura vacinal, ao atendimento ambulatorial e a atenção no período neonatal. Trata-se de um documento que oferece conhecimento e ferramentas que podem auxiliar no enfrentamento do risco de aumento da morbimortalidade de crianças e adolescentes no contexto de pandemia da Covid-19.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Sob Fogo Cruzado I: vitimização de policiais militares e civis brasileiros

O artigo busca apresentar o conceito de vitimização profissional e analisar de que forma esse fenômeno acarreta prejuízos tanto para os profissionais de segurança pública quanto para suas famílias, corporações e a sociedade em geral. Ao analisar informações de fontes como as Secretarias Estaduais de Segurança Pública e Defesa Social, o Sistema Nacional de Estatísticas em Segurança Pública e Justiça Criminal, foram coletados dados dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal para o período de 2000 a 2012. Foram registrados 901 óbitos de policias militares em serviço entre 2000 e 2012, entre os quais 202 (22,4%) ocorreram nos últimos três anos. A taxa de vitimização nesses últimos três anos foi de 143,30/100.000. De acordo com as autoras, o conceito de “vitimização profissional” diz respeito aos agentes de segurança pública que morrem ou sofrem agravos físicos e emocionais em decorrência do exercício de sua profissão. A pesquisa aponta que algumas situações agravam a vulnerabilidade dos policiais, são elas: treinamento para o confronto, inadequadas condições de trabalho, precariedade das viaturas e entre outros. Um dado chama atenção na pesquisa: morrem mais policiais nas folgas do que em serviço. Para o conjunto do país foram informados mais de 802 óbitos de policias militares fora de seu horário de serviço, entre os quais 535 (66,7%) perderam a vida nos últimos três anos. Ainda segundo a pesquisa, a negação do perigo por considerar que medo, ansiedade e choro são manifestações de fraqueza, o desenvolvimento de sintomas depressivos e o sentimento de urgência da vida são atitudes ligadas à vitimização dos agentes. Neste sentido, a prevenção e antecipação dos efeitos da vitimização com cuidados especializados são de extrema importância para a reversão do quadro citado.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Estresse: diagnóstico dos policiais militares em uma cidade brasileira

O objetivo do artigo é identificar a ocorrência e a fase de estresse em policiais militares da Cidade de Natal. Além disso, os autores buscam determinar a prevalência de sintomatologia física e mental nos profissionais militares. Para tal, entre junho de 2004 e janeiro de 2005, investigou-se uma amostra de 264 policiais militares do Comando de Policiamento da Capital a partir do Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Segundo a pesquisa, 52,6% dos policiais apresentaram sintomas de estresse e 47,4% sintomatologia. Dentre os 47,4% com estresse, 3,4% foram enquadrados na fase de alerta, 39,8% na fase de resistência, 3,8% na fase de quase-exaustão e 0,4% na fase de exaustão. De todas as variáveis investigadas pela pesquisa, apenas o sexo apresentou relação direta com estresse, o gênero feminino é o mais afetado. Por fim, com base na relevância dos resultados da pesquisa, os autores recomendam ações preventivas no campo da segurança pública que abarquem diagnóstico, orientação e controle do estresse.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Suicídio de Policiais Militares do Estado de São Paulo

O objetivo do trabalho é analisar o fenômeno do suicídio e os fatores que diferem o número de suicídio de policiais no Estado de São Paulo e da população em geral. O autor também propõe uma reflexão sobre as medidas de controle do suicídio internas adotadas pela corporação da polícia militar. A partir de entrevistas e análise de dados estatísticos, Reis revisa o histórico de tais medidas, interpreta suas eficácias e considera possíveis aprimoramentos. Segundo o autor, a diferença das taxas de suicídio entre a população em geral e a corporação, chega a ser cinco vezes maior em alguns anos entre os policiais. Isto se deve a determinados fatores que envolvem a profissão do PMESP, como: a facilidade do acesso ao meio (arma de fogo), o constante contato com situações estressantes ou traumáticas, o preconceito em relação aos tratamentos de saúde mental e o chamado “ethos do guerreiro”. Para Reis estes são fatores que atingem em maior grau os policias por conta de uma certa cultura de resiliência e de cobrança que permeia a profissão. O autor afirma ainda, que a prevenção a partir de treinamento dos próprios policiais para perceberem alterações emocionais dos companheiros, após situações traumáticas ou por problemas pessoas, é umas das alternativas para reverter o quadro de sofrimento entre os profissionais militares.

Categorias: Suicídio entre profissionais de Segurança Pública

Ler Artigo

Racismo, motor da violência

O boletim “Racismo, motor da violência” da Rede de Observatórios da Segurança busca analisar mais de 12.500 registros de eventos relacionados à segurança pública e à violência após um ano de monitoramento em cinco estados brasileiros (Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo). A publicação traz dados sobre Feminicídio e violência contra a mulher, Policiamento, Sistema penitenciário e socioeducativo e Homicídios. Nesta publicação os pesquisadores e coordenadores deram prioridade aos casos de racismo e injúria racial. No entanto, os registros demonstraram uma discrepância entre a abundância de eventos sobre policiamento, violência armada, violência de gênero e a escassez de registros de racismo, intolerância religiosa e injuria racial. Isto é, notou-se um silenciamento de informações sobre a cor das vítimas de violência. Em um ano foram registrados 12.559 eventos, dos quais 56,2% foram de ações de policiamento. A seguir é possível mensurar algumas das descobertas da Rede de Observatórios da Segurança durante o seu primeiro ano de monitoramento: foram registrados 1.408 casos de violência contra mulher; feminicídios e tentativas de feminicídios, quando somadas, correspondem a 68,8% do total. Importante chamar atenção para o fato de que no Rio de Janeiro, por exemplo, de 256 casos de violência contra mulheres, apenas quatro mencionavam a cor da vítima. No que se refere aos resultados sobre policiamento, os pesquisadores ressaltam os números de mortes provocadas pelas polícias: 984 mortes e 712 feridos, ou seja, uma em cada sete operações monitoradas registrou ao menos uma morte. Sobre os homicídios os resultados demonstram que durante o isolamento social por conta da pandemia de Covid-19, a violência letal aumentou, como no caso emblemático do Ceará. Estes são apenas alguns dos resultados do monitoramento realizado pela Rede de Observatórios da Segurança, que além de dar visibilidade a dados importantes sobre a violência no país, agrega a publicação com textos analíticos de seus pesquisadores e coordenadores.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

O uso intensivo da internet por crianças e adolescentes no contexto da COVID-19 e os riscos para violências autoinflingidas

O ensaio busca analisar as implicações do isolamento em razão da pandemia do Covid-19 para o uso intensivo da internet entre crianças e adolescentes. Além das possíveis consequências deste uso para a prática de violências autoinflingidas (ideação suicida, autoagressões, tentativas de suicídio e suicídio). Segundo os autores, é importante chamar atenção para o fato de que os conteúdos (informações, memes, depoimentos) que circulam na internet sobra a situação da pandemia e seus prognósticos, têm um potencial ansiogênico e podem amplificar um “medo global”. De acordo com o relatório do UNICEF de orientação sobre manejo familiar no contexto do Covid-19, a ajuda parental para atribuir significados para a pandemia pode frear a carga de estresse e ansiedade das crianças e adolescentes neste momento. Segundo as agências de proteção à infância, o consumo massivo de informações sobre a pandemia, pode produzir ansiedade, pânico e levar à depressão. Tais fatores podem ser ainda mais intensos quando a criança ou adolescente já apresentam condições de saúde mental prévias. Ademais, os autores destacam que a partir de uma pesquisa realizada no Google Trends, verificou-se que a busca pelo termo “desafios online” (desafios em formato de “game” ou “brincadeira” que envolvem algum tipo de autolesão) cresceu no mundo inteiro após a implementação da medida de isolamento social. Por fim, o ensaio prioriza o diálogo e a escuta sem julgamento culpabilizador entre os pais e seus filhos, como instrumento eficaz de controle e atenção aos riscos da internet.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Covid-19 and the pandemic of fear: reflections on mental health

O objetivo do artigo é analisar o tema do estresse emocional e os efeitos psicológicos no cenário atual de Covid-19. O método utilizado foi pesquisa bibliográfica por meio das buscas “estresse psicológico AND covid 19” e “transtorno mental AND covid 19” no Pubmed e BIREME. Os artigos que resultaram da busca foram realizados na China, com dados primários e avaliaram três grupos principais: população em geral, enfermeiros da linha de frente e enfermeiros em geral. Após a leitura dos artigos, os autores concluíram que os enfermeiros da linha de frente foram os menos afetados pelo estresse emocional, visto que possuem maior acesso a estratégias para lidar com o sintoma. Entretanto, os autores chamam atenção para o fato de que o acúmulo de sobrecarga de trabalho pode contribuir para o desencadeamento de outros distúrbios. Ainda de acordo com a pesquisa, independente do grupo, o estresse emocional foi registrado em mais de 60% dos pesquisados. Na população em geral (1210 indivíduos), 28,8% apresentaram sintomas de ansiedade moderada a grave e 53,8% relataram impacto psicológico de intensidade moderada a grave, em razão da pandemia. Por fim, os autores salientam que é fundamental o desenvolvimento de estratégias de apoio psicológico para a promoção da saúde mental, dando enfoque ao uso de tecnologias online. Além disso, é de suma importância atentar para o público que já sofre de distúrbios psiquiátricos, tendo em vista que a pandemia pode agravar ainda mais esse sofrimento.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Representações de adoecimento e cura de pacientes do Centro de Dependência Química do Hospital Central da Marinha

O artigo tem por objetivo analisar as representações de adoecimento e cura relacionadas aos diagnósticos de transtorno mental e comportamental em razão do uso de drogas entre militares da Marinha. Além disso, busca investigar a possível relação entre o ambiente de trabalho e o uso de drogas, sobretudo o álcool, dos profissionais. O texto é um recorte de uma pesquisa etnográfica realizada em dois anos, através da observação participante, no Centro de Dependência Química (CEDEQ) da Marinha do Brasil. Contou com a observação de 24 sessões de grupoterapia e com entrevistas individuais com 13 pacientes escolhidos de maneira aleatória. Segundo as pesquisadoras, a ideia de cura difundida pelos pacientes não parece estar relacionada à de doença orgânica ou genética, pois a prescrição parece estar associada a uma terapia onde o diálogo e a troca de experiência aparecem como instrumentos mais eficazes de tratamento. As entrevistas revelaram que para a maioria dos profissionais o ambiente de trabalho tende a desencadear a adicção. Os fatores mais apresentados pelos entrevistadoras para justificar tal afirmativa foram: o stress relativo à dinâmica e condições laborativas, as oportunidades de beber a bordo com o intuito de atenuar o desgaste, o sentimento de opressão ou a fadiga e as movimentações para outras localidades do país que acabam por afastar o militar do núcleo familiar.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

Suicídio e masculinidades: uma análise por meio do gênero e das sexualidades

Através das teorias das masculinidades, o artigo busca analisar os relatos biográficos de homens gays, bissexuais e heterossexuais que já manifestaram o comportamento suicida. Segundo os autores, no Brasil, o número de óbitos por suicídio entre homens é quase quatro vezes maior que o das mulheres. Este número se torna ainda mais preocupante no caso de homens cuja sexualidade é dissidente, seja pelo silenciamento de seus desejos e/ou pelas agressões como punição em recusa a quaisquer traços considerados socialmente femininos. Por meio de entrevistas abertas com entrevistados com idade entre 19 e 28 anos, os autores buscaram descrever os contextos de sofrimento oriundos da imposição social de certas performances de masculinidade. A pesquisa constatou que a virilidade imposta socialmente e a ausência de locais de acolhimento durante a infância e adolescência costumam predispor à manifestação do comportamento suicida. Assim, para os entrevistados, somente após o ingresso no espaço universitário foi possível apaziguar o sofrimento psíquico, pois nesse ambiente há maior proliferação de discursos progressistas. Para todos os entrevistados, a ideação sempre esteve associada ao desconforto cotidiano nos espaços de socialização. Além disso, o comportamento suicida apareceu nas narrativas como uma maneira de interromper certo desamparo e homofobia intrafamiliar. De acordo com os autores, embora o sucesso profissional tenha aparecido como uma forma de compensação de uma sexualidade dissidente, foi entre os homens heterossexuais que esse fator propiciou em maior número o surgimento de ideações autodestrutivas. Por fim, também foi entre os heterossexuais que o término de relacionamento aparece como potencializador do sofrimento psíquico.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Pensamento suicida entre a população transgênero: um estudo epidemiológico

O objetivo do artigo é analisar a ocorrência de pensamentos suicidas em pacientes de um ambulatório de transgêneros no Distrito Federal, assim como as variáveis relacionadas a esses eventos. Os pesquisadores realizaram um estudo epidemiológico de corte transversal, construído a partir de uma revisão dos prontuários dos paciências atendidos no ambulatório do Hospital Dia, entre agosto de 2017 e setembro de 2018. A pesquisa revelou que, em média, 73,7% dos participantes possuíam pensamentos suicidas em algum momento da vida e 29,9% haviam tentado de fato pelo menos uma vez. Cerca de 26,8% já teriam tentado automutilação/autoagressão, com predomínio de três ou mais episódios. Além disso, a maioria dos pacientes apresentava sofrimento relacionado ao próprio corpo (84%), 67% disseram que a vida valia a pena e 94,4% alegaram interesse em apoio especializado para superação de suas dificuldades/problemas. Os pesquisadores também notaram que as faixas etárias mais jovens estão mais associadas ao quadro e o sexo de nascimento feminino (80,5%) apresentou maiores taxas de ideação que o sexo oposto. No que diz respeito à cor/raça, os negros (83,3%) e indígenas (100%) são os que mais desenvolveram pensamentos suicidas. Por fim, o fato de a família desaprovar ou desconhecer a orientação sexual dos indivíduos mostrou que, em ambos os casos, a frequência de ideação suicida pode atingir aproximadamente 90%. Em suma, a pesquisa chama atenção para o fato de que a população transgênero é acometida por vulnerabilidades de ordens tanto individuais quanto sociais, e devem ser foco de políticas públicas.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

As milícias fluminenses em tempos de Covid-19: relatos de medos ambivalentes na imprensa?

Quais são as representações da imprensa acerca da milícia no contexto da Covid-19? Como são retratados os relatos da população sobre esses grupos criminais? Responder a esses questionamentos é o objetivo principal do artigo de Thais Duarte e Ludmila Ribeiro. A partir de um mapeamento das matérias publicadas no jornal Extra e na plataforma de notícias G1, entre março e maio de 2020, as autoras coletaram matérias jornalísticas que relatam o modus operandi das milícias. De acordo com a pesquisa, é possível perceber duas linhas (ambivalentes) de descrição da ação de milicianos no atual contexto de pandemia. Por um lado, observa-se o tratamento desses grupos como algozes, que obrigam os comerciantes a romper com a quarentena para que tenham recursos e possam pagar sua “taxa de segurança”, e, por outro lado, as pesquisadoras notaram o tratamento do grupo como salvadores, que teriam decretado o toque de recolher aos moradores e com isso, contribuído para a diminuição dos riscos de infecção do vírus. Ainda segundo o artigo, as milícias têm enxergado na pandemia de Covid-19 uma boa oportunidade para ampliar seu domínio, aproveitando as violações contínuas de direitos cometidas pelo Estado em área periféricas. Assim, os locais marcados pela deficiência de políticas publicas, como as de saúde, de segurança e de educação, têm sido o foco dos milicianos.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Mortalidade por suicídio entre crianças indígenas no Brasil

O objetivo do artigo é descrever as características, a distribuição e as taxas de mortalidade por suicídio entre crianças indígenas no Brasil, de forma comparada às não indígenas. A pesquisa foi realizada por meio de um estudo descritivo, compreendendo o período de 2010 a 2014. Os dados de mortalidade utilizados foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. E os dados populacionais foram estimados segundo os censos oficiais de 2000 e 2010 (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os óbitos selecionados foram de pessoas com idades entre 10 e 14 anos, cuja causa básica foi classificada como “lesões autoprovocadas voluntariamente”. De acordo com o autor, dentre 584 registros de suicídio, 55 [9,4%(7,0-11,8)] eram indígenas. Entre esses últimos, houve um predomínio de suicídio entre meninas, 58,2% (45,1-71,2), enquanto, entre não indígenas, foi entre meninos, 60% (55,7-64,3). O enforcamento foi o meio mais utilizado, tanto entre indígenas [96,4%(91,4-101,3)] como entre não indígenas [62,8% (58,6-67,0)]. Para ambos os grupos, a maior parte dos óbitos ocorreu no domicílio. Além disso, a grande maioria dos suicídios entre indígenas, 94,5% (88,5-100,5), ocorreu nas macrorregiões Norte e Centro-oeste do Brasil. Por fim, a pesquisa salienta que a taxa de mortalidade por suicídio entre crianças no país foi de 0,7/100mil (0,6-0,7). Entre indígenas, a taxa foi de 11,0/100 mil (8,4-14,3), 18,5(10,9-31,6) vezes maior do que a observada entre não indígenas, 0,6/100 mil (0,5-0,6).

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Atividade física e estado de saúde mental de idoso

No Brasil, aproximadamente 10 milhões de idosos apresentam desordens mentais, principalmente a depressão. Assim, os autores do artigo buscam avaliar as condições de saúde mental de idosos, residentes em Santa Catarina e relacioná-las com os níveis de atividade física. A pesquisa, realizada em 2002, obteve uma amostra de 875 idosos, 437 homens e 438 mulheres. Os idosos participantes responderam inicialmente ao Questionário Brazil Old Age Schedule (BOAS) e, em um segundo momento, ao Questionário Internacional de Atividades Físicas (IPAQ) versão longa. Os resultados da pesquisa revelaram que a maior parte dos idosos (93,5%) eram sedentários no campo profissional e 25,7% foram considerados ativos no domínio lazer. Sendo os homens menos sedentários que as mulheres. Além disso, a prevalência de demência foi de 13,8% e de depressão foi de 19,7%. Os pesquisadores verificaram a associação estaticamente significativa/inversa entre atividade física total e atividade física de lazer com a demência e depressão. Por fim, constatou-se menor prevalência de indicadores de depressão e demência para idosos não sedentários. Os pesquisadores reafirmam a importância da atividade física para o enfrentamento de síndrome depressiva, favorecendo o convívio social e a estimulação corporal.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Lesão autoprovocada em todos os ciclos da vida: perfil das vítimas em serviços de urgência e emergência de capitais do Brasil

O principal objetivo do artigo é caracterizar o perfil das vítimas de lesão autoprovocada que recorreram ao serviço de urgência e emergência nas capitais brasileiras. A partir dos dados fornecidos pelo Viva Inquérito 2014 (Vigilância de Violência e Acidentes), as pesquisadoras realizaram estatística descritiva das lesões autoprovocadas por sexo e construíram uma análise por regressão logística. As características avaliadas foram: faixa etária, sexo, raça/cor de pele, escolaridade, zona de residência, características do evento, uso de álcool e evolução do atendimento. A pesquisa identificou que dos atendimentos por violências nos serviços de urgência e emergência, 10% correspondem a lesões autoprovocadas, destacando os casos que envolvem mulheres e adultos. As pesquisadoras também chamam atenção para o fato de que o gênero produz diferença na escolha do método para cometer suicídio. Além disso, concluiu-se que os pacientes atendidos necessitam de acompanhamentos posteriores para que se possa evitar e prevenir reincidências.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

A profissão do policial militar: vivências de prazer e sofrimento no trabalho

A pesquisa, realizada com policiais militares lotados no interior Rio Grande do Sul, em 2016, busca compreender os fatores que determinam vivências de prazer e sofrimento no cotidiano destes profissionais. Para isso, as pesquisadoras aplicaram questionários sociodemográficos e realizaram entrevistas semiestruturadas com dez policiais militares. A análise dos discursos permitiu concluir que as principais causas de sofrimento são o fardamento desconfortável e o descontentamento com o quadro de funcionários. Já o sentimento de prazer foi relacionado à autonomia no atendimento às ocorrências. A pesquisa verificou que os policiais militares costumam adotar certas estratégias de defesa com o objetivo de amenizar o sofrimento derivado do trabalho, destacam-se: resiliência, práticas de sublimação e a não verbalização do sofrimento. Esta última defesa é sustentada, segundo as pesquisadoras, pelo recurso simbólico da virilidade, bastante difundido pelo imaginário cultural gaúcho.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

A violência contra mulheres, crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela COVID-19: panorama, motivações e formas de enfrentamento

O objetivo do artigo é discutir as consequências do distanciamento social no relacionamento interpessoal, sobretudo entre parceiros íntimos e entre pais e filhos. A partir de revisão sobre o tema na internet e nas principais mídias sociais, os pesquisadores perceberam que o aumento da violência contra a mulher e contra a criança e o adolescente, durante o período de distanciamento social tem sido notado em diversos países. No Brasil, segundo dados do ‘Ligue 180’ (disponibilizados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos) houve um aumento de cerca de 17% no número de ligações com denúncias de violência contra a mulher ao longo do mês de março. De acordo com os pesquisadores, as restrições de movimento, limitações financeiras e insegurança generalizada encorajam os abusadores à prática da violência. Na dimensão individual, o aumento do nível de estresse do agressor por medo de adoecer, a incerteza do futuro e a iminência de redução de renda podem agravar ainda mais as ocorrências de violência. Além disso, a busca por ajuda e proteção está prejudicada devido à interrupção ou redução das atividades em igrejas, creches, escolas e serviços de proteção social. Em relação às repercussões da COVID-19 para o aumento do risco de violência contra crianças e adolescentes, os pesquisadores chamam atenção para o funcionamento parcial de muitos serviços de defesa dos direitos deste setor da população. Por fim, o artigo reforça a necessidade de ações de enfrentamento das violências contra mulheres, crianças e adolescentes e apresenta pontos fundamentais que podem gerar prevenção e auxílio destes casos.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

COVID-19: Emergência e Impactos na Saúde e no Trabalho

Por meio de revisão bibliográfica, o artigo busca apresentar os problemas na saúde mental dos profissionais de saúde e da população em geral expostos diretamente aos risco de contaminação da Covid-19. A revisão da literatura internacional revela que entre os profissionais de saúde, sobretudo aqueles que atuam em hospitais e postos de saúde, há sinais de exaustão, redução da empatia, ansiedade, irritabilidade, insônia e decaimento do desempenho profissional. Segundo o artigo, ao longo da expansão do vírus, houve aumento na população em geral de Transtornos Mentais Comuns (TMC), principalmente fadiga, agressividade, estresse agudos, episódios de pânico, manifestação de preditores de estresse pós traumático (TEPT), depressão e ansiedade. O artigo chama atenção para o fato de que ao mesmo tempo em que as redes sociais facilitaram o acesso ao aconselhamento psicológico durante a pandemia, propagou fake news (notícias falsas), contribuindo para a histeria coletiva, o pânico e o excesso de compartilhamento de sentimentos negativos, fatores que não contribuem para a qualidade da saúde mental da população. Por fim, os pesquisadores ressaltam a necessidade de promoção de medidas voltadas ao comportamento seguro, com destaque para o autocuidado.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

Survey of Insomnia and Related Social Psychological Factors Among Medical Staff Involved in the 2019 Novel Coronavirus Disease Outbreak

O objetivo do artigo é investigar a taxa de prevalência de insônia entre a equipe médica dos hospitais durante o surto de COVID-19 e confirmar os fatores psicológicos e sociais relacionados. A metodologia consistiu em aplicação de questionário (por meio do programa WeChat) aos membros da equipe médica da China, incluindo trabalhadores da saúde que atuaram na linha de frente ao combate do vírus. Os pesquisadores realizaram uma análise de regressão logística para examinar as associações entre fatores sociodemográficos e os sintomas de insônia, depressão, ansiedade e sinais relacionados ao estresse. A pesquisa constatou que um terço da equipe médica sofreu sintomas de insônia no decorrer do surto de COVID-19. Ainda segundo a pesquisa, os sintomas de insônia podem ser associados ao nível de escolaridade do profissional de saúde, que em sua maioria é médico e que trabalhou durante o surto em uma unidade de isolamento. Este profissional apresentou preocupações com a COVID-19 e identificou falta de auxílio em termos de apoio psicológico das mídias sociais e de comunicação em relação ao vírus. De acordo com os pesquisadores, intervenções para tratar da insônia entre a equipe médica são necessárias considerando os vários fatores sociopsicológicos envolvidos neste cenário de pandemia.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

Violência sexual na adolescência, perfil da vítima e impactos sobre a saúde mental

​O objetivo do artigo é analisar os impactos do abuso sexual na saúde mental de adolescentes e caracterizar o perfil das vítimas. A metodologia utilizada é o ‘Propensity Score Matching’, a partir dos microdados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (2015). O estudo concluiu que o jovem violentado apresenta o seguinte perfil comportamental: tem mais chances de já ter consumido álcool e outras drogas, de ter sofrido bullying, de apresentar distorção idade-série escolar, de possuir um emprego e de não apresentar expectativas de continuar os estudos. Em relação ao núcleo familiar, a vítima de tem pouco acompanhamento dos pais e uma chance menor de morar com a mãe. Além disso, os resultados da pesquisa revelam que o abuso sexual na adolescência pode aumentar em 13,3% a chance de o jovem reportar o sentimento de solidão de forma frequente, em 7,5% a chance de ter poucos ou nenhum amigo e em 9,5% a chance de sofrer insônia constante por motivos de preocupação. É importante ressaltar que tais resultados variam de acordo com o gênero

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Suicide Mortality and Coronavirus Disease 2019— A Perfect Storm?

O objetivo do artigo é analisar o aumento das ocorrências de suicídio nos EUA como um efeito secundário que emerge no atual contexto de Covid-19. A hipótese é de que embora as intervenções de distanciamento social reduzam a taxa de novas infecções, o risco de maiores incidências de suicídio é alto. Com base em pesquisas já realizadas sobre a ocorrência de suicídio em contextos de crise, os pesquisadores sugerem que mudanças como demissão em massa de funcionários e o fechamento das escolas por tempo indeterminado (forçando os pais a tirarem um período de folga do trabalho) podem acarretar o crescimento das taxas de suicídio a longo prazo. Ademais, o artigo chama atenção para o fato de que o isolamento e a solidão são associados pela literatura ao pensamento suicida, o que torna preocupante a medida de isolamento social adotada para conter a Covid-19. Segundo os pesquisadores, o fechamento de igrejas e serviços comunitários também é um ponto de reflexão importante, visto que a taxa de suicídio tem se mostrado menor quando existe a participação nestes espaços. Para os pesquisadores algumas ações podem ser adotadas como prioridades para mitigar possíveis casos de suicídio. Destacam-se: repensar a ideia de distanciamento social que requer a inibição do contato físico, mas não necessariamente outros tipos de contato (como por telefone ou vídeo) e considerar o manejo de indivíduos com crises de saúde mental no momento dos procedimentos de triagem da Covid-19. Por fim, o artigo apresenta possíveis efeitos positivos da crise, como o fortalecimento de vínculos sociais e a alteração das percepções sobre saúde e mortalidade, tornando a vida mais preciosa.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

A CONDIÇÃO DO POLICIAL MILITAR EM ATENDIMENTO CLÍNICO: UMA ANÁLISE DAS NARRATIVAS SOBRE ADOECIMENTO, SOFRIMENTO E MEDO NO CONTEXTO PROFISSIONAL

O artigo busca compreender como o sofrimento e o sentimento de medo se expressam no funcionamento ocupacional de policiais militares. A pesquisa é fundamentada em trabalho de campo realizado no Centro Biopsicossocial da Polícia Militar do Ceará e em entrevistas de profundidade com os profissionais da segurança pública. Os pesquisadores observaram que a hierarquia e a disciplina são temas constantemente levantados pelos policiais para explicar a incidência de adoecimento e sofrimento. Ainda segundo os policiais entrevistados, alguns elementos podem ser associados ao sofrimento e ao medo, como: a incerteza dos julgamentos morais dos outros, o tédio provocado por atividades repetitivas, a má remuneração, entre outros. Por fim, os pesquisadores concluíram que o sofrimento laboral e as aflições psíquicas dos policiais apresentam relação com às más condições de trabalho (como as escalas exaustivas) e às pressões hierárquicas que incidem sobre os mesmos.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

Adoecimento e sofrimento de professores universitários: dimensões afetivas e ético-políticas

Com o objetivo de identificar e analisar os diagnósticos relativos à saúde mental de professores universitários, o autor realizou entrevistas semiestruturadas com professores de distintas unidades acadêmicas. Além disso, analisou documentos sobre o processo de expansão e interiorização de uma universidade federal e seu impacto no processo de saúde e adoecimento dos docentes. A consulta aos livros da junta médica acerca dos afastamentos por problemas de saúde dos professores da referida universidade também foi foco metodológico. A pesquisa concluiu que o sofrimento docente tem estreita relação com os impedimentos simbólicos e concretos que os professores encontram para efetivar suas expectativas éticas e políticas em relação à docência. Ademais, destaca-se o diagnóstico prevalente de episódios depressivos entre os docentes. Segundo Silva, muitos casos relativos aos “transtornos mentais e comportamentais” (como esquizofrenia e alcoolismo), correspondem (ainda que não em sua totalidade) a atendimentos recorrentes de docentes que culminam em aposentadoria por invalidez.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

Suicídio no Idoso – O Antecipar da Morte

Neste artigo, os pesquisadores buscam apresentar as características, os fatores de risco e os programas de prevenção referentes à prática suicida nos idosos. A partir de revisão bibliográfica e consulta nos relatórios das Nações Unidas, verificou-se que o suicídio nos idosos apresenta causa multifatorial. Os pesquisadores concluíram que 46% a 86% dos idosos que cometeram suicídio apresentavam depressão. Outros fatores associados são: ansiedade, características de personalidade obsessiva, fraca integração social, presença de doença física ou disfunção neurocognitiva e a perda do cônjuge. Em relação aos programas de prevenção, a pesquisa verificou que além da depressão, outros fatores devem ser foco de atenção dos programas, como a promoção do aumento da resiliência do idoso, o envelhecimento positivo e o envolvimento da família, assim como o controle das comorbilidades médicas.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Prevalence, clinical correlates and maternal psychopathology of deliberate self-harm in children and early adolescents: results from a large community study

O artigo dos pesquisadores André Simioni, Pedro Pan, Ary Godelha, Gisele Manfro, Jair Mari, Eurípedes Miguel, Luis Rohde e Giovanni Salum, investiga a prevalência de auto-mutilação deliberada (deliberate self-harm - DSH) e suas associações psicopatológicas clínicas e maternas em crianças brasileiras com idades entre 6 e 14 anos.
As crianças e suas respectivas mães foram avaliadas pelos pesquisadores por meio de entrevistas estruturadas. Além disso, foram realizadas análises estratificadas por faixa etária e regressões logísticas para investigar o papel dos diagnósticos clínicos e da psicopatologia materna nas estimativas de prevalência de auto-mutilação deliberada (DSH). A pesquisa concluiu que os diagnósticos de depressão, transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) e transtorno desafiador de oposição (TDO) estão fortemente associados à ocorrência de auto-mutilação deliberada (DSH) nas crianças e adolescentes, assim como ter uma mãe que apresenta transtorno de ansiedade.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

Sofrimento psíquico em policiais civis do Estado do Rio de Janeiro

O artigo analisa os fatores associados ao sofrimento psíquico de policiais civis e a possível relação entre as condições de trabalho e desgastes na saúde física e mental desses profissionais. Para atingir tais objetivos, as autoras Liana Pinto, Ana Elisa Figueiredo e Edinilsa Souza reanalisam dados provenientes de três pesquisas de corte transversais desenvolvidas pelo Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli/Claves, da Fundação Oswaldo Cruz.
As pesquisadoras concluíram que o sofrimento psíquico do policial civil além de estar estreitamente relacionado a uma variação de condições inerentes ao seu trabalho (como o grau de satisfação com a capacidade de reagir a situações difíceis e a vitimização), relaciona-se com o grau de satisfação do policial com a sua própria vida como um todo.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco, Segurança Pública

Ler Artigo

THE WORLD HEALTH REPORT 2000 : HEALTH SYSTEMS IMPROVING PERFORMANCE

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World health report 2000: health systems improving performance. Geneva: World Health Organization, 2000.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR: TRANSTORNOS MENTAIS E DO COMPORTAMENTO RELACIONADO COM O TRABALHO QUE PODEM, EM ALGUMA MEDIDA, ESTAR ASSOCIADOS AO SUICÍDIO LABORAL

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

A AUTOVIOLÊNCIA, OBJETO DA SOCIOLOGIA E PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RÉPLICA 2 – RÉPLICA AO ARTIGO “TENTATIVAS DE SUICÍDIO ENTRE BANCÁRIOS NO CONTEXTO DE REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA

LIMA, Maria Elizabeth Antunes. Réplica 2-Réplica ao Artigo “Tentativas de Suicídio entre Bancários no Contexto de Reestruturação Produtiva”. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 14, n. 5, p. 949-955, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO Y LESIONES AUTOINFLIGIDAS COLOMBIA, 1973-1996

GÓMEZ-RESTREPO, Carlos et al. Suicidio y Lesiones Autoinfigidas Colombia, 1973-1996. Revista colombiana de psiquiatría, v. 31, n. 2, p. 123-136, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE ATTEMPT USING PURE METHANOL WITH HOSPITALIZATION OF THE PATIENT SOON AFTER INGESTION: CASE REPORT

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIOS, PSICOLOGIA E VÍNCULOS: UMA LEITURA PSICOSSOCIAL

BASTOS, Rogério Lustosa. Suicídios, Psicologia e vínculos: uma leitura psicossocial. Psicologia USP, São Paulo, v. 20, n. 1, p. 67-92, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MENTAL HEALTH ADVISORY TEAM (MHAT) V OPERATION ENDURING FREEDOM 8. AFGHANISTAN OFFICE OF THE COMMAND SURGEON AND OFFICE OF THE SURGEON GENERAL UNITED STATES ARMY MEDICAL COMMAND

MENTAL Health Advisory Team (MHAT) V Operation Enduring Freedom 8. Afghanistan Office of the Command Surgeon and Office of The Surgeon General United States Army Medical Command, 14 February 2008.

Categorias: Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública

Ler Artigo

CONSUMO DE SUSTANCIAS Y SUICIDIOS EN MÉXICO: RESULTADOS DEL SISTEMA DE VIGILANCIA EPIDEMIOLÓGICA DE LAS ADICCIONES, 1994-2006

OCAMPO, René; BOJORQUEZ, Ietza; CORTÉS, Mario. Consumo de sustancias y suicidios en México: resultados del Sistema de Vigilancia Epidemiológica de las Adicciones, 1994-2006. salud pública de méxico, [S.I], v. 51, n. 4, p. 306-313, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EVALUACIÓN DE ALGUNOS ASPECTOS DEL PROGRAMA NACIONAL DE PREVENCIÓN DE LA CONDUCTA SUICIDA. MUNICIPIO PLAYA, 1995

RAMOS VALLE, Isora, et al. Evaluación de algunos aspectos del Programa Nacional de Prevención de la conducta suicida. Municipio Playa, 1995. Revista Cubana de Higiene y Epidemiología, [S.I], v. 36, n. 2, p. 105-112, 1998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSION AMONG ADULTS EMPLOYED FULL-TIME, BY OCCUPATIONAL CATEGORY

SAMHSA. Depression among Adults Employed Full-Time, by Occupational Category. NSDUH REPORT, Rockville, 2007.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

LEVOTHYROXINE, MENTAL CONFUSION AND SUICIDE ATTEMPT

SANTOS JÚNIOR, Amilton dos; BOTEGA, Neury José. Levothyroxine, mental confusion and suicide attempt. Sao Paulo Medical Journal, [S.I], v. 127, n. 5, p. 317-318, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SOFRIMENTO PSÍQUICO ENTRE POLICIAIS CIVIS UMA ANÁLISE SOB A ÓTICA DE GÊNERO

SOUZA, Ednilsa de Ramos etl al. Sofrimento psíquico entre policiais civis uma análise sob a ótica de gênero. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 23(1):105-114, jan, 2007

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO E SUICÍDIOS EM PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO CEARÁ: MAGNITUDE, PERFIL E FATORES ASSOCIADOS, 2000 A 2014.

SOUSA, José Edir Paixão de. Tentativas de suicídio e suicídios em profissionais de Segurança Pública do Estado do Ceará: magnitude, perfil e fatores associados, 2000 a 2014. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-graduação em Saúde Pública, Fortaleza, 2016.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

ENTREVISTA SEMI-ESTRUTURADA PARA AUTÓPSIA PSICOLÓGICA EM CASOS DE SUICÍDIO

WERLANGA, Blanca Guevara; BOTEGA, Neury José. Entrevista semi-estruturada para autópsia psicológica em casos de suicídio. Rev Bras Psiquiatr., [S.I],v. 25, n. 4, p. 212-219, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TRAJETÓRIAS INDIVIDUAIS, CRIMINALIDADE E O PAPEL DA EDUCAÇÃO

CERQUEIRA, Daniel. Trajetórias Individuais, Criminalidade e o Papel da Educaçã. Boletim de Análise Político-Institucional | n. 9 | Jan.-Jun. 2016

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

SAÚDE PÚBLICA E SUICÍDIO: DESEMPREGO, SEPARAÇÃO CONJUGAL E FALTA DE EXPECTATIVAS SÃO FATORES DE RISCO

http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/saude_publica_e_suicidio.html acessado em:6/09/2016 às 00:39h.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MANEJO DOS QUADROS DE ANGÚSTIA PÓS-TRAUMÁTICA EM MILITARES SEGUNDO O REFERENCIAL DA ANÁLISE PSICODRAMÁTICA

FILHO, Olavo. Manejo dos Quadros de Angústia Pós-traumática em Militares Segundo o Referencial da Análise Psicodramática. Artigo da Jornada de Psicologia, versao 16, 10/2015

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

UM MONSTRO CHAMADO SOLIDÃO

GONZALEZ, Alankardec. Um monstro chamado solidão. Disponível em: http://cvv141.blogspot.com.br/2016/05/um-monstro-chamado-solidao.html acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SÚICÍDIO

CHALUB, Elias et al. Suicídio. Ano 2 . Nº1 . Janeiro/Fevereiro de 2010

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO NA INFÂNCIA: UMA ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS PUBLICADOS EM BASES ELETRÔNICAS

COSTA, Brenda. Suicídio na infância: uma análise dos estudos brasileiros publicados em bases eletrônicas. Disponível em: http://www.fundamentalpsychopathology.org/uploads/files/ii_congresso_internacional/temas_livres/ii_con._suicidio_na_infancia_tl.pdf acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SETEMBRO AMARELO: VAMOS REALMENTE FALAR SOBRE SUICÍDIO?

FIGUEIREDO, Priscilla. Setembro Amarelo: Vamos realmente falar sobre suicídio?. Disponível em: hhttp://www.psicologiaparacuriosos.com.br/setembro-amarelo-vamos-realmente-falar-sobre-suicidio/ acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PLANEJAMENTO SUICIDA ENTRE ADOLESCENTES ESCOLARES: PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS

BAGGIO, Lissandra et al. Planejamento suicida entre adolescentes
escolares: prevalência e fatores associados. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 25(1):142-150, jan, 2009

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO NO CONTEXTO PSIQUIÁTRICO

TENG, Chei et al. O Suicídio no contexto psiquiátrico. Revista Brasileira de Psicologia, 02(01), Salvador, Bahia, 2015

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INDÍGENAS RECORREM AO SUICÍDIO

Helio. Indígenas recorrem ao suicídio. Disponível em: http://cvv141.blogspot.com.br/2016/08/indigenas-recorrem-ao-suicidio.html acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO

Publicação de Como vai você?. Falando abertamente sobre suicídio. Disponível em: http://www.cvv.org.br/downloads/falando_abertamente_sobre_suicidio.pdf acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DETECÇÃO DO RISCO DE SUICÍDIO NOS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA PSIQUIÁTRICA

BERTOLOTE, José et al. Detecção do risco de suicídio nos serviços de emergência
psiquiátrica. Revista Brasileira de Psiquiatria, vol 32, Supl II, out2010

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE SURVIVORS SUPPORT

SKAVACINI, Karen. Suicide Survivors Support. Disponível em: http://www.gestaltsp.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2015/12/Thesis_Karen_Scavacini.pdf acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TOXICOMANIA E SUICÍDIO SOB UMA VISÃO PSICANALÍTICA

AZEVEDO, Monia et al. Toxicomania e Suicídio sob uma Visão Psicanalítica. Revista Mal-estar e Subjetividade – Fortaleza - Vol. XI - No 2 - p. 623 - 644 - jun/2011

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SEGURANÇA E A QUESTÃO POLICIAL

FILHO, Cláudio. Políticas Públicas de segurança e a questão policial. SÃO PAULO EM PERSPECTIVA, 13(4) 1999

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

PESQUISA NACIONAL DE VITIMIZAÇÃO

Pesquisa Nacional de Vitimização. Disponível em: http://www.crisp.ufmg.br/wp-content/uploads/2013/10/Relat%C3%B3rio-PNV-Senasp_final.pdf acessado em:6/09/2016 às 00:39h.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

ESTATÍSTICAS CRIMINAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO

COVAS, Mario. Estatísticas Criminais do Estado de São Paulo 2015. Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 15 de maio de 1995.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

REVISÃO: COMPORTAMENTO SUICIDA AO LONGO DO CICLO VITAL

SCHLOSSER,Adriano. Revisão: Comportamento Suicida ao Longo do Ciclo Vital. Trends in Psychology / Temas em Psicologia – 2014, Vol. 22, no 133, 1-145

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O BOM POLICIAL TEM MEDO

O Bom Policial Tem Medo. Human Rights Watch| Julho 2016

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

O PSICOTERAPEUTA DIANTE DO COMPORTAMENTO SUICIDA

FUKUMITSU, Karina. O psicoterapeuta diante do comportamento suicida. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-65642014000300270&lng=pt&nrm=iso&tlng=en acessado em 16/09/2016 às 00:02h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RIO 2016, A MILITARIZAÇÃO COMO LEGADO

Publicado originalmente no Brasil Post, em 10.08.2016. Rio 2016, a militarização como legado. Disponível em: https://anistia.org.br/rio-2016-militarizacao-como-legado/ acessado em 16/09/2016 às 00:02h

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

ESTATÍSTCAS CRIMINAIS DO ESTADO DE SÃO PAULO 2016

COVAS, Mario et al. Estatísticas Criminais do Estado de São Paulo 2016. Publicada na Assessoria Técnico-Legislativa, aos 15 de maio de 1995

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

CONFISSÕES DE UM PACIENTE SUICIDA: BREVE RFELEXÃO

RODRIGUES, Murillo. Confissões de um paciente suicida: Breve reflexão. Disponível em: http://www.minutopsicologia.com.br/postagens/2015/03/08/confissoes-de-um-paciente-suicida-breve-reflexao/ acessado em: 15/09/2016 às 23:13h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

COMPREENDENDO O SUICÍDIO: O PRIMEIRO CONTATO COM PACIENTES SUICIDAS

RONDON, Vinicius. Compreendendo o suicídio: o primeiro contato com pacientes suicidas. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/psicologia/artigos/51672/compreendendoosuicidiooprimeirocontatocompacientessuicidas acessado em: 15/09/2016 às 23:13h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CRIME E ESTRATÉGIRAS DE POLICIAMENTO EM ESPAÇOS URBANOS

BEATO, Claudio et al.Crime e Estratégias de Policiamento em Espaços Urbanos. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0011-52582008000300005 acessado em 15/09/2016 às 15:25h.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

6 SINAIS DE COMPORTAMENTO SUICIDA

LOUREIRIO, Gabriela. 6 sinais de comportamento suicida. Disponível em: http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2014/10/6-sinais-de-comportamento-suicida.html acessado em 15/09/2016 às 15:25h.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DIGA NÃO À EXECUÇÃO

ANISTIA iNTERNACIONAL. Diga não à execução. Disponível em: https://anistia.org.br/campanhas/diga-nao- execucao/#atue_agora acessado em 15/09/2016 às 15:17h

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

SEGURANÇA PÚBLICA: RELATÓRIO DO CICLO DE DEBATES

SOUZA, Carlos Affonso. Relatório final. Disponível em: https://mudamos-its-production-images.s3.amazonaws.com/uploads/production/compilation_files/1/files/original.pdf?1472596045 acessado em 07/09/2016 às 18:10h

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

GEPESP ENTREVISTA O PROFESSOR GLÁUCIO SOARES

SOARES, Glaucio. Entrevista para o GEPESP. Rio de Janeiro, 08/08/2016. Entrevista a Fernanda Cruz.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EFFECTS OF A COMPREHENSIVE POLICE SUICIDE PREVENTION PROGRAM

MISHARA,Brian L. et al. Effects of a Comprehensive Police
Suicide Prevention Program. Crisis 2012; Vol. 33(3):162–168

Categorias: Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

BEST PRACTICE ELEMENTS OF MULTILEVEL SUICIDE PREVENTION STRATEGIES

VAN DER FELTZ-CORNELIS, Christina M.et al. Best Practice Elements of Multilevel
Suicide Prevention Strategies. Crisis 2011; Vol. 32(6):319–333

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

BEREAVEMENT AFTER SUICIDE

ANDRIESSEN, Karl et al. Bereavement After Suicide.Crisis 2015; Vol. 36(5):299–303

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PESTICIDE EXPOSURE AND SUICIDAL IDEATION IN RURAL COMMUNITIES IN ZHEJIANG PROVINCE, CHINA

ZHANG, Jianmin et al. Pesticide exposure and suicidal ideation in rural communities in Zhejiang province, China. Bulletin of the World Health Organization, [S.I], v. 87, n. 10, p. 745-753, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LA MUERTE Y EL SUICIDIO EN LA POESÍA DE R. M. RILKE

ZEGERS, Otto Dörr. La muerte y el suicidio en la poesía de r. m. rilke. Acta Bioethica. ano, 4, n. 1, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

LITHIUM, ANTICONVULSANTS AND SUICIDAL BEHAVIOR IN BIPOLAR DISORDER

YEREVANIAN, Boghos I.; KOEK, Ralph J.; MINTZ, Jim. Lithium, anticonvulsants and suicidal behavior in bipolar disorder. Journal of affective disorders, [S.I],v. 73, n. 3, p. 223-228, 2003.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVA DE SUICÍDIO PELA INTRODUÇÃO DE DOIS PREGOS NA CABEÇA

YAMASHITA, Maciel; ABRAHÄO JUNIOR, Nelson; LAMACHIA, Carlos. Tentativa de suicídio pela introduçäo de dois pregos na cabeça: relato de caso. Arq. neuropsiquiatr, [S.I], v. 56, n. 2, p. 317-9, 1998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENTING SUICIDE: A GLOBAL IMPERATIVE

WORLD HEALTH ORGANIZATION. World health statistics 2011. Geneva: World Health Organization 2011.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

THE WORLD HEALTH REPORT 2008: PRIMARY HEALTH CARE NOW MORE THAN EVER

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The world health report 2008: primary health care now more than ever. Geneva: World Health Organization 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

THE WORLD HEALTH REPORT 2007: A SAFER FUTURE : GLOBAL PUBLIC HEALTH SECURITY IN THE 21ST CENTURY

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The world health report 2007: a safer future : global public health security in the 21st century. Geneva: World Health Organization 2007.

Categorias: Suicídio na População

THE WORLD HEALTH REPORT 2002: REDUCING RISKS, PROMOTING HEALTHY LIFER

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World health report 2002: educing isks, Promoting Healthy Life. Geneva: World Health Organization, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

THE WORLD HEALTH REPORT 2001: MENTAL HEALTH NEW UNDERSTANDING, NEW HOPE

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World health report 2001: Mental health new understanding, new hope. Geneva: World Health Organization, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENTING SUICIDE: IN JAILS AND PRISONS

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Preventing suicide: in jails and prisons. Geneva: World Health Organization, 2007.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENTING SUICIDE: A RESOURCE FOR POLICE, FIREFIGHTERS AND OTHER FIRST LINE RESPONDERS

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Preventing Suicide: a resource for police, firefighters and other first line responders. Geneva: World Health Organization, 2009.

Categorias: Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

WORLD HEALTH STATISTICS 2011

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Preventing suicide: a global imperative. Geneva: World Health Organization 2011.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENÇÃO DO SUICÍDIO: UM RECURSO PARA CONSELHEIROS

WORLD Health Organization. Prevenção do suicídio: um recurso para conselheiros. Geneva: World Health Organization, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

FIGURES & FACTOS: ABOUT SUICIDE

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Figures & factos: about suicide. Geneva: World Health Organization, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE MORTALITY BY OCCUPATION IN CANADA 1991-2001

Wilkins R, et al. Suicide mortality by occupation in Canada 1991-2001. Health Rep. Canada, v. 19, n. 3, p. 25-43, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO EM UM HOSPITAL GERAL NO RIO DE JANEIRO, BRASIL

WERNECK, Guilherme L. et al. Tentativas de suicídio em um hospital geral no Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 10, p. 2201-2206, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALENCE OF SUICIDE IDEATION AND SUICIDE ATTEMPTS IN NINE COUNTRIES

WEISSMAN , M. M. et al. Prevalence of suicide ideation and suicide attempts in nine countries. Psychological Medicine. Cambridge, v. 29, p. 9-17. 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

IMITATION AND SUICIDE: A REEXAMINATION OF THE WERTHER

WASSERMAN, Ira M. Imitation and suicide: A reexamination of the Werther American sociological review effect., [S.I], v. 43, n. 3, p. 427-436, 1984.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO: ESTUDOS FUNDAMENTAIS

WANG, Yuan Pang et al. Suicídio: estudos fundamentais. Rev Bras Psiquiatr. 2005;27(3):259-61

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SAÚDE MENTAL E QUALIDADE DE VIDA DE POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE

WAGNER, Luciane Carniel. et al. Saúde mental e qualidade de vida de policiais civis da região metropolitana de porto alegre. Rev Bras Med Trab, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 64-71, 2012.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

SUICIDE AND THE POLICE ROLE: A PSYCHOSOCIAL MODEL

VIOLANTI, John. M. Suicide and the police role: a psychosocial model. PIJPSM., New York,v. 20, n. 4, p. 698-715, 1997.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

THE MYSTERY WITHIN: UNDERSTANDING POLICE SUICIDE

VIOLANTI, John M. - The mystery within: Understanding police suicide. FBI Law Enforcement Bulletin, New York , v. 64, n. 2, p. 19-23, 1995

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SITUACIÓN DE LA CONDUCTA SUICIDA EN ESTUDIANTES DE COLEGIOS Y UNIVERSIDADES DE SAN JUAN DE PASTO, COLOMBIA

VILLALOBOS-GALVIS, Fredy Hernán. Situación de la conducta suicida en estudiantes de colegios y universidades de San Juan de Pasto, Colombia. Salud mental, [S.I], v. 32, n. 2, p. 165-171, 2009

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALÊNCIA DE SUICÍDIO NO SUL DO BRASIL, 2001-2005

VIANA, Greta Nazario et al. Prevalência de suicídio no Sul do Brasil, 2001-2005. J bras Psiquiatr, [S.I], v. 57, n. 1, p. 38-43, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SENTIDO SOCIAL DO SUICÍDIO NO TRABALHO

VENCO, Selma; BARRETO, Margarida. O sentido social do suicídio no trabalho. Revista Espaço Acadêmico. São Paulo, v. 9, n. 108, 2010.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

VALIDACIÓN DEL” INVENTARIO DE RAZONES PARA VIVIR”(RFL) EN SUJETOS CON CONDUCTA SUICIDA DE COLOMBIA

VALENCIA, Jenny García et al. Validación del" inventario de razones para vivir"(RFL) en sujetos con conducta suicida de Colombia. Revista colombiana de psiquiatría, Colombia, v. 38, n. 1, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDES: 1999-2005

UNITED states suicide prevention fact sheet. Suicides: 1999-2005. SPRC, [S.I.; s.n].

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS Y CONSUMACIÓN DE SUICIDIO EN NIÑOS Y ADOLESCENTES

ULLOA CH, Fresia. Tentativas y consumación de suicidio en niños y adolescentes. Revista chilena de pediatría, Chile, v. 64, n. 4, p. 272-276, 1993.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SOFRIMENTO PSÍQUICO DO SOLDADO DA PM: RELATÓRIO DA FGV PESQUISA

UCHIDA, Seiji. Sofrimento psíquico do soldado da PM: relatório da FGV pesquisa, São Paulo, 2007.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Saúde mental e grupo de risco, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SOCIAL AND EMOTIONAL OUTCOMES OF CHILDHOOD SEXUAL ABUSE: A REVIEW OF RECENT RESEARCH

TYLER, Kimberly A. Social and emotional outcomes of childhood sexual abuse: A review of recent research. Aggression and Violent Behavior, [S.I], v. 7, n. 6, p. 567-589, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RISK FACTORS FOR LATE-LIFE SUICIDE: A PROSPECTIVE, COMMUNITY-BASED STUDY

TURVEY, Carolyn L. et al. Risk Factors for Late-Life Suicide: A Prospective, Community-Based Study. Am J Geriatr Psychiatry., [S.I], v. 10, n. 4, p. 398-406, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO E SUA RELAÇÃO COM O COMPORTAMENTO IMPULSIVO-AGRESSIVO

TURECKI, Gustavo. O suicídio e sua relação com o comportamento impulsivo-agressivo. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 21, p. 18-22, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

INFLUENCIA DEL MEDIA PARTICULAR EN UN GRUPO DE NIÑOS DE 5 A 19 AÑIOS COM RIESGO SUICIDA

TRUJILLO, Ariane Hernández. et al. Influencia del medio familiar en un grupo de 5 a 19 años con riesgo suicida. Rev Cubana Med Gen Integr., [S.I], v. 15, n. 4, p. 372-377, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO, CUARTA CAUSA DE MUERTES EM CÁRDENAS

TRENZADO RODRÍGUEZ, Norma B.; PARRAS TRENZADO, Elizabeth; FELIÚ LÓPEZ, Teresa. Suicidio, cuarta causa de muerte en Cárdenas. Revista Cubana de Higiene y Epidemiología,[S.I], v. 39, n. 2, p. 115-119, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CARACTERIZACIÓN DE ADOLESCENTES ESCOLARIZADOS CON RIESGO DE SUICIDIO, MEDELLÍN, 2006

TORO, Diana C. et al. Caracterización de adolescentes escolarizados con riesgo de suicidio, Medellín, 2006. Rev. Fac. Nac. Salud Pública, Colombia, v. 27, n. 3, p. 302-308, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LOWER SUICIDE RISK WITH LONG-TERM LITHIUM TREATMENT IN MAJOR AFFECTIVE ILLNESS: A META-ANALYSIS

TONDO, Leonardo; HENNEN, John; BALDESSARINI, Ross J. Lower suicide risk with long‐term lithium treatment in major affective illness: a meta‐analysis. Acta Psychiatrica Scandinavica, [S.I], v. 104, n. 3, p. 163-172, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDES IN CALIFORNIA (1968–1977): ABSENCE OF SEASONALITY IN LOS ANGELES AND SACRAMENTO COUNTIES

TIETJEN, Glen H.; KRIPKE, Daniel F. Suicides in California (1968–1977): absence of seasonality in Los Angeles and Sacramento counties. Psychiatry Research, [S.I], v. 53, n. 2, p. 161-172, 1994.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

THE ECONOMIC CYCLE AND THE SOCIAL SUICIDE RATE

PIERCE, Albert. The economic cycle and the social suicide rate. American Sociological Review, [S.I], v. 32, n. 3, p. 457-462, 1967.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

HISTORY OF PHYSICAL AND/OR SEXUAL ABUSE AND CURRENT SUICIDALITY IN COLLEGE WOMEN

THAKKAR, Reena R. et al. History of physical and/or sexual abuse and current suicidality in college women. Child Abuse & Neglect, [S.I], v. 24, n. 10, p. 1345-1354, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALENCIA Y FACTORES ASOCIADOS A IDEACIÓN SUICIDA EN ESTUDIANTES UNIVERSITARIOS

TEJADA, PAOLA A. Prevalencia y factores asociados a ideación suicida en estudiantes universitarios. Rev. salud pública, [S.I], v. 5, n. 2, p. 123-143, 2003.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TRÊS FÓRMULAS PARA COMPREENDER “O SUICÍDIO” DE DURKHEIM

TEIXEIRA, Ricardo Rodrigues. Três fórmulas para compreender" O suicídio" de Durkheim. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, [S.I], v. 6, n. 11, p. 143-152, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RISCO DE SUICÍDIO É PREOCUPAÇÃO DE AGÊNCIA DOS EUA NOS TESTES CLÍNICOS DE DROGAS CONTRA OBESIDADE; GORDOS RESISTEM A EMAGRECER, CONTA ARTIGO

TEIXEIRA, Mônica.Risco de suicídio é preocupação de agência dos EUA nos testes clínicos de drogas contra obesidade; gordos resistem a emagrecer, conta artigo. Rev. Latinoam. Psicopat. Fund., São Paulo, v. 11, n. 2, p. 265-266, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DISTÚRBIOS PSIQUIÁTRICOS, TENTATIVAS DE SUICÍDIO, LESÕES E ENVENENAMENTOS EM ADOLESCENTES ATENDIDOS EM UMA UNIDADE DE EMERGÊNCIA, RIBEIRÃO PRETO, SÃO PAULO, 1988-1993

TEIXEIRA, Ana Maria Fortaleza; LUIS, Margarita A, Villar. Distúrbios psiquiátricos, tentativas de suicídio, lesões e envenenamentos em adolescentes atendidos em uma unidade de emergência, Ribeirão Preto, São Paulo, 1988-1993. Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, v.13, n. 3, p. 517-25, 1997.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO, LESÕES E ENVENENAMENTO EM ADOLESCENTES: UM ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO

TEIXEIRA, A.M.F.; LUIS, M.A.V. Suicídio, lesões e envenenamento em adolescentes: um estudo epidemiológico. Rev.latino-am.enfermagem, Ribeirão Preto, v. 5, número especial, p. 31-36,1997.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SOCIO-ECONOMIC DIFFERENTIALS IN MENTAL DISORDERS AND SUICIDE ATTEMPTS IN AUSTRALIA

TAYLOR, Richard. et al. Socio-economic differentials in mental disorders and suicide attempts in Australia .BRITISH JOURNALL OFF PSYCHIATRY . Austrália, v. 185, p. 486-496, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE IN THE ELDERLY

SZANTO, Katalin; PRIGERSON, Holly G.; REYNOLDS III, Charles F. Suicide in the elderly. Clinical Neuroscience Research, [S.I], v. 1, n. 5, p. 366-376, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RELATIONSHIP BETWEEN THE ECONOMY, UNEMPLOYMENT AND SUICIDE PREPARED BY THE SUICIDE

SUICIDE Prevention Resource Center (SPRC). Relationship between the Economy, Unemployment and Suicide Prepared by the Suicide. Waltham, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

THE EFFECT OF ENVIRONMENTAL PHYSICAL INflUENCES ON SUICIDE: HOW LONG IS THE DELAY?

STOUPEL, Elijah; ABRAMSON, Evgeny; SULKES, Jaquelin. The effect of environmental physical influences on suicide: How long is the delay?. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 3, p. 241-244, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL IDEATION AND SUICIDE ATTEMPTS IN A NATIONWIDE SAMPLE OF OPERATIONAL NORWEGIAN AMBULANCE PERSONNEL

STERUD, Tom. et al. Suicidal ideation and suicide attempts in a nationwide sample ofoperational norwegian ambulance personnel. Journal ofOccupational Health. Oslo, v. 50, p. 406-414, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

GENDER DIFFERENCES IN SUICIDE ATTEMPTS: PRELIMINARY RESULTS OF THE MULTISITE INTERVENTION STUDY ON SUICIDAL BEHAVIOR (SUPRE-MISS) FROM CAMPINAS, BRAZIL

STEFANELLO, Sabrina et al. .Gender differences in suicide attempts: preliminary results of the multisite intervention study on suicidal behavior (SUPRE-MISS). Rev Bras Psiquiatr., Campinas, v. 30, n. 2. p.139-143, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EPILEPSIA E COMPORTAMENTO SUICIDA: UM ESTUDO NA COMUNIDADE

STEFANELLO, Sabrina. Epilepsia e comportamento suicida: um estudo na comunidade. 2010.186 f. Tese (Doutorado em Ciências Médicas)-Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas.Campinas, SP :[s.n], 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE: A 15‐YEAR REVIEW OF THE SOCIOLOGICAL LITERATURE PART II: MODERNIZATION AND SOCIAL INTEGRATION PERSPECTIVES

STACK, Steven. Suicide: a 15‐year review of the sociological literature part II: modernization and social integration perspectives. Suicide and Life-Threatening Behavior, [S.I], v. 30, n. 2, p. 163-176, 2000.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

OCCUPATION AND SUICIDE

STACK, Steven. Occupation and suicide. Social Science Quarterly, [S.I], v. 82, n. 2, p. 384-396, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

MODERNIZATION AND SUICIDE: A COMMENT ON:‘AN EMPIRICAL EXAMINATION OF THOMAS MASARYK’S THEORY OF SUICIDE

STACK, Steven. Modernization and suicide: A comment on:‘An empirical examination of Thomas Masaryk's theory of suicide’. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 3, n. 2, p. 133-135, 1997.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O ESTRESSE NA ATIVIDADE OCUPACIONAL DO ENFERMEIRO

STACCIARINI, Jeanne Marie R ; TRÓCCOLI, Bartholomeu T . O estresse na atividade ocupacional do enfermeiro. Rev Latino-am Enfermagem. Ribeiro Preto, v. 9, n. 2, p. 17-25, 2001.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

TRABALHO POLICIAL E SAÚDE MENTAL: UMA PESQUISA JUNTO AOS CAPITÃES DA POLÍCIA MILITAR

STACCIARINI, J. M; TRÓCCOLI , B. T. O estresse na atividade ocupacional do enfermeiro. Rev Latino-am Enfermagem. São Paulo, v. 9, n. 2, p. 17-25, 2001.

Categorias: Saúde do Trabalhador

SOBREVIVENDO AO SUICÍDIO: ESTUDO SOCIOLÓGICO COM FAMÍLIAS DE SUICIDAS EM CURITIBA

SOUZA, Nei Ricardo de; RASIA; José Miguel. Sobrevivendo ao suicídio: estudo sociológico com famílias de suicidas em Curitiba. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL PROCESSO CIVILIZADOR: Tecnologia e Civilização, 9., 2005, Paraná. Anais... Paraná: UNICAMP, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RESENHA DO LIVRO TENTATIVA DE SUICÍDIO – UM PRISMA PARA COMPREENSÃO DA ADOLESCÊNCIA, DE ENIO RESMINI

SOUZA, José Carlos. Book review: Tentativa de suicídio: um prisma para compreensão da adolescência, by Enio Resmini. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul, v. 26, n. 3, p. 344-345, 2004.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

POLICIAL, RISCO COMO PROFISSÃO: MORBIMORTALIDADE VINCULADA AO TRABALHO

SOUZA, Edinilsa Ramos; MINAYO, Maria Cecilia de Souza. Policial, risco como profissão: morbimortalidade vinculada ao trabalho. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 10, n. 4, p. 917-928, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

RISCOS PERCEBIDOS E VITIMIZAÇÃO DE POLICIAIS CIVIS E MILITARES NA (IN)SEGURANÇA PÚBLICA

SOUZA, Edinilsa Ramos; MINAYO, Maria Cecilia de Souza; CONSTANTINO, Patrícia. Riscos percebidos e vitimização de policiais civis e militares na (in)segurança pública. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 23, n. 11, p. 2767-2779, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICIDE AMONG YOUNG PEOPLE IN SELECTED BRAZILIAN STATE CAPITALS

SOUZA, Edinilsa Ramos de; MINAYO, Maria Cecília de Souza; MALAQUIAS, Juaci Vitória. Suicide among young people in selected Brazilian State capitals. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 18, n. 3, p. 673-683, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O IMPACTO DO SUICÍDIO SOBRE A MORBIMORTALIDADE DA POPULAÇÃO DE ITABIRA

SOUZA, Edinilsa Ramos de; MINAYO, Maria Cecília de Souza; CAVALCANTE, Fátima Gonçalves. O Impacto do suicídio sobre a morbimortalidade da população de Itabira. Cienc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, p. 1333-1342, 2006. Suplemento

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CIRCUNSTÂNCIAS QUE ENVOLVEM O SUICÍDIO DE PESSOAS IDOSAS

SOUSA, Girliani Silva de. et al. Circunstâncias que envolvem o suicídio de pessoas idosas. INTERFACE COMUNICAÇÃO SAÚDE EDUCAÇÃO, Rio de Janeiro, p. 1-14, 2011.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A FAMÍLIA E AS CONDIÇÕES QUE ANTECEDERAM O SUICÍDIO DE IDOSOS NO NORDESTE BRASILEIRO

SOUSA, Girliani Silva de. A família e as condições que antecederam o suicídio de idosos no nordeste brasileiro. 2012. 96 f. Dissertação (Mestrado Saúde Coletiva) - Universidade de Fortaleza, Fortaleza, 2012.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A FAMÍLIA E AS CONDIÇÕES QUE ANTECEDERAM O SUICÍDIO DE IDOSOS NO NORDESTE BRASILEIRO

SOUSA, Girliani Silva de. A família e as condições que antecederam o suicídio de idosos no nordeste brasileiro. 2012. 96 f. Dissertação (Mestrado Saúde Coletiva) - Universidade de Fortaleza, Fortaleza, 2012.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO POR ARMA DE FUEGO

SORIANO MALDONADO, M.; MARTÍNEZ-GARCÍA, P. Suicidio por arma de fuego. Cuadernos de Medicina Forense,[S.I], n. 39, p. 63-67, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MATAR E, DEPOIS, MORRER: HOMICÍDIOS SEGUIDOS DE SUICÍDIO

SOARES, Gláucio Ary Dillon. Matar e, depois, morrer: homicídios seguidos de suicídio. OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, v. 8, n. 2, p. 275-303. 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

AS VÍTIMAS OCULTAS DA VIOLÊNCIA URBANA NO RIO DE JANEIRO

SOARES, Gláucio Ary Dillon; MIRANDA, Dayse; BORGES, Doriam. As Vítimas Ocultas da Violência Urbana no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: [s.n], 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

A COR DA MORTE

SOARES, Gláucio Ary Dillon; BORGES, Doriam. A Cor da Morte. REVISTA Ciência Hoje, Rio de Janeiro, n. 209, 2004.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

ANÁLISE DA MORTALIDADE POR HOMICÍDIOS NO BRASIL

SOARES FILHO, Adauto Martins. et al. Análise da mortalidade por homicídios no Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde., Brasília, DF, v. 16 n. 1, 2007.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

FATORES ASSOCIADOS À IDEAÇÃO SUICIDA NA COMUNIDADE: UM ESTUDO DE CASO-CONTROLE

SILVA, Viviane Franco da. et al. Fatores associados à ideação suicida na comunidade: um estudo de caso-controle. Cad. Saúde Pública. Rio de Janeiro. v. 22, n. 9, p. 1835-1843, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EXPERIÊNCIAS ADVERSAS NA INFÂNCIA E TENTATIVAS DE SUICÍDIO EM ADULTOS COM OBESIDADE MÓRBIDA

SILVA, Susana; MAIA, Angela Costa. Experiências adversas na infância e tentativas de suicídio em adultos com obesidade mórbida. Rev Psiquiatr., Rio Grande do Sul, v. 32, n. 3, p. 69-72, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O PROCESSO DE TRABALHO DO MILITAR ESTADUAL E A SAÚDE MENTAL

SILVA, Maurivan Batista. O Processo de Trabalho do Militar Estadual e a Saúde Mental. Saúde Soc. São Paulo, v. 17, n. 4, p. 161-170, 2008.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

ATITUDES E PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES E PROFESSORES DE ENFERMAGEM FRENTE AO SUICÍDIO DE ADOLESCENTES

SILVA, Liliane de Lourdes Teixeira. Atitudes e percepções de estudantes e professores de enfermagem frente ao suicídio de adolescentes. 2014. 130f. Tese (Doutorado em Ciência da Saúde) - Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Medicina, Belo Horizonte, 2014

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVA DE AUTO-EXTERMÍNIO ENTRE ADOLESCENTES E JOVENS: UMA ANÁLISE COMPREENSIVA

SILVA, Liliane de Lourdes Teixeira . Tentativa de auto-extermínio entre adolescentes e jovens: uma análise compreensiva, 2010. 102f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Programa de Pós- Graduação em Enfermagem, Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

E A VIDA CONTINUA… O PROCESSO DE LUTO DOS PAIS APÓS O SUICÍDIO DE UM FILHO?

SILVA, Daniela Reis. E a vida continua... O processo de luto dos pais após o suicídio de um filho? 2009. 138 f. Tese (Mestrado EM Psicologia Clínica) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CRIMINALIDADE E VITIMIZAÇÃO: AVALIANDO HOMICÍDIO E SUICÍDIO

SILVA, Cristiane; GODOY, Márcia Regina; MORAIS, Igor Alexandre Clemente. Criminalidade e vitimização: avaliando homicídio e suicídio. Sistema Penal & Violência, Porto Alegre, v. 7, n. 2, p. 249-264, 2015.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL IDEATION AMONG STUDENTS ENROLLED IN HEALTHCARE TRAINING PROGRAMS: A CROSS-SECTIONAL STUDY

SILVA, Clóvis Alexandrino, et al. Suicidal ideation among students enrolled in healthcare training programs: a cross-sectional study. Rev. Bras. Psiquiatria. São Paulo, v. 31, n. 4, p. 1-7, 2009.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

SIGNO DEL CONO TRUNCADO Y SIGNO DE BENASSI EN SUICIDIO POR ARMA DE FUEGO

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

“SUICIDE” IN THE ENCYCLOPAEDIA BRITANNICA, 1777–1997

SHNEIDMAN, Edwin S. “Suicide” in the encyclopaedia britannica, 1777–1997. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 4, n. 2, p. 189-199, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DURKHEIM’S SUICIDE AND PROBLEMS OF EMPIRICAL RESEARCH

SELVIN, Hanan C. Durkheim's Suicide and problems of empirical research. American journal of sociology, [S.I], p. 607-619, 1958.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

VIOLÊNCIA E SAÚDE: ESTUDOS CIENTÍFICOS RECENTES

SCHRAIBER, Lilia Blima; OLIVEIRA, Ana Flávia P L D’; COUTO, Márcia Thereza. Violência e saúde: estudos científicos recentes. Rev Saúde Pública. São Paulo, v. 4, n. esp, p. 112-20, 2006.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO SUICÍDIO NO EXTREMO OESTE DO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL

SCHMITT, R.; LANG, M. G.; COLOMBO, T. Perfil epidemiológico do suicídio no extremo oeste do estado de Santa Catarina, Brasil. Rev Psiquiatr do Rio Gd do Sul,[S.I], v. 30, n. 2, p. 115–23, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

THE IMPACT OF THE REUNIFICATION OF GERMANY ON THE SUICIDE RATE

SCHMIDTKE, Armin et al. The impact of the reunification of Germany on the suicide rate. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 3, p. 233-239, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PESTICIDAS COMO MÉTODO SUICIDA: UN REPORTE DE CASO CON CHLORFENAPYR

SARMIENTO SUÁREZ, María José; CABALLERO DUQUE, Andrea. Pesticidas como método suicida: un reporte de caso con Chlorfenapyr. Revista Colombiana de Psiquiatría, [S.I], v. 37, n. 2, p. 272-279, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO: DE DURKHEIM A SHNEIDMAN, DO DETERMINISMO SOCIAL À DOR PSICOLÓGICA INDIVIDUAL

SARAIVA, CARLOS BRAZ. Suicídio: de Durkheim a Shneidman, do determinismo social à dor psicológica individual. Psiquiatria Clínica, [S.I], v. 31, n. 3, p. 41-61, 2010.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

UM ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE O SUICÍDIO NAS FORÇAS POLICIAIS PORTUGUESAS

SANTOS,Suzana Matias; QUEIRÓS, Cristina. Um estudo exploratório sobre o suicídio nas forças policiais portuguesas. In:Congresso Nacional de Psicologia da Saúde, 7.,2008, Porto. Anais... Porto, Portugual: Faculdade de Psicologia e de Ciências Da Educação Universidade do Porto Universidade do Porto. 2008. p. 663-666.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

PREVALÊNCIA DE TRANSTORNOS MENTAIS NAS TENTATIVAS DE SUICÍDIO EM UM HOSPITAL DE EMERGÊNCIA NO RIO DE JANEIRO, BRASIL

SANTOS, Simone Agadir et al. Prevalência de transtornos mentais nas tentativas de suicídio em um hospital de emergência no Rio de Janeiro, Brasil. Cad. saúde pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 9, p. 2064-2074, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONSIDERAÇÕES SOBRE TRABALHO E SUICÍDIO: UM ESTUDO DE CASO

SANTOS, Simone Agadir et al. Prevalência de transtornos mentais nas tentativas de suicídio em um hospital de emergência no Rio de Janeiro, Brasil. Cad. saúde pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 9, p. 2064-2074, 2009.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO DE BANCÁRIOS NO CONTEXTO DAS REESTRUTURAÇÕES PRODUTIVAS

SANTOS, Marcelo Augusto Finazzi; SIQUEIRA, Marcus Vinícius Soares; MENDES, Ana Magnólia. Tentativas de suicídio de bancários no contexto das reestruturações produtivas. Rev Adm Contemp, [S.I], v. 14, n. 5, p. 925-38, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SOFRIMENTO NO TRABALHO E IMAGINÁRIO ORGANIZACIONAL: IDEAÇÃO SUICIDA DE TRABALHADORA BANCÁRIA

SANTOS, Marcelo Augusto Finazzi; MENDES, Marcus Vinícius Soares Siqueira e Ana Magnólia. Sofrimento no trabalho e imaginário organizacional: ideação suicida de trabalhadora bancária. Psicologia & Sociedade; 23 (2): 359-368, 2011

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

TRÉPLICA – RELAÇÕES ENTRE SUICÍDIO E TRABALHO: DIFERENÇAS EPISTEMOLÓGICAS E (IM)POSSIBILIDADE DE DIÁLOGO

SANTOS, M. A.; SIQUEIRA, Marcus Vinícius Soares; MENDES, Ana Magnólia. Tréplica-Relações entre suicídio e trabalho: diferenças epistemológicas e (im) possibilidade de diálogo. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 14, n. 5, p. 956-967, 2010.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

EPIDEMIOLOGY OF SUICIDE IN BRAZIL (1980 – 2000): CHARACTERIZATION OF AGE AND GENDER RATES OF SUICIDE

SANTOS, Carolina de Mello; BERTOLOTE, José Manuel; WANG, Yuan-Pang. Epidemiology of suicide in Brazil (1980 – 2000): characterization of age and gender rates of suicide. Rev Bras Psiquiatr., São Paulo, v. 27, n. 2, p.131-134, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CARACTERÍSTICAS DE LOS SUICIDAS EN BOGOTÁ: 1985-2000

SÁNCHEZ, Ricardo; OREJARENA, Silvia; GUZMÁN, Yahira. Características de los Suicidas en Bogotá:1985-2000. Revista de Salud pública, Colombia, v. 6, n. 3, p. 217-234, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EVALUACIÓN DE LA COMPETENCIA Y EL DESEMPEÑO: PROGRAMA DE PREVENCIÓN DE LA CONDUCTA SUICIDA EN CUBA. MUNICIPIO DE BOYEROS, 1995

SÁNCHEZ , W. Dieste, et al. Evaluación de la competencia y el desempeño: Programa de prevención de la conducta suicida en Cuba. Municipio de Boyeros, 1995. Rev Cubana Med Gen Integr., Ciudad de La Habana, v.14 n. 2 998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO – UM ENSAIO EM BUSCA DE UM DES-VELAMENTO DO TEMA

SAMPAIO, M.A.; BOEMER, M.R. Suicídio - um ensaio em busca de um des-velamento do tema. Rev.Esc.Enf.USP, São Paulo, v. 34, n. 4, p. 325-31, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREDICTORES DE SUICIDALIDAD EN ADOLESCENTES

SALVO, Lilian; MELIPILLÁN, Roberto. Predictores de suicidalidad en adolescentes. Revista chilena de neuro-psiquiatría, [S.I], v. 46, n. 2, p. 115-123, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONFIABILIDAD, VALIDEZ Y PUNTO DE CORTE PARA ESCALA DE SCREENING DE SUICIDALIDAD EN ADOLESCENTES

SALVO, Lilian; MELIPILLÁN, Roberto; CASTRO, Andrea. Confiabilidad, validez y punto de corte para escala de screening de suicidalidad en adolescentes. Revista chilena de neuro-psiquiatría, [S.I], v. 47, n. 1, p. 16-23, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

HOMICÍDIO SEGUIDO DE SUICÍDIO NA CIDADE DE PORTO ALEGRE

SÁ, Samantha Dubugras; WERLANG, Blanca Susana Guevara. Homicídio seguido de suicídio na cidade de Porto Alegre. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 24, n. 2, p. 181-189, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICIDIO EN NIÑOS Y ADOLESCENTES

RONA, Eva; WETTLIN, Lidia. Tentativas de suicidio en niños y adolescentes. Revista chilena de pediatría, Chile, v. 57, n. 3, p. 227-230, 1986.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS DEL SUICIDIO CONSUMADO EN LA PROVINCIA DE CÁDIZ (1999-2003)

ROMERO PALANCO, J. L.; GAMERO LUCAS, J. J.; MARTÍNEZ GARCÍA, P. Aspectos epidemiológicos del suicidio consumado en la provincia de Cádiz (1999-2003). Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 47, p. 33-44, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

>EL SUICIDIO CONSUMADO EN EL PARTIDO JUDICIAL DE HUELVA

ROMERO PALANCO, J. L.; GAMERO LUCAS, J. J. El suicidio consumado en el Partido Judicial de Huelva. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 39, p. 5-9, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO E SOCIEDADE: UM ESTUDO COMPARATIVO DE DURKHEIM E MARX

RODRIGUES, Marta M. Assumpção et al. Suicídio e sociedade: um estudo comparativo de Durkheim e Marx. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 698-713, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

A ENTREVISTA CLÍNICA NO CONTEXTO DO RISCO DE SUICIDIO

RODRIGUES, Júlia Camarotti. A entrevista clínica no contexto do risco de suicídio. 2009. 176 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica e Cultura)- Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

A EXPERIÊNCIA SUICIDA NUMA PERSPECTIVA HUMANISTA-FENOMENOLÓGICA

ROCHA, Marcio Arthoni Souto da. et al. A experiência suicida numa perspectiva humanista-fenomenológica. Revista da Abordagem Gestáltica, v. 18, n. 1, p. 69-78, 2012.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO EM BELO HORIZONTE ENTRE 2004 E 2006

ROCHA, Felipe Filardi da et al. Suicide in Belo Horizonte between 2004 and 2006. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 190-191, 2003

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ONDE ESTÃO SENDO PUBLICADOS OS ESTUDOS SOBRE SUICÍDIO NO BRASIL?

ROCHA, Felipe Filardi da et al. Onde estão sendo publicados os estudos sobre suicídio no Brasil?:[carta ao editor]. Rev. bras. psiquiatr, [S.I], v. 29, n. 4, p. 380-381, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ANTIPSICÓTICOS ATÍPICOS E COMPORTAMENTO SUICIDA EM PACIENTES ESQUIZOFRÊNICOS OU ESQUIZOAFETIVOS

ROCHA, Felipe Filardi da et al. Antipsicóticos atípicos e comportamento suicida em pacientes esquizofrênicos ou esquizoafetivos. Rev. psiquiatr. clín., São Paulo, v. 37, n. 5, p. 228-232, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LIFETIME HISTORY OF SUICIDE ATTEMPTS IS ASSOCIATED WITH POORER SOCIAL SKILLS IN PATIENTS WITH BIPOLAR DISORDER TYPE I

ROCCA, Cristiana Castanho de Almeida et al. Lifetime history of suicide attempts is associated with poorer social skills in patients with bipolar disorder type I. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 32, n. 2, p. 200-201, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RISK FACTORS FOR LATE-LIFE SUICIDE A PROSPECTIVE

TURVEY, Carolyn L. et al. Risk Factors for Late-Life Suicide A Prospective, Community-Based Study. Am J Geriatr Psychiatry., v. 10, n. 4, p. 398-406, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DECREASING TENDENCY OF SEASONALITY IN SUICIDE MAY INDICATE LOWERING RATE OF DEPRESSIVE SUICIDES IN THE POPULATION

RIHMER, Z et al. Decreasing tendency of seasonality in suicide may indicate lowering rate of depressive suicides in the population. Psychiatry Research, [S.I], v. 81, p. 233-240, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO POR INGESTA MASIVA DE ÁCIDO CLORHÍDRICO

RICO, A. et al. Suicidio por ingesta masiva de ácido clorhídrico. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 50, p. 283-290, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO POR ARMA DE FUEGO CON UN PROYECTIL DEL CALIBRE 6.35 MM

RICO, A. et al. Suicidio por arma de fuego con un proyectil del calibre 6.35 mm. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 48-49, p. 197-200, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

INTENTO SUICIDA Y FUNCIONAMENTO FAMILIAR

REYES, Wilfredo Guibert; MIRANDA, Niurka Torres. Intento suicida y funcionamento familiar. Rev Cubana Med Gen Integr., Ciudad de La Habana, v. 17, n. 5, p. 452-60, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INTENTO SUICIDA DEL ANCIANO EN UN ÁREA DE SALUD

REYES, Wilfredo Guibert; GRÁS, Omar Trujillo. Intento suicida del anciano en un área de salud. Rev Cubana Med Gen Integr., Ciudad de La Habana, v. 15, n. 5, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PARASUICIDE IN A NORTHERN SWEDISH COUNTY 1989–1995 AND ITS RELATION TO SUICIDE

RENBERG, Ellinor E Salander . Parasuicide in a northern Swedish county 1989–1995 and its relation to suicide. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, p. 97–112, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PLATELET MONOAMINE OXIDASE ACTIVITY IN PATIENTS WITH WINTER SEASONAL AFFECTIVE DISORDER

REICHBORN-KJENNERUD, Ted; LINGJÆRDE, Odd; ORELAND, Lars. Platelet monoamine oxidase activity in patients with winter seasonal affective disorder. Psychiatry research, [S.I], v. 62, n. 3, p. 273-280, 1996.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONAL VARIATION IN SPECIFIC METHODS OF SUICIDE: A NATIONAL REGISTER STUDY OF 20 234 FINNISH PEOPLE

RÄSÄNEN, Pirkko et al. Seasonal variation in specific methods of suicide: a national register study of 20 234 Finnish people. Journal of affective disorders, [S.I], v. 71, n. 1, p. 51-59, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PERFIS CLÍNICOS DE INDIVÍDUOS QUE FIZERAM TENTATIVAS GRAVES DE SUICÍDIO INTERNADOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO: ANÁLISE DE AGRUPAMENTO

RAPELI, Claudemir Benedito; BOTEGA, Neury José. Perfis clínicos de indivíduos que fizeram tentativas graves de suicídio internados em um hospital universitário: análise de agrupamento. Rev. bras. psiquiatr., [S.I], v. 27, n. 4, p. 285-289, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MAJOR DEMOGRAPHIC, SOCIAL AND ECONOMIC FACTORS ASSOCIATED TO SUICIDE RATES IN LATVIA 1980–98

RANCANS, Elmars; SALANDER RENBERG, Ellinor; JACOBSSON, Lars. Major demographic, social and economic factors associated to suicide rates in Latvia 1980–98. Acta Psychiatrica Scandinavica, [S.I], v. 103, n. 4, p. 275-281, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EL SUICIDIO EN CIFRAS

RAMÍREZ, Luis Carlos Taborda; VARGAS , Jorge Téllez. El suicidio en cifras, SUICIDIO - Neurobiología, factores de riesgo y prevención, [S.I.; s.n], p. 24-41.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

VIVER NA BAIA: DIMENSÕES PSICOSSOCIAIS DA SAÚDE E DO CONTROLE NO TRABALHO DE TELEATENDIMENTO

RAMALHO, Carolina Calmon ; ARRUDA, Felipe Augusto de Azevedo Marques; SATO, Leny ; HAMILTON , Luana Flor Tavares. Viver na baia: dimensões psicossociais da saúde e do controle no trabalho de teleatendimento. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 19-39, 2008.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICÍDIOS: ESTUDOS FUNDAMENTAIS

RAMADAM, Zacaria Borge Ali. Suicídio: estudos fundamentais. Archives of Clinical Psychiatry, São Paulo, v. 31, n. 6, p. 306-306, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

THE INFLUENCE OF SEASONAL CHANGE ON SUICIDE BEHAVIOUR IN ITALY

PRETI, Antonio. The influence of seasonal change on suicidal behaviour in Italy. Journal of affective disorders, [S.I], v. 44, n. 2, p. 123-130, 1997.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONALITY IN SUICIDES: THE INFLUENCE OF SUICIDE METHOD, GENDER AND AGE ON SUICIDE DISTRIBUTION IN ITALY

PRETI, Antonio; MIOTTO, Paola. Seasonality in suicides: the influence of suicide method, gender and age on suicide distribution in Italy. Psychiatry research, [S.I], v. 81, n. 2, p. 219-231, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DIURNAL VARIATIONS IN SUICIDE BY AGE AND GENDER IN ITALY

PRETI, Antonio; MIOTTO, Paola. Diurnal variations in suicide by age and gender in Italy. Journal of affective disorders, [S.I], v. 65, n. 3, p. 253-261, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CRÔNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA: DO SUICÍDIO ENTRE OS SOROWAHA

POZ, João Dal. Crônica de uma morte anunciada: do suicídio entre os Sorowaha. Revista de Antropologia, [S.I], v. 43, n. 1, p. 89-144, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

POSTPONED SUICIDE DEATH? SUICIDES AROUND BIRTHDAYS ANDA MAJOR PUBLIC HOLIDAYS

Jessen G.; Jensen B.F. Postponed suicide death? Suicides around birthdays and major public holidays. Elsevier Science B.V. All Rights Reserved, Volume 29, Issue 3, Pages 272-283

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

OCCUPATION PRESTIGE SOCIAL MOBILITY OF SUICIDES IN NEW ZEALAND

PORTERFIELD, Austin L.; GIBBS, Jack P. Occupational prestige and social mobility of suicides in New Zealand. American journal of sociology, [S.I.], p. 147-152, 1960.
Categorias: Suicídio na população, Mortes Violentas

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AND CRIME IN THE SOCIAL STRUCTURE OF AN URBAN SETTING: FORT WORTH, 1930-1950

PORTERFIELD, Austin L. Suicide and crime in the social structure of an urban setting: Fort Worth, 1930-1950. American Sociological Review, [S.I.], v. 17, n. 3, p. 341-349, 1952.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS E ÓBITOS POR SUICÍDIO NO MUNICÍPIO DE INDEPENDÊNCIA, CEARÁ, BRASIL

PORDEU, Augediva Maria Jucá. Tentativas e óbitos por suicídio no município de Independência, Ceará, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n. 5, p. 1731-1740, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ÁLCOOL EM VÍTIMAS DE SUICÍDIO EM SÃO PAULO

PONCE, Julio de Carvalho et al. Alcohol in suicide victims in Sao Paulo. Archives of Clinical Psychiatry, São Paulo, v. 35, p. 13-16, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AMONG PSYCHIATRIC PATIENTS: A CASE-CONTROL STUDY

PIRKIS, Jane; BURGESS, Philip; JOLLEY, Damien. Suicide among psychiatric patients: a case-control study. Australian and New Zealand Journal of Psychiatry, Australian, v.36, p. 86–91, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

USO DE AGROTÓXICOS E SUICÍDIOS NO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL, BRASIL

PIRES, Dario Xavier; CALDAS, Eloísa Dutra; RECENA, Maria Celina Piazza. Uso de agrotóxicos e suicídios no Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 21, n. 2, p. 598-605, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

INTOXICAÇÕES PROVOCADAS POR AGROTÓXICOS DE USO AGRÍCOLA NA MICRORREGIÃO DE DOURADOS, MATO GROSSO DO SUL, BRASIL, NO PERÍODO DE 1992 A 2002

PIRES, Dario Xavier; CALDAS, Eloísa Dutra Maria; RECENA, Celina Piazza. Intoxicações provocadas por agrotóxicos de uso agrícola na microrregião de Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil, no período de 1992 a 2002. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 21, n. 3, p. 804-814, 2005.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

PREFERÊNCIA MUSICAL E RISCO DE SUICÍDIO ENTRE JOVENS

PIMENTEL, Carlos Eduardo et al. Preferência musical e risco de suicídio entre jovens. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, [S.I], v. 58, n. 1, p. 26-33, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SOCIAL AND ECONOMIC INFLUENCE ON SUICIDE: A STUDY OF THE SITUATION IN ITALY

PFETI, Antonio; MIOTTO, Paola. Social and economic influence on suicide: A study of the situation in Italy. Archives of Suicide research, [S.I], v. 5, n. 2, p. 141-156, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A ROLE OF SUNSHINE IN THE TRIGGERING OF SUICIDE

PETRIDOU, Eleni et al. A role of sunshine in the triggering of suicide. Epidemiology, [S.I], v. 13, n. 1, p. 106-109, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CHINESE SOCIETY: CHANGE, CONFLICT AND RESISTANCE

PERRY, Elizabeth J; SELDEN, Mark. Chinese Society: Change, conflict and resistance. 2. ed. London, New York: Routledge, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LOS MITOS SOBRE EL SUICIDIO: LA IMPORTANCIA DE CONOCERLOS

PÉREZ BARRERO, Sergio Andrés. Los mitos sobre el suicidio: la importancia de conocerlos. Rev. colomb. psiquiatr, [S.I], v. 34, n. 3, p. 386-394, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EL SUICIDIO COMPORTAMIENTO E PREVENCIÓN

PÉREZ BARRERO, Sergio Andrés. El suicidio, comportamiento y prevención. Revista cubana de medicina general integral, [S.I], v. 15, n. 2, p. 196-217, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TRANSTORNO DE PÂNICO E IDEAÇÃO SUICIDA: CARACTERÍSTICAS DE PERSONALIDADE POR MEIO DO TESTE DE PFISTER

PATUTTI, Cícera Andréa Oliveira Brito. Transtorno de pânico e ideação suicida: características de personalidade por meio do teste de pfister.2004. 119 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Medicas) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas. Campinas, 2004.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONALITY OF SUICIDE IN SINGAPORE: DATA FROM THE EQUATOR

PARKER, Gordon; GAO, F.; MACHIN, D. Seasonality of suicide in Singapore: data from the equator. Psychological medicine, [S.I], v. 31, n. 03, p. 549-553, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

HOUSEHOLD COMPLEXITY IN NINETEENTH CENTURY FRANCE

PARISH JR, William L.; SCHWARTZ, Moshe. Household complexity in nineteenth century france. American Sociological Review, [S.I], p. 154-173, 1972.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CARACTERIZAÇÃO DOS CASOS DE SUÍCIDIO EM UMA CAPITAL DO NORDESTE BRASILEIRO

PARENTE A. C. M. et al.,. Caracterização dos casos de suícidio em uma capital do Nordeste Brasileiro. Rev Bras Enferm., [S.I], v. 60, n. 4, p. 377-81.2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ANÁLISIS BIBLIOMÉTRICO DE LA PRODUCCIÓN CIENTÍFICA SOBRE SUICIDIO EN NIÑOS EN EL PERÍODO 1985-2005

PALACIOS-ESPINOSA, Ximena. et al. Análisis bibliométrico de la producción científica sobre suicidio en niños en el período 1985-2005. Avances en psicología Latinoamericana, Colombia, v. 25, n. 2, p. 40-62, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CHARACTERISTICS OF PEOPLE COMMITTING SUICIDE IN MEDELLÍN, COLOMBIA

PALACIO-ACOSTA, Carlos, et al. Characteristics of people committing suicide in Medellín, Colombia. Revista de Salud Pública, Colombia, v. 7, n. 3, p. 243-253, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CHARACTERISTICS OF PEOPLE COMMITTING SUICIDE IN MEDELLÍN, COLOMBIA

PALACIO-ACOSTA, Carlos, et al. Characteristics of people committing suicide in Medellín, Colombia. Revista de Salud Pública, Colombia, v. 7, n. 3, p. 243-253, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES FILHOS DE POLICIAIS MILITARES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PAIXÃO, Cristiane Cavalcante. Transtornos Psiquiátricos em Crianças e Adolescentes filhos de Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro. 2013.132 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública)- Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2013.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENÇÃO DO SUICÍDIO: UM MANUAL PARA MÉDICOS CLÍNICOS GERAIS

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Prevenção do suicídio: um manual para médicos clínicos gerais. Genebra: 2000.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO DE ESCRAVOS EM SÃO PAULO NAS ÚLTIMAS DUAS DÉCADAS DA ESCRAVIDÃO

OLIVEIRA, Saulo Veiga; ODA, Ana Maria Galdini Raimundo. O suicídio de escravos em São Paulo nas últimas duas décadas da escravidão. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v.15, n. 2, p.371-388, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PERCEPÇÃO DA SAÚDE MENTAL EM POLICIAIS MILITARES NA FORÇA TÁTICA E DE RUA

OLIVEIRA, Luciane Katia; SANTOS, Luciana Minhard. Percepção da saúde mental em policiais militares da força tática e de rua. Sociologias, Porto Alegre, ano 12, no 25, set./dez. 2010, p. 224-250

Categorias: Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO ENTRE POVOS INDÍGENAS: UM PANORAMA ESTATÍSTICO BRASILEIRO

OLIVEIRA, Cleane de; LOTUFO NETO, Francisco. Suicidio entre povos indígenas: un panorama estadístico brasileiro. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 4-10, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A ANÁLISE FACTORIAL DE CORRESPONDÊNCIAS NA INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA: UMA APLICAÇÃO AO ESTUDO DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DO SUICÍDIO ADOLESCENTE

OLIVEIRA, Abílio; AMARAL, Virgílio Ribeiro. A análise factorial de correspondências na investigação em psicologia: Uma aplicação ao estudo das representações sociais do suicídio adolescente. Análise Psicológica, [S.I], v. 2, n. xxv, p. 271-293, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ARRISCAR MORRER PARA SOBREVIVER: OLHAR SOBRE O SUICÍDIO ADOLESCENTE

OLIVEIRA, Abílio; AMÂNCIO, Lígia; SAMPAIO, Daniel. Arriscar morrer para sobreviver: olhar sobre o suicídio adolescente. Análise Psicológica, [S.I], v. 19, n. 4, p. 509-521, 2012.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

POLYMORPHISMS OF THE TRYPTOPHAN HYDROXYLASE GENE AND SEROTONIN 1A RECEPTOR GENE IN SUICIDE VICTIMS AMONG JAPANESE

OHTANI, Maki; SHINDO, Shoko; YOSHIOKA, Naofumi. Polymorphisms of the tryptophan hydroxylase gene and serotonin 1A receptor gene in suicide victims among Japanese. The Tohoku journal of experimental medicine, Akita, v. 202, n. 2, p. 123-133, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CONSUMO DE SUSTANCIAS Y SUICIDIOS EN MÉXICO: RESULTADOS DEL SISTEMA DE VIGILANCIA EPIDEMIOLÓGICA DE LAS ADICCIONES, 1994-2006

OCAMPO, René; BOJORQUEZ, Ietza; CORTÉS, Mario. Consumo de sustancias y suicidios en México: resultados del Sistema de Vigilancia Epidemiológica de las Adicciones, 1994-2006. salud pública de méxico, [S.I], v. 51, n. 4, p. 306-313, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CONSUMO DE SUSTANCIAS Y SUICIDIOS EN MÉXICO: RESULTADOS DEL SISTEMA DE VIGILANCIA EPIDEMIOLÓGICA DE LAS ADICCIONES, 1994-2006

OCAMPO, René; BOJORQUEZ, Ietza; CORTÉS, Mario. Consumo de sustancias y suicidios en México: resultados del Sistema de Vigilancia Epidemiológica de las Adicciones, 1994-2006. salud pública de méxico, [S.I], v. 51, n. 4, p. 306-313, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO: REAVALIANDO UM CLÁSSICO DA LITERATURA SOCIOLÓGICA DO SÉCULO XIX

NUNES, Everardo Duarte. O Suicídio: reavaliando um clássico da literatura sociológica do século XIX. Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 7-34, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ANÁLISE DE TENTATIVAS DE AUTO-EXTERMÍNIO ENTRE POLICIAIS MILITARES: UM ESTUDO EM SAÚDE MENTAL E TRABALHO

NOGUEIRA, Geralda Eloisa Gonçalves. Análise de tentativas de auto-extermínio entre policiais militares: um estudo em Saúde Mental e Trabalho. 2005. 247f. Dissertação (Mestrado em Psicologia)- Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

A POLARIDADE DO PRIMEIRO EPISÓDIO NO TRANSTORNO BIPOLAR É UM PREDITOR PARA TENTATIVA DE SUICÍDIO (VIOLENTA E NÃO VIOLENTA) FUTURA?

NEVES, Fernando Silva et al. A polaridade do primeiro episódio no transtorno bipolar é um preditor para tentativa de suicídio (violenta e não violenta) futura?. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 31, n. 2, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSÃO: UM CASO CLÍNICO

NETTO, André Luiz; SIMÕES, Thaís; SERFATY, Gabriela. Depressão: um caso clínico. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, 2011.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUNSHINE AND SUICIDE AT THE TROPIC OF CAPRICORN, SÃO PAULO, BRAZIL, 1996–2004

NEJAR, Kennedy A.; BENSEÑOR, Isabela M.; LOTUFO, Paulo A. Sunshine and suicide at the tropic of Capricorn, São Paulo, Brazil, 1996-2004. Revista de saúde pública, São Paulo, v. 41, n. 6, p. 1062-1064, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

NEIGHBOURHOOD CHARACTERISTICS AND TRAJECTORIES OF HEALTH FUNCTIONING: A MULTILEVEL PROSPECTIVE ANALYSIS

STAFFORD, Mei et al; NEIGHBOURHOOD CHARACTERISTICS AND TRAJECTORIES OF HEALTH FUNCTIONING: A MULTILEVEL PROSPECTIVE ANALYSIS. European Journal of Public Health, Vol. 18, No. 6, 604–610

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICIDIO ATÍPICO: A PROPÓSITO DE UN CASO

NAVARRO ESCAYOLA, E.; ROS OLIVARES, T.; PÉREZ PUJOL, E. Suicidio atípico: a propósito de un caso. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 34, p. 35-41, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ORIGENS E DESENVOLVIMENTO DA PSICOPATOLOGIA DO TRABALHO NA FRANÇA (SÉCULO XX): UMA ABORDAGEM HISTÓRICA

Nassif, Lilian Erichsen. Origens e desenvolvimento da Psicopatologia do Trabalho na França (século XX): uma abordagem histórica. Memorandum. Belo Horizonte: UFMG; Ribeirão Preto: USP. v. 8, p. 79-87. 2005.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

INTERNET SUICIDE IN JAPAN: IMPLICATIONS FOR CHILD AND ADOLESCENT MENTAL HEALTH

NAITO, Ayumi . Internet Suicide in Japan: Implications for Child and Adolescent Mental Health. Clinical Child Psychology and Psychiatry. [S.I], v. 12, n. 4, p. 583–597, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SERVIÇOS PRIVADOS DE VIGILÂNCIA E GUARDA NO BRASIL: UM ESTUDO A PARTIR DE INFORMAÇÕES DA PNAD — 1985/95

MUSUMECI, Leonarda. Serviços privados de vigilância e guarda no Brasil: um estudo a partir de informações da pnad — 1985/95. Rio de Janeiro: IPEA, 1998.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

MAPEAMENTO DA VITIMIZAÇÃO DE POLICIAIS NO RIO DE JANEIRO

MUNIZ, Jacqueline; SOARES, Barbara Musumeci. Mapeamento da vitimização de policiais no Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.ucamcesec.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/05/Monitoramento_vitimizacao_policiais.pdf acessado em 14/04/2016 às 13:35h

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

SER POLICIAL É, SOBRETUDO, UMA RAZÃO DE SER CULTURA E COTIDIANO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

MUNIZ, Jacqueline de Oliveira. "Ser Policia é, sobretudo, uma razão de ser" Cultura e Cotidiano da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.ucamcesec.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2011/05/Ser_policial_sobretudo_razao_ser.pdf acessado em 14/04/2016às 13:54h

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

WEAPONIZATION OF THE BODY AND POLITICIZATION OF DEATH

MOVAHEDI, Siamak. Weaponization of the body and politicization of death. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, [S.I], v. 12, n. 1, p. 71-98, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

UPPS UMA POLÍCIA DE QUE GÊNERO?

MOURÃO, Bábara Musumeci. UPPs Uma polícia de que gênero? Disponível em: http://www.ucamcesec.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2013/12/3-UUPs-Barbara-web.pdf acessado 14/04/2016 às 13:57h

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

ESTRESSE E SOFRIMENTO NO TRABALHO DOS EXECUTIVOS

MOTA, Carolina Maria; TANUREI, Betania; NETOL, Antonio Carvalho. Estresse e sofrimento no trabalho dos executivos. Psicol. rev. , Belo Horizonte, v. 14 n.1, 2008.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICÍDIO NO BRASIL E OS CONTEXTOS GEOGRÁFICOS: CONTRIBUIÇÕES PARA POLÍTICA PÚBLICA DE SAÚDE MENTAL

MOTA, Adeir Archanjo da. Suicídio no Brasil e os contextos geográficos: contribuições para política pública de saúde mental. 2014. 208 f. Tese Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudente, 2008.(Doutorado em Geografia) -

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

URBAN AND RURAL SUICIDE DIERENTIALS IN MIGRANTS AND THE AUSTRALIAN-BORN, NEW SOUTH WALES, AUSTRALIA 1985±1994

MORRELL, Stephen et al. Urban and rural suicide differentials in migrants and the Australian-born, New South Wales, Australia 1985–1994. Social science & medicine, [S.I], v. 49, n. 1, p. 81-91, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SIN PALABRAS: NOTAS SOBRE LA INEXISTENCIA DEL TÉRMINO’SUICIDA’EN EL LATÍN CLÁSICO Y MEDIEVAL

MORIN, Alejandro. SIN PALABRAS: Notas sobre la inexistencia del término'suicida'en el latín clásico y medieval. Circe de clásicos y modernos, [S.I], n. 12, p. 159-166, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EPIDEMIA DE SUICÍDIO ENTRE OS GUARANÍ-KAIWÁ: INDAGANDO SUAS CAUSAS E AVANÇANDO A HIPÓTESE DO RECUO IMPOSSÍVEL

MORGADO, Anastácio F. Epidemia de suicídio entre os Guaraní-Kaiwá: indagando suas causas e avançando a hipótese do recuo impossível. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 7, n. 4, p. 585-598, 1991.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

VIOLÊNCIA NO TRABALHO EM ENFERMAGEM: UM NOVO RISCO OCUPACIONAL

MORENO, Luciana Contrera; MORENO, Maria Inês Contrera. Violência no trabalho em enfermagem: um novo risco ocupacional. Rev. Bras. Enferm., Brasília, DF, v. 57, n. 6, p. 746-749, 2004.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

UMA ANÁLISE DE CASOS DE SUICÍDIO NO CONTEXTO POLICIAL

MORAES, Orci Carlos Lobo De. Uma análise de casos de suicídio no contexto policial. 2007. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização)- Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSÃO E SUICÍDIO NO FILME “AS HORAS”

MORAES, Maria Helena et al. Depressão e suicídio no filme. Rev. psiquiatr., Rio Grande do. Sul, v. 28, n. 1, p. 83-92, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TRABALHO E ORGANIZAÇÃO: INFLUÊNCIAS NA QUALIDADE DE VIDA E ESTRESSE NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

MORAES, Lúcio Flávio Renault de; FERREIRA, Soraia Aparecida Alves; ROCHA, Daniella Bráz. Trabalho e Organização: influências na Qualidade de Vida e Estresse na Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte, [S.I.; s.n].

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

DISYUNTIVAS EN LAS CONCEPCIONES SOBRE AUTONOMÍA Y BENEFICENCIA QUE AFECTAN LA TERAPÉUTICA DEL INTENTO SUICIDA

MONDRAGÓN, Liliana, et al. Disyuntivas en las concepciones sobre autonomía y beneficencia que afectan la terapéutica del intento suicida. Acta bioethica, [S.I], v. 16, n. 1, p. 77-86, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SELF HARM AND ATTEMPTED SUICIDE IN ADULTS: 10 PRACTICAL QUESTIONS AND ANSWERS FOR EMERGENCY DEPARTMENT STAFF

MITCHELL, A. J; DENNIS, M. Self harm and attempted suicide in adults: 10 practical questions and answers for emergency department staff. Emerg Med J., [S;I], v. 23, p. 251-255, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MORTALIDAD POR SUICIDIO EN ADULTOS MAYORES, PROVINCIA PINAR DEL RÍO

MIRANDA, José Angel Portal; DÍAZ, Marco Antonio Montano; DEL RÍO, Pinar. Mortalidad por suicidio en adultos mayores, provincia Pinar del Río. Rev Ciencias Médicas, [S.I], v.13, n.1, p.11-22. 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

IDEACIÓN SUICIDA EN POBLACIÓN ESCOLARIZADA INFANTIL: FACTORES PSICOLÓGICOS ASOCIADOS

MIRANDA DE LA TORRE, Ixchel, et al. Ideación suicida en población escolarizada infantil: factores psicológicos asociados. Salud mental, [S.I], v. 32, n. 6, p. 495-502, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIOS EN SOLDADOS DE LAS FUERZAS ARMADAS DE ESPAÑA EN LA ÚLTIMA DÉCADA DEL SERVICIO MILITAR OBLIGATORIO (1991-2001)

MIRALLES MUÑOZ, Fernando; CANO VINDEL, Antonio. Suicidios en soldados de las fuerzas armadas de España en la última década del servicio militar obligatorio (1991-2001). Clínica y salud, [S.I], v. 20, n. 2, p. 189-196, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

MISSÃO PREVENIR E PROTEGER: CONDIÇÕES DE VIDA, TRABALHO E SAÚDE DOS POLICIAIS MILITARES DO RIO DE JANEIRO

MINAYO, Maria Cecilia de Souza; SOUZA, Edinilsa ramos; CONSTANTINO, Patricia (Coord). Missão prevenir e proteger: condições de vida, trabalho e saúde dos policiais militares do rio de janeiro . Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2008.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

MISSÃO INVESTIGAR: ENTRE O IDEAL E A REALIDADE DE SER POLICIAL

MINAYO, Maria Cecilia de Souza; SOUZA, Edinilsa ramos (Coord). Missão investigar: entre o ideal e a realidade de ser policial. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2003.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

IMPACTO DAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS NA SAÚDE FÍSICA E MENTAL DOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES DO RIO DE JANEIRO (RJ, BRASIL)

MINAYO, Maria Cecília de Souza; ASSIS, Simone Gonçalves de; OLIVEIRA, Raquel Vasconcellos Carvalhaes de. Impacto das atividades profissionais na saúde física e mental dos policiais civis e militares do Rio de Janeiro (RJ, Brasil). Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 4, p. 2199-2209, 2011.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

METHODOLOGICAL PROPOSAL FOR STUDYING SUICIDE AS A COMPLEX PHENOMENON

MINAYO, Maria Cecília de Souza ; SOUZA, Edinilsa Ramos de; CAVALCANTE, Fátima Gonçalves. Methodological proposal for studying suicide as a complex phenomenon . Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 8, p. 1587-1596, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PROPOSTA METODOLÓGICA PARA ABORDAGEM DE SUICÍDIO COMO FENÔMENO COMPLEXO

MINAYO, M. C. S.; CAVALCANTE, F. G.; SOUZA, E. R. Proposta metodológica para abordagem de suicídio como fenômeno complexo. Cad Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 22, n. 8, p. 1587-96, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

POLICE FAMILIES: STRESSES, SYNDROMES, AND SOLUTIONS

MILLER, Laurence. Police Families: Stresses, Syndromes, and Solutions. The MILLER, Laurence. Police Families: Stresses, Syndromes, and Solutions. The American Journal of Family Therapy, Florida, v. 35, p. 21–40, 2007.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

ESTUDIO EPIDEMIOLÓGICO DEL SUICIDIO EN SEVILLA EN 2004

MIGUEL, L. et al. Estudio epidemiológico del suicidio en Sevilla en 2004. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 39, p. 43-53, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONAL AFFECTIVE DISORDER AND LATITUDE: A REVIEW OF THE LITERATURE

MERSCH, Peter Paul A. et al. Seasonal affective disorder and latitude: a review of the literature. Journal of affective disorders, [S.I], v. 53, n. 1, p. 35-48, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO DE IDOSOS SOB A PERSPECTIVA DE GÊNERO

MENEGHEL, Stela Nazareth. et al. Suicídio de idosos sob a perspectiva de gênero.Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 8, p. 1983-1992, 2012.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CARACTERÍSTICAS EPIDEMIOLÓGICAS DO SUICÍDIO NO RIO GRANDE DO SUL

MENEGHEL, Stela Nazareth. et al. Características epidemiológicas do suicídio no Rio Grande do Sul. Rev. Saúde Pública. São Paulo, v. 38, n. 6, p. 804-810, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO E SUAS RELAÇÕES COM A PSICOPATOLOGIA: ANÁLISE QUALITATIVA DE SEIS CASOS DE SUICÍDIO RACIONAL

MELLO, Marcelo Feijó de. O Suicídio e suas relações com a psicopatologia: análise qualitativa de seis casos de suicídio racional. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.16 n.1, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MORTALIDADE POR CAUSAS VIOLENTAS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, BRASIL. III — MORTES INTENCIONAIS

MELLO JORGE, M.H.P. de. Mortalidade por causas violentas no município de São Paulo, Brasil. III — Mortes intencionais. Rev Saúde públ., São Paulo, v. 15, p. 165-93, 1981.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EPIDEMIOLOGICAL TRENDS OF YOUTH SUICIDE IN NORWAY

MEHLUM, Lars; HYTTEN, Karsten; GJERTSEN, Finn. Epidemiological trends of youth suicide in Norway. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 3, p. 193-205, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALENCIA DE LA DEPRESIÓN, ANSIEDAD Y COMPORTAMIENTO SUICIDA EN LA POBLACIÓN ESTUDIANTIL DE PREGRADO DE LA UNIVERSIDAD DE CALDAS, AÑO 2000

MEDINA, María Eugenia Amézquita; PÉREZ, Rosa Elena González; MEJÍA, Diego Zuluaga. Prevalencia de la depresión, ansiedad y comportamiento suicida en la población estudiantil de pregrado de la Universidad de Caldas, año 2000. Revista Colombiana de psiquiatría, [S.I], v. 32, n. 4, p. 341-356, 2003.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

OCCUPATIONAL HEALTH AND SAFETY RISKS FACED BY POLICE OFFICERS

MAYTHEW, Claire. Occupational health and safety risks faced by police officers. Australian Institute of Criminology. Australia, n. 96. p. o1-06, 2012.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

INTIMATE FEMICIDE-SUICIDE IN SOUTH AFRICA: A CROSS-SECTIONAL STUDY

MATHEWS, S. et al. Intimate femicide-suicide in South Africa: a cross-sectional study. Bull World Health Organ., v. 86, n. 7, p. 552-58. 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

>¿PUEDEN EXPLICAR LA POBREZA Y EL NIVEL DE ALFABETIZACIÓN LAS DISTINTAS TASAS DE SUICIDIO EXISTENTES EN EUROPA?

MARUSIC, Andrej; KAN, Murad; FARMER, Anne. ¿Pueden explicar la pobreza y el nivel de alfabetización las distintas tasas de suicidio existentes en Europa?. The European journal of psychiatry (edición en español), [S.I], v. 16, n. 2, p. 111-116, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SAÚDE MENTAL DO MÉDICO E DO ESTUDANTE DE MEDICINA

MARTINS, Luiz Antonio Nogueira. Saúde Mental do Médico e do Estudante de Medicina. Rev. Bras. Med., Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 56-68, 2003.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

ESTRÉS POLICIAL: ‘‘LA ANTESALA DEL SUICIDIO’’

MARTINEZ, Paula, N. Estrés policial: ‘‘la antesala del suicidio’’. Programa de prevención del suicidio en policias. [S.I.: s.n.], [200--?].

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

INVESTIGACIÓN CUALITATIVA AL ESTUDIO DEL INTENTO DE SUICIDIO EN JÓVENES DE TABASCO

MARTÍNEZ, A. B; GUINSBERG, E. Investigación Cualitativa al estudio del intento de suicidio en Jóvenes de Tabasco. Rev. Fac. Nac. Salud Pública. v. 27, n. 1, p. 32-38, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

COMPORTAMIENTO DE LA CONDUCTA SUICIDA INFANTO-JUVENIL

MARTÍNEZ JIMÉNEZ, Adalgizar et al. COMPORTAMIENTO DE LA CONDUCTA SUICIDA INFANTO-JUVENIL. Revista Cubana de Medicina General Integral, [S.I], v. 14, n. 6, p. 554-559, 1998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MEDIA INFLUENCE TO SUICIDE: THE SEARCH FOR SOLUTIONS

MARTIN, Graham. Media influence to suicide: The search for solutions. Archives of Suicide Research,[S.I], v. 4, n. 1, p. 51-66, 1998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MORTES POR SUICÍDIO: DIFERENÇAS DE GÊNERO E NÍVEL SOCIOECONÔMICO

MARÍN-LEÓN, Leticia; BARROS, Marilisa. Mortes por suicídio: diferenças de gênero e nível socioeconômico. Rev Saúde Pública, São Paulo, v. 37, n. 3, p. 357-363, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DROGADICÇÃO: TENTATIVA DE SUICÍDIO E/OU ELABORAÇÃO?

MANSILLA, Natallie Karim Rodrigues; BENTO, Victor Eduardo Silva. Drogadicção: tentativa de suicídio e/ou elaboração?. Rev. Dep. Psicol., UFF, Rio de Janeiro, v. 18, n. 2, p. 11-28, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE PREVENTION STRATEGIES: A SYSTEMATIC REVIEW

MANN, J. John. et al. Suicide Prevention Strategies: a systematic review. JAMA. Montana, v. 294, n. 16, p. 2064-2074, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ECSTATIC SUICIDE

MALTSBERGER, John T. Ecstatic Suicide. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 3, n. 4, p. 283-301, 1997.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO ENTRE MÉDICOS E ESTUDANTES DE MEDICINA

MALEIRO, A.M.A.S. Suicídio entre médicos e estudantes de medicina. Rev. Assoc. Med. Bras., São Paulo, v. 44 n. 2, p. 135-140, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ARE THERE SOCIAL CORRELATES TO SUICIDE?

MÄKINEN, Ilkka. Are there social correlates to suicide?. Social science & medicine, [S.I], v. 44, n. 12, p. 1919-1929, 1997.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EASTERN EUROPEAN TRANSITION AND SUICIDE MORTALITY

MÄKINEN, Ilkka Henrik. Eastern European transition and suicide mortality.Social science & medicine, [S.I], v. 51, n. 9, p. 1405-1420, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AMONG REGULAR-DUTY MILITARY PERSONNEL: A RETROSPECTIVE CASE-CONTROL STUDY OF OCCUPATION- SPECIFIC RISK FACTORS FOR WORKPLACE SUICIDE

MAHON, Martin J. et al. Suicide Among Regular-Duty Military Personnel: A Retrospective Case-Control Study of Occupation- Specific Risk Factors for Workplace Suicide. Am J Psychiatry. [S.I], v. 162, n. 9, p. 1688-1696, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SYNCHRONIZED ANNUAL RHYTHMS IN VIOLENT SUICIDE RATE, AMBIENT TEMPERATURE AND THE LIGHT‐DARK SPAN

MAES, Michael et al. Synchronized annual rhythms in violent suicide rate, ambient temperature and the light‐dark span. Acta Psychiatrica Scandinavica, Cleveland, v. 90, n. 5, p. 391-396, 1994.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CICATRIZES DE UM TRAUMA: ASPECTOS EMOCIONAIS RELACIONADOS AO ATO DA TENTATIVA DE SUICÍDIO PELO USO DO FOGO

MACIEL, Karine Viana. Cicatrizes de um trauma: aspectos emocionais relacionados ao ato da tentativa de suicídio pelo uso do fogo. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2013.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

NEM DOENTE, NEM VÍTIMA: O ATENDIMENTO ÀS” LESÕES AUTOPROVOCADAS NAS EMERGÊNCIAS

MACHIN, Rosana. Nem doente, nem vítima: o atendimento às" lesões autoprovocadas" nas emergências. Cien Saude Colet, Rio de Janeiro, v. 14, n. 5, p. 1741-1750, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO E SUICÍDIO EM MUNICÍPIO DE CULTURA POMERANA NO INTERIOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

MACEDO, Mônica Medeiros Kother; WERLANG, Blanca Susana Guevara. Trauma, dor e ato: o olhar da psicanálise sobre uma tentativa de suicídio. Agora, Rio de Janeiro, v. 10, n. 1, p. 86-106, 2007.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVA DE SUICÍDIO: O TRAUMÁTICO VIA ATO-DOR

MACEDO, Mônica Medeiros Kother; WERLANG, Blanca Susana Guevara. Tentativa de suicídio: o traumático via ato-dor. Psicologia: Teoria e Pesquisa, [S.I], v. 23, n. 2, p. 185-194, 2007.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PERCEPTIONS OF PERSONNEL ON POLICE SUICIDE AND THE ROLE OF A CHAPLAIN

MABE, Sello Edwin. Perceptions of personnel on police suicide and the role of a chaplain. 2004. 102 f. Dissertation (Master of Theology)- Universit of South África, África, 2004.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

CORRELATES OF SUICIDAL IDEATION AMONG AN ELDERLY DEPRESSED SAMPLE

LYNCH, Thomas R. et al. Correlates of suicidal ideation among an elderly depressed sample. Journal of affective disorders, [S.I], v. 56, n. 1, p. 9-15, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ESTUDIO DESCRIPTIVO DEL PARASUICIDIO EN LAS URGENCIAS PSIQUIÁTRICAS

LOZANO SERRANO, Carolina et al. Estudio descriptivo del parasuicidio en las urgencias psiquiátricas. Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría, [S.I], n. 91, p. 11-22, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO SUICÍDIO NO BRASIL ENTRE 1980 E 2006

LOVISI, Giovanni Marcos. et al. Análise epidemiológica do suicídio no Brasil entre 1980 e 2006. Rev. Bras. Psiquiatr. Rio de Janeiro, v.31, supl. 2, p. 86-93, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO: UM DESAFIO PARA O PSICÓLOGO CLÍNICO

LOPES, Francirene Fabretti; MILANI, Rute Grossi. Suicídio: um desafio para o psicólogo clínico. Maringá, [S.I.;s.n], 2000?

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MEDICINA, EDUCAÇÃO E GÊNERO: AS DIFERENCIAÇÕES SEXUAIS DO SUICÍDIO NOS DISCURSOS MÉDICOS DO SÉCULO XIX

LOPES, Fábio Henrique. Medicina, educação e gênero: as diferenciações sexuais do suicídio nos discursos médicos do século XIX. Educar em Revista, Curitiba, n. 29, p. 241-257, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO MASCULINO OU FEMININO: AS ATRIBUIÇÕES DE GÊNERO

LOPES, Fábio Henrique. Suicídio masculino ou feminino: as atribuições de gênero. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA. 23., 2003, João Pessoa, Anais... , João Pessoa: ANPUH, FAFICA, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A EXPERIÊNCIA DO SUICÍDIO: DISCURSOS MÉDICOS NO BRASIL, 1830-1900

LOPES, Fabio Henrique. A experiência do suicídio: discursos médicos no Brasil, 1830-1900. 2003. 203 f. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual de Campina, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, 2003.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

COMPLETED SUICIDE IN LATE LIFE

LOEBEL, J. Pierre, PSYCH, F.R.C. Completed Suicide in Late Life. PSYCHIATRIC SERVICES, [S.I], v. 56, n. 3, p. 260-262, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ASPECTOS RELACIONADOS CON EL INTENTO SUICIDA EN PACIENTES INGRESADOS EN EL CENTRO NACIONAL DE TOXICOLOGÍA

LI-COO, Vladimir Torres. et al. Aspectos relacionados con el intento suicida en pacientes ingresados en el Centro Nacional de Toxicología. Rev Cubana Med Milit., Ciudad de La Habana, v. 35, n. 2, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONTROLLING CRIME FACILITATORS: EVIDENCE FROM RESEARCH ON HOMICIDE AND SUICIDE

LESTER, David. Controlling crime facilitators: Evidence from research on homicide and suicide. Crime Prevention Studies, Blackwood, v. 1, n. 1, p. 35-54, 1993.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CRIME E ESTRATÉGIRAS DE POLICIAMENTO EM ESPAÇOS URBANOS

BEATO, Claudio et al.Crime e Estratégias de Policiamento em Espaços Urbanos. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0011-52582008000300005 acessado em 15/09/2016 às 15:25h.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

VIOLÊNCIAS CONTRA AS MULHERES E VIOLÊNCIA DE GÊNERO: NOTAS SOBRE ESTUDOS FEMINISTAS NO BRASIL

SANTOS, Cecília et al. Violência contra as Mulheres e Violência de Gênero:Notas sobre Estudos Feministas no Brasil. Estudios Interdisciplinarios de América Latina y El Caribe, da Universidade de Tel Aviv, em 2005.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

COMPREENDENDO O SUICÍDIO: O PRIMEIRO CONTATO COM PACIENTES SUICIDAS

RONDON, Vinicius. Compreendendo o suicídio: o primeiro contato com pacientes suicidas. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/psicologia/artigos/51672/compreendendoosuicidiooprimeirocontatocompacientessuicidas acessado em: 15/09/2016 às 23:13h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONFISSÕES DE UM PACIENTE SUICIDA: BREVE RFELEXÃO

RODRIGUES, Murillo. Confissões de um paciente suicida: Breve reflexão. Disponível em: http://www.minutopsicologia.com.br/postagens/2015/03/08/confissoes-de-um-paciente-suicida-breve-reflexao/ acessado em: 15/09/2016 às 23:13h'

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TRAUMA, DOR E ATO: O OLHAR DA PSICANÁLISE SOBRE UMA TENTATIVA DE SUICÍDIO

MACEDO, Monica et al. Trauma, dor e ato: o olhar da psicanálise sobre uma tentativa de suicídio. Agora (Rio de Janeiro) v. X n.1 jan/jun2007 89-106

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO E OS DESAFIOS PARA A PSICOLOGIA

DUARTE, Yvone et al. O suicídio e os desafios para a psicologia. Disponível em: http://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2013/12/Suicidio-FINAL-revisao61.pdf acessado em 16/09/2016 às 00:21h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

POLÍTICAS PÚBLICAS DE SEGURANÇA E A QUESTÃO POLICIAL

FILHO, Cláudio. Políticas Públicas de segurança e a questão policial. SÃO PAULO EM PERSPECTIVA, 13(4) 1999

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

SUICIDE BY COP

KENNEDY, Daniel, B.; HOMANT, Robert, J.; HUPP, R. Thomas. Suicide by cop. FBI Law Enforcement Bulletin, Detroit, v. 67, n. 8, p. 21-27, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

DETECÇÃO DO RISCO DE SUICÍDIO NOS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA PSIQUIÁTRICA

BERTOLOTE, José et al. Detecção do risco de suicídio nos serviços de emergência
psiquiátrica. Revista Brasileira de Psiquiatria, vol 32, Supl II, out2010

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO NA INFÂNCIA: UMA ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS PUBLICADOS EM BASES ELETRÔNICAS

COSTA, Brenda. Suicídio na infância: uma análise dos estudos brasileiros publicados em bases eletrônicas. Disponível em: http://www.fundamentalpsychopathology.org/uploads/files/ii_congresso_internacional/temas_livres/ii_con._suicidio_na_infancia_tl.pdf acessado em: 16/09/2016às 00:59h

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MANEJO DOS QUADROS DE ANGÚSTIA PÓS-TRAUMÁTICA EM PROFISSIONAIS DE SOCORRO SEGUNDO O REFERENCIAL DA ANÁLISE PSICODRAMÁTICA

FILHO, Olavo. Manejo dos quadros de angústia pós-traumática em profissionais de socorro segundo o referencial da análise psicodramática. Monografia apresentada a Escola Paulista de Psicodrama como requisito parcial para obtenção do título de Psicodramatista Didata. São Paulo, 2015

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

IDEAÇÃO SUICIDA NA ADOLESCÊNCIA: UM ENFOQUE PSICOSSOCIOLÓGICO NO CONTEXTO DO ENSINO MÉDIO

ARAÚJO, Luciene da Costa; VIEIRA, Kay Francis Leal; COUTINHO, Maria da Penha de Lima. Ideação suicida na adolescência: um enfoque psicossociológico no contexto do ensino médio. Psico USF, [S.I], v. 15, n. 1, p. 47-57, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EVOLUCIÓN TEMPORAL Y DISTRIBUCIÓN GEOGRÁFICA DE LA MORTALIDAD POR SUICIDIO EN CATALUÑA Y ESPAÑA (1986-2002)

ARÁN BARÉS, María et al. Evolución temporal y distribución geográfica de la mortalidad por suicidio en Cataluña y España 1986-2002. Gaceta Sanitaria, [S.I], v. 20, n. 6, p. 473-480, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

INTERVENÇÃO VISANDO A AUTO-ESTIMA E QUALIDADE DE VIDA DOS POLICIAIS CIVIS DO RIO DE JANEIRO

ANDRADE, Edson Ribeiro; SOUZA, Edinilsa Ramos; MINAYO, Maria Cecilia de Souza. Intervenção visando a auto-estima e qualidade de vida dos policiais civis do Rio de Janeiro. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 275-285, 2009.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

PREVENÇÃO DA TENTATIVA DE SUICÍDIO E PROMOÇÃO DA SAÚDE MENTAL ENTRE CRIANÇAS E ADOLESCENTES DO MUNICÍPIO DE MATOZINHOS

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

SUICIDAL IDEATION AMONG STUDENTS ENROLLED IN HEALTHCARE TRAINING PROGRAMS: A CROSS-SECTIONAL STUDY

ALEXANDRINO-SILVA, Clóvis et al. Suicidal ideation among students enrolled in healthcare training programs: a cross-sectional study. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 31, n. 4, p. 338-344, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

YOUNG PEOPLE AND SUICIDE

SAMARITANS. Young people and suicide. In: International Conference on Humanities, Society and Culture. vol.20, 32-36, UK, 2011.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL IDEATION AND ASSOCIATED FACTORS AMONG ADOLESCENTS IN NORTHEASTERN BRASIL

GONÇALVES, et al. Determinantes espaciais e socioeconômicos do suicídio no Brasil: uma abordagem regional. In: Revista Nova Economia. Belo Horizonte, 21 (2),281-316, maio-agosto, 2011

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ESTIGMA EM PACIENTES ADMITIDOS EM URGÊNCIA/EMERGÊNCIA POR TENTATIVA DE SUICÍDIO: ANÁLISE DE ESTUDANTES E PROFISSIONAIS DA SAÚDE A PARTIR DE CASOS HIPOTÉTICOS

DÓRIA e FARO. Estigma em pacientes admitidos em urgência/emergência por tentativa de suicídio: análise de estudantes e profissionais da saúde a partir de casos hipotéticos. In: Salud & Sociedad, v.8, no.3, 2017.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

AVOIDING SHAME: YOUNG LGBT PEOPLE, HOMOPHOBIA AND SELF‐DESTRUCTIVE BEHAVIOURS

MCDERMOTT, ROEN e SCOURFIELD. Avoiding shame: young LGBT people, homophobia and self‐destructive behaviours. In: Culture, Health & Sexuality, 10(8): 815–829, Nov. 2008.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

THE IMPACT OF GUN CONTROL ON SUICIDE: STUDIES FROM CANADA

LEENAARS, Antoon A.; LESTER, David. The impact of gun control on suicide: Studies from Canada. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 4, n. 1, p. 25-40, 1998.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

SUICIDE ACROSS THE ADULT LIFE SPAN: REPLICATIONS AND FAILURES

LEENAARS, Antoon A. Suicide across the adult life span: Replications and failures. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 4, p. 261-274, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

IDEACIÓN Y COMPORTAMIENTO SUICIDA EN EMBARAZADAS

LARA, M. A. et al. Ideación y comportamiento suicida en embarazadas.Salud mental, [S.I], v. 32, n. 5, p. 381-387, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INVESTIGATION OF COMPLETED SUICIDE AND GENES INVOLVED IN CHOLESTEROL METABOLISM

LALOVIC, Aleksandra et al. Investigation of completed suicide and genes involved in cholesterol metabolism. Journal of affective disorders, [S.I], v. 79, n. 1, p. 25-32, 2004.CHOLESTEROL METABOLISM

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

COMPORTAMIENTO DEL SUICIDIO EN CIUDAD DE LA HABANA INTERVENCIÓN DE ENFERMERÍA EN LA ATENCIÓN PRIMARIA DE SALUD

LAFERTÉ TREBEJO, Acela; LAFERTÉ TREBEJO, Luisa Aleida. Comportamiento del suicidio en Ciudad de La Habana intervención de enfermería en la atención primaria de salud. Revista Cubana de Enfermería, [S.I], v. 16, n. 2, p. 78-87, 2000.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PSYCHOPHARMACOLOGICAL THERAPY AND SUICIDE OF INPATIENTS WITH DEPRESSIVE PSYCHOSES

KRUPINSKI, Martin. et al. Psychopharmacological therapy and suicide of inpatients with depressive psychoses. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 4, n. 2, p. 143-155, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A DINÂMICA FAMILIAR NO CONTEXTO DA CRISE SUICIDA

KRÜGER, Liara Lopes. A dinâmica familiar no contexto da crise suicida. Psico -USF, [S.I], v. 15, n. 1, p. 59 -70, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

WORLD REPORT ON VIOLENCE AND HEALTH

WORLD REPORT ON VIOLENCE AND HEALTH
KRUG, Etienne G., et al. World report on violence and health. Geneva; World Health Organization, 2002.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

IS OCCUPATION RELEVANT IN SUICIDE?

KOSKINEN, Outi et al. Is occupation relevant in suicide?. Journal of affective disorders, [S.I], v. 70, n. 2, p. 197-203, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

RISK OF SUICIDE AND RELATED ADVERSE OUTCOMES AFTER EXPOSURE TO A SUICIDE PREVENTION PROGRAMME IN THE US AIR FORCE: COHORT STUDY

KNOX, Kerry L. et al. Risk of suicide and related adverse outcomes after exposure to a suicide prevention programme in the US Air Force: cohort study. BMJ., [S.I.], v. 327, n. 1376, p. 1-5, 2003.

Categorias: Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL INTENT IN VICTIM-PRECIPITATED HOMICIDE INSIGHTS FROM THE STUDY OF “SUICIDE-BY-COP

KLINGER, David , A. Suicidal Intent in Victim-Precipitated Homicide Insights from the Study of “Suicide-by-Cop”. Homicide Studies, Missouri v. 5, n. 3, p. 206-226, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE IN ADOLESCENT PSYCHIATRIC INPATIENTS: INCIDENCE AND PREDICTIVE FACTORS

KJELSBERG, Ellen; NEEGAARD, E.; DAHL, A. A. Suicide in adolescent psychiatric inpatients: incidence and predictive factors. Acta Psychiatrica Scandinavica, [S.I], v. 89, n. 4, p. 235-241, 1994.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RISCO DE SUICÍDIO EM PACIENTE ALCOOLISTA COM DEPRESSÃO

KING, Anna Lucia Spear; NARDI, Antonio Egidio; CRUZ, Marcelo Santos. Risco de suicídio em paciente alcoolista com depressão. J. bras. psiquiatr., Rio de janeiro, v. 55, n. 1, p. 70-73, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MENTAL ILLNESS AND SUICIDALITY AFTER HURRICANE KATRINA

KESSLER, Ronald C. et al. Mental illness and suicidality after Hurricane Katrina. Bulletin of the World Health Organization, [S.I], v. 84, n. 12, p. 930-939, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

THE ESPIRAL OF SUICIDE AND SOCIAL CHANGE IN SRI LANKA

KEARNEY, Robert N.; MILLER, Barbara D. The spiral of suicide and social change in Sri Lanka. The Journal of Asian Studies, [S.I], v. 45, n. 01, p. 81-101, 1985.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EXPOSIÇÃO A AGENTES QUÍMICOS E A SAÚDE DO TRABALHADOR

KATO, Mina; GARCIA, Eduardo, Garcia; WÜNSCH FILHO, Victor. Exposição a agentes químicos e a Saúde do Trabalhador. Rev. bras. Saúde ocup., São Paulo, v. 32, n. 116, p. 06-10, 2007.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICIDIO ASISTIDO Y EUTANASIA: UN DEBATE CLÁSICO Y TRÁGICO, CON PRONÓSTICO RESERVADO

JÚDEZ, J. Suicidio asistido y eutanasia: un debate clásico y trágico, con pronóstico reservado. An. Sist. Sanit. Navar. [S.I], v. 30, Supl. 3, p. 137-161. 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ABORDAJE FAMILIAR EN UN CASO DE INTENTO DE SUICIDIO

JIMÉNEZ DÍAZ, J. J. et al. Abordaje familiar en un caso de intento de suicidio. Medifam, [S.I], v. 11, n. 8, p. 51-56, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONS AND METEOROLOGICAL FACTORS IN SUICIDAL BEHAVIOUR

Jessen G.; Jensen B.F. Seasons and meteorological factors in suicidal behaviour. Archives of suicide research, [S.I], v. 4, n. 3, p. 263-280, 1998.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TEMPORAL FLUCTUATIONS AND SEASONALITY IN ATTEMPTED SUICIDE IN EUROPE: FINDINGS FROM THE WHO/EURO MULTICENTRE STUDY ON PARASUICIDE

Jessen G.; Jensen B.F. Temporal fluctuations and seasonality in attempted suicide in Europe: findings from the WHO/EURO multicentre study on parasuicide. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 1, p. 57-69, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSÃO E TRABALHO: RUPTURA DE LAÇÃO SOCIAL

JARDIM, Sílvia. Depressão e trabalho: ruptura de laço social. Rev. bras. Saúde ocup., São Paulo, 36 (123): 84-92, 2011

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE RISK IN PATIENTS HOSPITALISED BECAUSE OF AN AFFECTIVE DISORDER: A FOLLOW-UP STUDY, 1973–1993

HØYER, Eyd Hansen; OLESEN, Anne Vingaard; MORTENSEN, Preben Bo. Suicide risk in patients hospitalised because of an affective disorder: a follow-up study, 1973–1993. Journal of Affective Disorders, [S.I], v. 78, n. 3, p. 209-217, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE BY POLICE: A PROPOSED TYPOLOGY OF LAW ENFORCEMENT OFFICER-ASSISTED

HOMANT, Robert, J.; KENNEDY, Daniel, B. Suicide by police: a proposed typology of law enforcement officer-assisted suicide. Policing: An International Journal of Police Strategies & Management, Detroit, v. 23, n. 3, p. 339-355, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

THE MENTAL HEALTH OF THE PEERS OF SUICIDE COMPLETERS AND ATTEMPTERS

HO, Ting-pong. et al. The mental health of the peers of suicide completers and attempters. Journal of Child Psychology and Psychiatry, [S.I.], v. 41, n. 03, p. 301-308, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

VARIATION IN SUICIDALITY AMONG SUBSTANCE-ABUSING WOMEN: THE ROLE OF CHILDHOOD ADVERSITY

HILL, Elizabeth M.; BOYD, Carol J.; KORTGE, Joel F. Variation in suicidality among substance-abusing women: The role of childhood adversity. Journal of substance abuse treatment,[S.I], v. 19, n. 4, p. 339-345, 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ADOLESCENT AND YOUNG ADULT MORTALITY BY CAUSE: AGE, GENDER, AND COUNTRY, 1955 TO 1994

HEUVELINE, Patrick; SLAP, Gail B. Adolescent and young adult mortality by cause: age, gender, and country, 1955 to 1994. Journal of Adolescent Health, New York, v. 30, n. 1, p. 29-34, 2002.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

BURNOUT E ESTRESS OCUPACIONAL

HESPANHOL, Alberto. Burnout e estress ocupacional. Revista Portuguesa de Psicossomática. Portugal, v. 7, n. 1-2, p. 153-162, 2005.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICÍDÍOS EM MUNICÍPIOS DO SUL DO BRASIL-UM ENFOQUE DE GENÊRO

HESLER, Lilian Zielke. Suicídio em municípios do sul do Brasil-um enfoque de genêro. 2013. 122f. Dissertação(Mestrado em Enfermagem)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Porto Alegre, RS, 2013

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

FATORES CORRELACIONADOS COM A TENTATIVA DE SUICÍDIO

HESKETH, J. L.; CASTRO, A. G. de. Fatores correlacionados com a tentativa de suicídio. Rev. Saúde públ., São. Paulo, v. 12, p. 138-46, 1978.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

OCCUPATION AND SUICIDE AMONG MALES IN THE US ARMED FORCES

HELMKAMP, James C. Occupation and Suicide among Males in the US Armed Forces. Elsevier Science Inc, Rockville Pike v. 6, n. 1, p. 83-88, 1996.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AND PSEUDOCIDE: A REANALYSIS OF MARIS’S DATA

HAMBLIN, Robert L.; JACOBSEN, R. Brooke. SUICIDE AND PSEUDOCIDE: A REANALYSIS OF MARIS'S DATA. Journal of health and social behavior, [S.I], p. 99-104,

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SECULAR TRENDS IN THE RATES AND SEASONALITY OF VIOLENT AND NONVIOLENT SUICIDE OCCURRENCES IN FINLAND DURING 1980–95

HAKKO, Helinä; RÄSÄNEN, Pirkko; TIIHONEN, Jari. Secular trends in the rates and seasonality of violent and nonviolent suicide occurrences in Finland during 1980–95. Journal of affective disorders, [S.I], v. 50, n. 1, p. 49-54, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DEATHS FROM VIOLENCE IN BRITAIN: A TENTATIVE SECULAR SURVEY

HAIR, Paul Edward Hedley. Deaths from violence in Britain: A tentative secular survey. Population Studies, [S.I], v. 25, n. 1, p. 5-24, 1971.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

HÁ UMA NEFESTA GLORIFICAÇÃO DO SUICÍDIO

ARUANDA, Fernanda. “Há uma nefasta glorificação do suicídio”. Entrevista de José Manoel Bertolote . iG Minha Saúde. São Paulo, 2013,

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

EL SUICIDIO Y ALGUNOS DE SUS CORRELATOS NEUROBIOLÓGICOS. PRIMERA PARTE

GUTIÉRREZ-GARCÍA, Ana G.; CONTRERAS, Carlos M. El suicidio y algunos de sus correlatos neurobiológicos. Primera parte. Salud mental, [S.I], v. 31, n. 4, p. 321-330, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RELATION BETWEEN PARASUICIDE, SUICIDE, PSYCHIATRIC ADMISSIONS, AND SOCIOECONOMIC DEPRIVATION

GUNNELL , David J. Relation between parasuicide, suicide, psychiatric admissions, and socioeconomic deprivation. BMJ., Bristol, v. 311, p. 226-230, 1995.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

LA PROMOCIÓN DE SALUD ANTE EL SUICIDIO

GUIBERT REYES, Wilfredo. La promoción de salud ante el suicidio. Revista Cubana de Medicina General Integral, [S.I], v. 18, n. 1, p. 33-45, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ANCIANOS CON INTENTO SUICIDA EN EL MUNICIPIO 10 DE OCTUBRE

GUIBERT REYES, Wilfredo; SÁNCHEZ CRUZ, Liana Rosa. Ancianos con intento suicida en el municipio 10 de Octubre. Revista Cubana de Higiene y Epidemiología, [S.I], v. 39, n. 2, p. 126-135, 2001.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

POST-TRAUMATIC STRESS DISORDER IN UK POLICE OFFICERS

GREEN, Ben. Post-traumatic stress disorder in UK police officers. CURRENT MEDICAL RESEARCH, Cheshire , v. 20, n. 1, p.101–105, 2004.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

BOLETIM MENSAL DE MONITORAMENTO E ANÁLISE DADOS OFICIAIS DO RIO DE JANEIRO

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, Secretaria de Estado de Segurança Pública Instituto de Segurança Pública - ISP Núcleo de Pesquisa em Justiça Criminal e Segurança Pública. Boletim Mensal de Monitoramento e Análise Dados Oficiais do Rio de Janeiro. NUPESP.Rio de Janeiro, ano, 4, n. 39, 2007.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

THE ROLE OF SOCIOECONOMIC STATUS GRADIENTS IN EXPLAINING DIFFERENCES IN US ADOLESCENTS’ HEALTH

GOODMAN, Elizabeth. the role of socioeconomic status gradients in explaining differences in us adolescents' health. American Journal of Public Health, [S.I], v. 89, n. 10, p. 1522-1528, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

NOTAS SOBRE SUICÍDIO NO TRABALHO À LUZ DA TEORIA CRÍTICA DA SOCIEDADE

GOMIDE, Ana Paula de Ávila, Notas Sobre Suicídio no Trabalho à Luz da Teoria Crítica da Sociedade. Psicologia, Ciência e Profissão, 2013, 33 (2), 380-395

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

FACTORES ASOCIADOS AL INTENTO DE SUICIDIO EN LA PLOBACIÓN COLOMBIANA

GÓMEZ-RESTREPO, Carlos et al. Factores asociados al intento de suicidio en la población colombiana. Revista colombiana de psiquiatría, [S.I], v. 31, n. 4, p. 283-298, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSÃO E SUICÍDIO MÉDICO DIANTE DE DEMANDA JUDICIAL POR MÁ-PRÁTICA E VALORAÇÃO DO DANO

GOMES, Júlio Cézar Meirelles. Depressão e Suicídio Médico diante de Demanda Judicial por má-prática e Valoração do Dano. Revista Sideme. Brasília, DF, n. 2, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO E ESTRESSE NO TRABALHO ENTRE FUNCIONÁRIOS DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NO RIO DE JANEIRO

GOMES, Fabio da Silva; PAIVA MIGUEZ, Marília Alves de. Avaliação da Satisfação e Estresse no Trabalho entre Funcionários de uma Unidade de Alimentação e Nutrição no Rio de Janeiro. CERES: NUTRIÇÃO & SAÚDE, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 29-42, 2006.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

FACTORES ASOCIADOS A LETALIDAD DE INTENTOS DE SUICIDIO EN SUJETOS CON TRASTORNO DEPRESIVO MAYOR

GAVIRIA, A. et al. Factores asociados a la letalidad de intentos de suicidio en sujetos con trastorno depresivo mayor. Revista colombiana de psiquiatria, [S.I], v. 4, n. 38, p. 3, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

REDE DE APOIO SOCIAL E TENTATIVA DE SUICÍDIOREDE DE APOIO SOCIAL E TENTATIVA DE SUICÍDIO

GASPARI,Vanessa Paola Povolo. Rede de apoio social e tentativa de suicídio. 2002. 129 f. Dissertação (Mestrado Ciências Médicas)-Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EVENTOS VITALES ADVERSOS Y SUICIDIO: UN ESTUDIO DE AUTOPSIA PSICOLÓGICA EN MEDELLÍN, COLOMBIA

GARCÍA-VALENCIA, Jenny et al. Eventos vitales adversos y suicidio: un estudio de autopsia psicológica en Medellín, Colombia. Rev Col Psiqui., [S.I], v. 37, p. 11-28, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O PROCESSO DE LUTO DO FILHO DA PESSOA QUE COMETEU SUICÍDIO

FUKUMITSU, Karina Okajima. O processo de luto do filho da pessoa que cometeu suicídio.2013. 237 f Tese (Doutorado em Psicologia) - Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

O LUTO POR SUICÍDIOS: UMA TAREFA DA POSVENÇÃO

FUKUMITSU, Karina Okajima. O luto por suicídios: uma tarefa da posvenção. Revista Brasileira de Psicologia, Salvador, v. 2, n. 2, Salvador, p. 41-47, 2015.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

COMPORTAMENTO SUICIDA EM ADOLESCENTES GRÁVIDAS: UM ESTUDO DE CASO-CONTROLE

FREITAS, Gisleine Vaz Scavacini de.Comportamento suicida em adolescentes grávidas: um estudo de caso-controle. 2007. 184 f. Tese (Doutorado em Ciências Médicas) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, 2007.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

DETERMINANTES SOCIOECONOMICO DO SUICÍDIO NO BRASIL E NO RIO GRANDE DO SUL NO SÉCULO XXI

FRAGA, Wagner Santana de. Determinantes socioeconômico do suicídio no Brasil e no Rio Grande do Sul no século xxi. 2014. 72 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2014.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CONSENSUS STATEMENT ON YOUTH SUICIDE BY FIREARMS

FORCE, Firearms Task. Consensus statement on youth suicide by firearms. Archives of suicide research, [S.I], v. 4, n. 1, p. 89-94, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CIRURGIA BARIÁTRICA E RISCO DE SUICÍDIO

FLORESI, Ana Clara Franco et al. Cirurgia bariátrica e risco de suicídio. Rev Psiq Clín, [S.I], v. 36, n. 2, p. 83-4, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EFFECTIVENESS OF BRIEF INTERVENTION AND CONTACT FOR SUICIDE ATTEMPTERS: A RANDOMIZED CONTROLLED TRIAL IN FIVE COUNTRIES

FLEISCHMANN, Alexandra, et al. Effectiveness of brief intervention and contact for suicide attempters: a randomized controlled trial in five countries. Bulletin of the World Health Organization, [S.I], v. 86, n. 9, p. 703-709, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MOTIVES TO COMMIT SUICIDE: STATISTICAL VERSUS MASS-MEDIATED REALITY

FISHMAN, Gideon ; WEIMANN, Gabriel. Motives to commit suicide: statistical versus mass-mediated reality. Archives of Suicide Research. [S.I] v. 3, p. 199–212, 1997.MOTIVES TO COMMIT SUICIDE: STATISTICAL VERSUS MASS-MEDIATED REALITY

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO EM JOVENS: ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS DOS CASOS ATENDIDOS NO SETOR DE URGÊNCIAS PSIQUIÁTRICAS DE UM HOSPITAL GERAL UNIVERSITÁRIO ENTRE 1988 E 2004

FICHER, Ana Maria Fortaleza Teixeira; VANSAN, Gerson Antonio. Tentativas de suicídio em jovens: aspectos epidemiológicos dos casos atendidos no setor de urgências psiquiátricas de um hospital geral universitário entre 1988 e 2004. Estud. psicol.,Campinas, v. 25, n. 3, p. 361-374, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO E PSICOSSOCIAL DE TENTATIVAS DE SUICÍDIO E DE SUICÍDIOS EM PALMAS (TO) NO PERÍODO DE 2000 A 2009.

FERREIRA, Neci Sena. Perfil epidemiológico e psicossocial de tentativas de suicídio e de suicídios em Palmas (TO) no período de 2000 a 2009. 2013. 193 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) – Universidade de Brasília; Faculdade de Ciências da Saúde, Brasília, 2013

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE: GUIA DE ESTUDOS

FERREIRA, Clara Fontes. et al. Organização Mundial da Saúde: Guia de Estudos, [S.I]: SINUS, 2014.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SOCIETAL INTEGRATION AND AGE-STANDARDIZED SUICIDE RATES IN 21 DEVELOPED COUNTRIES, 1955–1989

FERNQUIST, Robert M.; CUTRIGHT, Phillips. Societal integration and age-standardized suicide rates in 21 developed countries, 1955–1989. Social Science Research, [S.I], v. 27, n. 2, p. 109-127, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO NA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA – A AÇÃO DE COMANDO NA PREVENÇÃO, CONTENÇÃO E REINTEGRAÇÃO

FERNANDES,Wilson Rafael Rodrigues.O suicídio na guarda nacional republicana – a acção de comando na prevenção, contenção e reintegração. Curso de Cavalaria da Guarda Nacional Republicana, Lisboa:Academia Militar, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública, Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE RATES IN THE STATE OF RIO GRANDE DO SUL, BRAZIL: ASSOCIATION WITH SOCIOECONOMIC, CULTURAL, AND AGRICULTURAL FACTORS

FARIA, Neice Müller Xavier et al. Suicide rates in the State of Rio Grande do Sul, Brazil: association with socioeconomic, cultural, and agricultural factors.Cadernos de saude publica, Rio de Janeiro, v. 22, n. 12, p. 2611-2621, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DEPRESSÃO E COMPORTAMENTO SUICIDA EM PACIENTES ONCOLÓGICOS HOSPITALIZADOS: PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS

FANGER, Priscila Caroline et al. Depressão e comportamento suicida em pacientes oncológicos hospitalizados: prevalência e fatores associados.Rev. Assoc. Med. Bras., [S.I], v. 56, n. 2, p. 173-178, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENTING SUICIDE BY INFLUENCING MASS-MEDIA REPORTING. THE VIENNESE EXPERIENCE 1980–1996

ETZERSDORFER, Elmar; SONNECK, Gernot. Preventing suicide by influencing mass-media reporting. The Viennese experience 1980–1996. Archives of Suicide Research, [V.I], v. 4, n. 1, p. 67-74, 1998.z

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

VIOLENCIA DOMÉSTICA Y RIESGO DE CONDUCTA SUICIDA EN UNIVERSITARIOS ADOLESCENTES

ESPINOZA-GÓMEZ, Francisco, et al. Violencia doméstica y riesgo de conducta suicida en universitarios adolescentes. Salud Pública de México, México, v. 52, n. 3, p. 213-219, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RIESGO Y LETALIDAD SUICIDA EN PACIENTES CON TRASTORNO LÍMITE DE LA PERSONALIDAD (TLP), EN UN HOSPITAL DE PSIQUIATRÍA

ESPINOSA, Javier Jaime; BLUM GRYNBERG, Bertha; ROMERO MENDOZA, Martha Patricia. Riesgo y letalidad suicida en pacientes con trastorno límite de la personalidad (TLP), en un hospital de psiquiatría. Salud mental, [S.I], v. 32, n. 4, p. 317-325, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

O SUICÍDIO TIKÚNA NO ALTO SOLIMÕES: UMA EXPRESSÃO DE CONFLITOS

ERTHAL, Regina M de Carvalho. O suicídio Tikúna no Alto Solimões: uma expressão de conflitos. Cad. saúde pública, Rio de Janeiro, v. 17, n. 2, p. 299-311, 2001.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

A RELAÇÃO ENTRE O TRABALHO, A SAÚDE E AS CONDIÇÕES DE VIDA: NEGATIVIDADE E POSITIVIDADE NO TRABALHO DAS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM DE UM HOSPITAL ESCOLA

ELIAS, Marisa Aparecida; NAVARRO, Vera Lúcia. A relação entre o trabalho, a saúde e as condições de vida: negatividade e positividade no trabalho das profissionais de enfermagem de um hospital escola. Rev Latino-am Enfermagem. Ribeirão Preto, v. 14, n. 4, p.517-25, 2006.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

CULTURAL CORRELATES OF YOUTH SUICIDE

ECKERSLEY, Richard; DEAR, Keith. Cultural correlates of youth suicide. Social Science & Medicine, [S.I], v. 55, n. 11, p. 1891-1904, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

WHAT WILL 1984 BE LIKE? SOCIOECONOMIC IMPLICATIONS OF RECENT TWISTS IN AGE STRUCTURE

EASTERLIN, Richard A. What will 1984 be like? Socioeconomic implications of recent twists in age structure. Demography, [S.I], v. 15, n. 4, p. 397-432, 1978.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

IDEAÇÃO E TENTATIVA DE SUICÍDIO ENTRE ESTUDANTES DE MEDICINA EM UMA CAPITAL DO NORDESTE DO BRASIL

DUTRA, Elza Maria Do Socorro, Ideação e tentativa de suicídio entre estudantes de Medicina em uma capital do Nordeste do Brasil. Disponível em: http://www.aacademica.org/000-031/194. p1-4,2010

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

HOMICIDIO SEGUIDO DE SUICIDIO

DUBUGRAS SÁ, Samantha; GUEVARA WERLANG, Blanca Susana. Homicídio seguido de suicídio. Universitas Psychologica, [S.I], v. 6, n. 2, p. 231-244, 2007.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

SUICIDE ATTEMPTS AND SUBSTANCE USE IN AN EMERGENCY ROOM SAMPLE

DIEHL, Alessandra; LARANJEIRA, Ronaldo. Suicide attempts and substance use in an emergency room sample. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, [S.I], v. 58, n. 2, p. 86-91, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO Y PRODUCTO INTERNO BRUTO (PIB) EN CHILE: HACIA UN MODELO PREDICTIVO

DÍAZ, E.; BARRÍA, Rodolfo. Suicidio y producto interno bruto (PIB) en Chile: hacia un modelo predictivo. Revista Latinoamericana de Pisicologia, Chile, v. 2, p. 343-359, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SOURCES AND ASSESSEMENT OF OCCUPATIONAL ESTRESS THE POLICE

DESCHAMPS, F. et al. Sources and Assessment of Occupational Stress in the Police. Journal of. Occupational Health, Reims, v. 45, p. 358–364, 2003.

Categorias: Suicídio entre profissionais de Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

AMOR NÃO CORRESPONDIDO DISCURSOS DE ADOLESCENTES QUE TENTARAM SUICÍDIO

DE SOUZA VIEIRA, Luiza Jane Eyre et al. “Amor não correspondido” discursos de adolescentes que tentaram suicídio. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14,n. 5, p. 1825-1834, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PHYSICAL ILLNESS AND PARASUICIDE: EVIDENCE FROM THE EUROPEAN PARASUICIDE STUDY INTERVIEW SCHEDULE

DE LEO, Diego et al. Physical illness and parasuicide: evidence from the European Parasuicide Study Interview Schedule (EPSIS/WHO-EURO). The International Journal of Psychiatry in Medicine, [S.I.],v. 29, n. 2, p. 149-163, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RISK FACTORS FOR SUICIDE IN YOUNG PEOPLE SUFFERING FROM SCHIZOPHRENIA: A LONG-TERM FOLLOW-UP STUDY

RISK FACTORS FOR SUICIDE IN YOUNG PEOPLE SUFFERING FROM SCHIZOPHRENIA: A LONG-TERM FOLLOW-UP STUDY
DE HERT, Marc; MCKENZIE, Kwame; PEUSKENS, Jozef. Risk factors for suicide in young people suffering from schizophrenia: a long-term follow-up study. Schizophrenia research, [S.I.,v. 47, n. 2, p. 127-134, 2001.

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

VIOLÊNCIA: UM PROBLEMA GLOBAL DE SAÚDE PÚBLICA

VIOLÊNCIA: UM PROBLEMA GLOBAL DE SAÚDE PÚBLICA
DAHLBERG, L. L; KRUG, E. G. Violência: um problema global de saúde pública. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, Sup., p. 1163-1178, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública

Ler Artigo

CARTOGRAFIA DO SUICÍDIO NO BRASIL NO PERÍODO 1979-2011

CARTOGRAFIA DO SUICÍDIO NO BRASIL NO PERÍODO 1979-2011
DA MOTA, Adeir Archanjo. Cartografia do suicídio no brasil no período 1979-2011. Hygeia: Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, Porto Alegre, v. 11, n. 20, p. 85, 2015.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

TESTE DE RORSCHACH: RESPOSTAS DIFERENCIALES ENTRE PACIENTES CON Y SIN INTENTO SUICIDA

TESTE DE RORSCHACH: RESPOSTAS DIFERENCIALES ENTRE PACIENTES CON Y SIN INTENTO SUICIDA
CUADRA PERALTA, Alejandro Adrian et al. Teste de Rorschach: respostas diferenciales entre pacientes con y sin intento suicida. Fractal: Revista de Psicologia, ]S.I], v. 21, n. 3, p. 475-486, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

AS MÚLTIPLAS MORTES DE SI:SUICÍDIO DE IDOSOS NO SUL DO BRASIL

CRUZ, Claudia Weyne. As múltiplas mortes de si:suicídio de idosos no sul do Brasil. 2014. 138f. Tese (Doutorado em Ciências Socias)-Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Ciências Socais, São Leopoldo, RS, 2014.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

INCREASING RATES OF SUICIDE IN YOUNG MEN IN ENGLAND DURING THE 1980S: THE IMPORTANCE OF SOCIAL CONTEXT

INCREASING RATES OF SUICIDE IN YOUNG MEN IN ENGLAND DURING THE 1980S: THE IMPORTANCE OF SOCIAL CONTEXT
CRAWFORD, M. J.; PRINCE, M. Increasing rates of suicide in young men in England during the 1980s: the importance of social context. Social science & medicine, [S.I], v. 49, n. 10, p. 1419-1423, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ESTRESSE: DIAGNÓSTICO DOS POLICIAIS MILITARES EM UMA CIDADE BRASILEIRA

ESTRESSE: DIAGNÓSTICO DOS POLICIAIS MILITARES EM UMA CIDADE BRASILEIRA
COSTA, Marcos. et al. Estresse: diagnóstico dos policiais militares em uma cidade brasileira. Rev Panam Salud Publica. [S.I], v. 21, n. 4, p. 217–22, 2007.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

SUICÍDIO: A PERCEPÇÃO FAMILIAR SOBRE AQUELE QUE DEU FIM À PRÓPRIA VIDA

SUICÍDIO: A PERCEPÇÃO FAMILIAR SOBRE AQUELE QUE DEU FIM À PRÓPRIA VIDA
COSTA, Crístofer Batista da; SPIES, Pedro Canisio. Suicídio: a percepção familiar sobre aquele que deu fim à própria vida. Revista de Piscologia em Foco, v. 6, n. 8. 2014.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CAUSAS Y FACTORES ASOCIADOS CON EL INTENTO DE SUICIDIO EN ADOLESCENTES EN LA PROVINCIA SANCTI SPÍRITUS

CAUSAS Y FACTORES ASOCIADOS CON EL INTENTO DE SUICIDIO EN ADOLESCENTES EN LA PROVINCIA SANCTI SPÍRITUS
Revista Cubana de Higiene y Epidemiología, [S.I], v. 48, n. 1, p. 15-23, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO NA ENVELHESCÊNCIA

SUICÍDIO NA ENVELHESCÊNCIA
CÔRTE, Beltrina et al. Suicídio na envelhescência. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 636-649, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE IN ANTI-PSYCHIATRY AND IN PSYCHOANALYSIS

SUICIDE IN ANTI-PSYCHIATRY AND IN PSYCHOANALYSIS
CORREA, Cristia Rosineiri Gonçalves Lopes. Suicide in anti-psychiatry and in psychoanalysis. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 392-404, 2008.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: FUNCIONÁRIOS COM QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO SÃO MAIS FELIZES E PRODUZEM MAIS

CONTE, Antonio Lázaro. Qualidade de vida no trabalho qualidade de vida no trabalho: funcionários com qualidade de vida no trabalho são mais felizes e produzem mais. FAE BUSINESS, [S.I], n.7, p. 32-34, 2003.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

RISCOS PERCEBIDOS E VIVIDOS POR POLICIAIS CIVIS ESTUDO COMPARATIVO NOS MUNICÍPIOS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES E DO RIO DE JANEIRO

Tese (Doutorado em Saúde Pública)-Escola Nacional de Saúde Pública, ENSP/FIOCRUZ, Rio de Janeiro, 2006.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

THE INFLUENCE OF THE COMORBIDITY BETWEEN DEPRESSION AND ALCOHOL USE DISORDER ON SUICIDAL BEHAVIORS IN THE SÃO PAULO EPIDEMIOLOGIC CATCHMENT AREA STUDY, BRAZIL

THE INFLUENCE OF THE COMORBIDITY BETWEEN DEPRESSION AND ALCOHOL USE DISORDER ON SUICIDAL BEHAVIORS IN THE SÃO PAULO EPIDEMIOLOGIC CATCHMENT AREA STUDY, BRAZIL
COÊLHO, Bruno Mendonça, et al. The influence of the comorbidity between depression and alcohol use disorder on suicidal behaviors in the São Paulo Epidemiologic Catchment Area Study, Brazil. Revista brasileira de psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 32, n. 4, p. 396-408, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE NOTES FROM MEXICO AND THE UNITED STATES: A THEMATIC ANALYSIS

SUICIDE NOTES FROM MEXICO AND THE UNITED STATES: A THEMATIC ANALYSIS
CHÁVEZ-HERNÁNDEZ, Ana-María et al. Suicide notes from Mexico and the United States: a thematic analysis. Salud Pública de México, México, v. 51, n. 4, p. 314-320, 2009.

Categorias: Suicídio na População

QUAIS SÃO OS RECENTES ACHADOS CLÍNICOS SOBRE A ASSOCIAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E SUICÍDIO?

CHACHAMOVICH, Eduardo, et al. QUAIS SÃO OS RECENTES ACHADOS CLÍNICOS SOBRE A ASSOCIAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E SUICÍDIO? WHAT ARE THE RECENT CLINICAL FINDINGS REGARDING THE ASSOCIATION BETWEEN DEPRESSION AND SUICIDE?. Rev Bras Psiquiatr, Rio de Janeiro, v. 31, Supl I, p.18-25, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MEN AND SUICIDE. PART 1: RISK FACTORS

MEN AND SUICIDE. PART 1: RISK FACTORS
CENTER for suicide prevention. Men and Suicide. Part 1: Risk Factors. Canada, 2007.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO ENTRE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO ENTRE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS
CAVESTRO, Julio de Melo; ROCHA, Fabio Lopes. Prevalência de depressão entre estudantes universitários. J Bras Psiquiatr, [S.I], v. 55, n. 4, p. 264-267, 2006.

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

IDEACIONES Y COMPORTAMIENTOS SUICIDAS EN ADOLESCENTES: UNA URGENCIA SOCIAL

IDEACIONES Y COMPORTAMIENTOS SUICIDAS EN ADOLESCENTES: UNA URGENCIA SOCIAL
CASULLO, María Martina. Ideaciones y comportamientos suicidas en adolescentes: una urgencia social. Anuario de investigaciones, [S.I], v. 12, p. 173-182, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIOS EN MAYORES DE 65 AÑOS EN LA PROVINCIA DE BADAJOZ: ANÁLISIS MÉDICO LEGAL

SUICIDIOS EN MAYORES DE 65 AÑOS EN LA PROVINCIA DE BADAJOZ: ANÁLISIS MÉDICO LEGAL
CASADO BLANCO, M. Suicidios en mayores de 65 años en la provincia de Badajoz: análisis médico legal. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 28, p. 25-32, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO: FUNCIONÁRIOS COM QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO SÃO MAIS FELIZES E PRODUZEM MAIS FELIZES E PRODUZEM MAIS

CONTE, Antonio Lázaro. Qualidade de vida no trabalho qualidade de vida no trabalho: funcionários com qualidade de vida no trabalho são mais felizes e produzem mais. FAE BUSINESS, [S.I], n.7, p. 32-34, 2003.

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

RISCOS PERCEBIDOS E VIVIDOS POR POLICIAIS CIVIS ESTUDO COMPARATIVO NOS MUNICÍPIOS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES E DO RIO DE JANEIRO

RISCOS PERCEBIDOS E VIVIDOS POR POLICIAIS CIVIS ESTUDO COMPARATIVO NOS MUNICÍPIOS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES E DO RIO DE JANEIRO
CONSTANTINO, Patricia. Riscos Percebidos e Vividos por Policiais Civis Estudo Comparativo nos Municípios de Campos dos Goytacazes e do Rio de Janeiro. 2006. 181 f. Tese (Doutorado em Saúde Pública)-Escola Nacional de Saúde Pública, ENSP/FIOCRUZ, Rio de Janeiro, 2006.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

FATORES DE ESTRESSE OCUPACIONAL E COPING ENTRE POLICIAIS CIVIS

COLETA, Alessandra dos Santos Menezes Dela. Fatores de estresse ocupacional e coping entre policiais civis. Psico-USF, Uberlândia, v. 13, n. 1, p. 59-68, 2008.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

THE INFLUENCE OF THE COMORBIDITY BETWEEN DEPRESSION AND ALCOHOL USE DISORDER ON SUICIDAL BEHAVIORS IN THE SÃO PAULO EPIDEMIOLOGIC CATCHMENT AREA STUDY, BRAZIL

THE INFLUENCE OF THE COMORBIDITY BETWEEN DEPRESSION AND ALCOHOL USE DISORDER ON SUICIDAL BEHAVIORS IN THE SÃO PAULO EPIDEMIOLOGIC CATCHMENT AREA STUDY, BRAZIL
Revista brasileira de psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 32, n. 4, p. 396-408, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASON OF BIRTH ASSOCIATED WITH THE AGE AND METHOD OF SUICIDE

SEASON OF BIRTH ASSOCIATED WITH THE AGE AND METHOD OF SUICIDE
CHOTAI, Jayanti; RENBERG, Ellinor Salander; JACOBSSON, Lars. Season of birth associated with the age and method of suicide. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 4, p. 245-254, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

THE SPRING PEAK IN SUICIDES: A CROSS-NATIONAL ANALYSIS

THE SPRING PEAK IN SUICIDES: A CROSS-NATIONAL ANALYSIS
CHEW, Kenneth SY; MCCLEARY, Richard. The spring peak in suicides: a cross-national analysis. Social science & medicine, [S.I], v. 40, n. 2, p. 223-230, 1995.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MODELO PSICOEDUCATIVO PARA LA PREVENCIÓN DEL SUICIDIO EN JÓVENES

CHÁVEZ-HERNÁNDEZ, Ana María; MEDINA NÚÑEZ, Miriam Carolina; MACÍAS-GARCÍA, Luis Fernando. Modelo psicoeducativo para la prevención del suicidio en jóvenes. Salud mental, [S.I], v. 31, n. 3, p. 197-203, 2008.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

QUAIS SÃO OS RECENTES ACHADOS CLÍNICOS SOBRE A ASSOCIAÇÃO ENTRE DEPRESSÃO E SUICÍDIO?

CHACHAMOVICH, Eduardo, et al. Quais são os recentes achados clínicos sobre a associação entre depressão e suicídio? What are the recent clinical findings regarding the association between depression and suicide?. Rev Bras Psiquiatr, Rio de Janeiro, v. 31, Supl I, p.18-25, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

TENDENCIAS DEL SUICIDIO EN COLOMBIA, 1985-2002

CENDALES, Ricardo et al. Tendencias del suicidio en Colombia, 1985-2002.Rev Panam Salud Pública, [S.I], v. 22, n. 4, p. 231-238, 2007.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO E TRABALHO EM METRÓPOLES BRASILEIRAS: UM ESTUDO ECOLÓGICO

CECCON, Roger Flores et al. Suicídio e trabalho em metrópoles rasileiras: um estudo ecológico. Ciência & Saúde Coletiva, 19(7), 2225-2234, 2014.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO ENTRE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

CAVESTRO, Julio de Melo; ROCHA, Fabio Lopes. Prevalência de depressão entre estudantes universitários. J Bras Psiquiatr, [S.I], v. 55, n. 4, p. 264-267, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

IDEACIONES Y COMPORTAMIENTOS SUICIDAS EN ADOLESCENTES: UNA URGENCIA SOCIAL

CASULLO, María Martina. Ideaciones y comportamientos suicidas en adolescentes: una urgencia social. Anuario de investigaciones, [S.I], v. 12, p. 173-182, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

HUMAN SELF-DESTRUCTION

CASSORLA, R. M. S.; SMEKE, E. L. M. Human Self-Destruction. Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, v. 10, supl. 1, p. 61-73, 1994.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIOS EN MAYORES DE 65 AÑOS EN LA PROVINCIA DE BADAJOZ: ANÁLISIS MÉDICO LEGAL

CASADO BLANCO, M. Suicidios en mayores de 65 años en la provincia de Badajoz: análisis médico legal. Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 28, p. 25-32, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

GENDER, GUN CONTROL, SUICIDE AND HOMICIDE IN CANADA

CARRINGTON, Peter J. Gender, gun control, suicide and homicide in Canada. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 1, p. 71-75, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

MEDIA AND MASS HOMICIDES

CANTOR, Christopher H. et al. Media and mass homicides. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 4, p. 283-290, 1999.

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

SUICIDE TIME TRENDS IN BRAZIL FROM 1980 TO 2005

BRZOZOWSKI, Fabíola Stolf et al. Suicide time trends in Brazil from 1980 to 2005. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 26, n. 7, p. 1293-1302, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

IMPACTO DA VIOLÊNCIA NA SAÚDE DOS BRASILEIROS

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Impacto da violência na saúde dos brasileiros. Brasília : Ministério da Saúde, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PSICOPATOLOGIA: SUICÍDIO

BRANDÃO, Alice Kolachinski , Psicopatologia: suicíoio. Sinergia, São Paulo, v. 3, n. 2, p. 127-132, 2002.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA: FATORES DE RISCO, DEPRESSÃO E GÊNERO

SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA: FATORES DE RISCO, DEPRESSÃO E GÊNERO
BRAGA, Luiza de Lima; DELL’AGLIO, Débora Dalbosco. Suicídio na adolescência: fatores de risco, depressão e gênero. Contextos Clínicos, Porto Alegre, v. 6, n. 1, p. 2-14, 2013.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AND OCCUPATION: REVIEW OF THE LITERATURE

SUICIDE AND OCCUPATION: REVIEW OF THE LITERATURE
BOXER, Peter A; BURNETT, Carol; SWANSON, Naomi. Suicide and occupation: review of the literature. JOEM. Rockville Pike, v. 37, n. 4, p. 442-452, 1995.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA

BOUCHARD, Ghislaine.Suicídio na adolescência. [S.I.: s.n.], 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DIFERENÇAS MACROREGIONAIS DA MORTALIDADE POR SUICÍDIO: ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA

DIFERENÇAS MACROREGIONAIS DA MORTALIDADE POR SUICÍDIO: ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA
BOTTI, Nadja Cristiane Lappann; MESQUITA, Isabela Rodrigues; BENJAMIM, Maria Luísa Nogueira. Diferenças macrorregionais da mortalidade por suicídio: análise epidemiológica. Rev enferm UFPE., Recife, v, 8, n. 10, p. 3420-8, 2014

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL BEHAVIOR IN THE COMMUNITY: PREVALENCE AND FACTORS ASSOCIATED WITH SUICIDAL IDEATION

SUICIDAL BEHAVIOR IN THE COMMUNITY: PREVALENCE AND FACTORS ASSOCIATED WITH SUICIDAL IDEATION
BOTEGA, Neury José et al. Suicidal behavior in the community: prevalence and factors associated with suicidal ideation. Revista brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 27, n. 1, p. 45-53, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALÊNCIAS DE IDEAÇÃO, PLANO E TENTATIVA DE SUICÍDIO: UM INQUÉRITO DE BASE POPULACIONAL EM CAMPINAS, SÃO PAULO, BRASIL

PREVALÊNCIAS DE IDEAÇÃO, PLANO E TENTATIVA DE SUICÍDIO: UM INQUÉRITO DE BASE POPULACIONAL EM CAMPINAS, SÃO PAULO, BRASIL
BOTEGA, Neury José et al. Prevalência de ideação, plano e tentativa de suicídio: Um inquérito de base populacional em Campinas, São Paulo, Brasil. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 12, p. 2632-2638, 2009.

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

NURSING PERSONNEL ATTITUDES TOWARDS SUICIDE: THE DEVELOPMENT OF A MEASURE SCALE

BOTEGA, Neury José et al. Nursing personnel attitudes towards suicide: the development of a measure scale. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 27, n. 4, p. 315-318, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ESTUDO DE IDEAÇÃO SUICIDA EM ADOLESCENTES DE 15 A 19 ANOS

BORGES, Vivian Roxo; WERLANG, Blanca Susana Guevara. Estudo de ideação suicida em adolescentes de 15 a 19 anos. Estudos de Psicologia, [S.I], v. 11, n. 3, p. 345-351, 2006.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

FATORES DE RISCO OU PROTEÇÃO PARA A PRESENÇA DE IDEAÇÃO SUICIDA NA ADOLESCÊNCIA

BORGES, Roxo; WERLANG, Vivian Guevara; BLANCA, Susana; FENSTERSEIFER, Liza. Fatores de Risco ou Proteção para a Prevenção de Ideação Suicida na Adolescência. Interamerican Journal of Psychology. Porto Alegre. v. 39, n. 2, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDIO Y CONDUCTAS SUICIDAS EN MÉXICO: RETROSPECTIVA Y SITUACIÓN ACTUAL

BORGES, Guilherme, et al. Suicidio y conductas suicidas en México: retrospectiva y situación actual. Salud pública de México, México, v. 52, n. 4, p. 292-304, 2010.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DISTRIBUCIÓN Y DETERMINANTES SOCIODEMOGRÁFICOS DE LA CONDUCTA SUICIDA EN MÉXICO

BORGES, Guilherme et al. Distribución y determinantes sociodemográficos de la conducta suicida en México. Salud mental, [S.I], v. 32, n. 5, p. 413-425, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

IMITATIVE SUICIDES: A NATIONAL STUDY OF THE EFFECTS OF TELEVISION NEWS STORIES

BOLLEN, Kenneth A.; PHILLIPS, David P. Imitative suicides: A national study of the effects of television news stories. American sociological review, [S.I], v. 47, n. 6, p. 802-809, 1982.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LIFETIME SUICIDE RISK IN MAJOR DEPRESSION: SEX AND AGE DETERMINANTS

LIFETIME SUICIDE RISK IN MAJOR DEPRESSION: SEX AND AGE DETERMINANTS
BLAIR-WEST, George W. et al. Lifetime suicide risk in major depression: sex and age determinants. Journal of affective disorders, [S.I], v. 55, n. 2, p. 171-178, 1999.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

HOMICÍDIO SEGUIDO DE SUICÍDIO: RELATO DE CASO

BINS, Helena Dias de Castro; DÖLER, Cíntia; TEITELBAUM, Paulo Oscar. Homicídio seguido de suicídio: relato de caso. Rev. psiquiatr. Rio Gd. Sul, Porto Alegre, v.31, n. 2, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PUBLIC HAZARDS OR PRIVATE TRAGEDIES? AN EXPLORATORY STUDY OF THE EFFECT OF CORONERS’ PROCEDURES ON THOSE BEREAVED BY SUICIDE

BIDDLE, Lucy. Public hazards or private tragedies? An exploratory study of the effect of coroners’ procedures on those bereaved by suicide. Social science & medicine, Bristol, v. 56, n. 5, p. 1033-1045, 2003.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PERFIL DAS TENTATIVAS DE SUICÍDIO POR SOBREDOSE INTENCIONAL DE MEDICAMENTOS ATENDIDAS POR UM CENTRO DE CONTROLE DE INTOXICAÇÕES DO PARANÁ, BRASIL

BERNARDES, Sara Santos; TURINI, Conceição Aparecida; MATSUO, Tiemi. Perfil das tentativas de suicídio por sobredose intencional de medicamentos atendidas por um Centro de Controle de Intoxicações do Paraná, Brasil. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 26, n. 7, p. 1366-72, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INTENTO DE SUICIDIO EN NIÑOS Y ADOLESCENTES: DEPRESIÓN Y TRASTORNO DE CONDUCTA DISOCIAL COMO PATOLOGÍAS MÁS FRECUENTES

BELLA, Mónica E; FERNÁNDEZ, Ruth A; WILLINGTON, José M. Intento de suicidio en niños y adolescentes: depresión y trastorno de conducta disocial como patologías más frecuentes. Arch. argent. pediatr., Buenos Aires, v. 108, n. 2, 2010

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INCIDENCIA DEL SUICIDIO EN LAS PRISIONES DE CATALUÑA: ANÁLISIS DESCRIPTIVO Y COMPARADO

BEDOYA, A. et al. Incidencia del suicidio en las prisiones de Cataluña: análisis descriptivo y comparado. Revista Española de Sanidad Penitenciaria, [S.I], v. 11, n. 2, p. 37-41, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RISK FACTORS FOR SUICIDE AND ATTEMPTED SUICIDE AMONG YOUNG PEOPLE

BEAUTRAIS, Annette L. Risk factors for suicide and attempted su

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ATTEMPTED SUICIDE AMONG SWEDISH-BORN PEOPLE AND FOREIGN-BORN MIGRANTS

BAYARD-BURFIELD, Louise et al. ATTEMPTED SUICIDE AMONG SWEDISH-BORN PEOPLE AND FOREIGN-BORN MIGRANTS. Archives of Suicide Research, [S.I], v. 5, n. 1, p. 43-55, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

LATE ADULTHOOD SUICIDE: A LIFE-SPAN ANALYSIS OF SUICIDE

BAUER, Martin N. et al. Late adulthood suicide: A life-span analysis of suicide noteErro! A referência de hiperlink não é válida.s. Archives of suicide research, [S.I], v. 3, n. 2, p. 91-108, 1997.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

RÉPLICA 1 – SUICÍDIO E TRABALHO: PROBLEMAS CONCEITUAIS E METODOLÓGICOS QUE CERCAM A INVESTIGAÇÃO DESSA RELAÇÃO

RÉPLICA 1 - SUICÍDIO E TRABALHO: PROBLEMAS CONCEITUAIS E METODOLÓGICOS QUE CERCAM A INVESTIGAÇÃO DESSA RELAÇÃO
BASTOS, Antonio Virgílio Bittencourt; GONDIM, Sônia Maria Guedes. Réplica 1-suicídio e trabalho: problemas conceituais e metodológicos que cercam a investigação dessa relação. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 14, n. 5, p. 939-948, 2010.

Categorias:
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 416

Warning: implode(): Invalid arguments passed in /home/ippesbrasil/www/wp-content/themes/ippes-default/functions.php on line 419

Ler Artigo

RELAÇÕES ENTRE QUALIDADE DE VIDA E IDEAÇÃO SUICIDA EM ADOLESCENTES

BARROS, Luciana Paes de. Relações entre qualidade de vida e ideação suicida em adolescentes. 2013. 133 f. Tese (Doutorado em Psiquiatria) – Universidade Federal de Pernambuco, Pernambuco, 2013.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONSECUENCIA LÓGICA, MODALIDAD Y GENERALIDAD IRRESTRICTA

BARRIO, E. A. “Consecuencia lógica, modalidad y generalidad irrestricta”, Manuscrito. Revista Internacional de Filosofía, Campinas, v. 20, n. 1, p. 35-63, 2007.

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

SUICIDALITY AND TIREDNESS OF LIFE AMONG VERY OLD PERSONS: RESULTS FROM THE BERLIN AGING STUDY (BASE)

BARNOW, Sven; LINDEN, Michael. Suicidality and tiredness of life among very old persons: Results from the Berlin Aging Study (BASE). Archives of Suicide Research, [S.I], v. 3, n. 3, p. 171-182, 1997.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE: EPIDEMIOLOGICAL ASPECTS IN LIMEIRA AND SURROUNDINGS FROM 1998 TO 2002

BANDO, Daniel Hideki. Sazonalidade do suicídio na cidade de São Paulo, Brasil, 1979-2003. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 31, n. 2, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SAZONALIDADE DO SUICÍDIO NA CIDADE DE SÃO PAULO BRASIL

BANDO, Daniel Hideki. Sazonalidade do suicídio na cidade de São Paulo, Brasil, 1979-2003. Revista Brasileira de Psiquiatria, [S.I], v. 31, n. 2, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA: PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO, ANSIEDADE E IDEAÇÃO SUICIDA

AZS, Gisjienev; OSÉB, Neury,J. Gravidez na adolescência: prevalência de depressão, ansiedade e ideação suicida. Rev Assoc Med Bras., Campinas, v. 48, n. 3, p. 245-9, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

CONSUMADO EN EL PARTIDO JUDICIAL DE SAN VICENTE DEL RASPEIG (ALICANTE)

AYALA ESPINOSA, G.; MARTÍ LLORET, J. B.; RODES LLORET, F. Incidencia del suicidio consumado en el partido judicial de San Vicente del Raspeig (Alicante). Cuadernos de Medicina Forense, [S.I], n. 40, p. 119-129, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PERFIL DO ADOLESCENTE QUE TENTA SUICÍDIO EM UMA UNIDADE DE EMERGÊNCIA

AVANCI, Rita de Cássia; PEDRÃO, Luiz Jorge; DA COSTA JÚNIOR, Moacyr Lobo. Perfil do adolescente que tenta suicídio em uma unidade de emergência. Revista Brasileira de Enfermagem, [S.I], v. 58, n. 5, p. 535-539, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PARA SUICIDE: AN APPROACH TO THE PROFILE OF VICTIMS

ARUN, M. et al. Para suicide: an approach to the profile of victims. Journal of Indian Academy of Forensic Medicine. [S.I], v. 26, n. 2, p. 58-61, 2004.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

CONDUCTA SUICIDA: FACTORES DE RIESGO ASOCIADOS

Revista Cubana de Medicina General Integral, [S.I], v. 14, n. 2, p. 122-126, 1998.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

IDEAÇÃO SUICIDA NA ADOLESCÊNCIA: UM ENFOQUE PSICOSSOCIOLÓGICO NO CONTEXTO DO ENSINO MÉDIO

NO CARAÚJO, Luciene da Costa; VIEIRA, Kay Francis Leal; COUTINHO, Maria da Penha de Lima. Ideação suicida na adolescência: um enfoque psicossociológico no contexto do ensino médio. Psico USF, [S.I], v. 15, n. 1, p. 47-57, 2010.ONTEXTO DO ENSINO MÉDIO

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MORTALITY OF PATIENTS WITH MOOD DISORDERS: FOLLOW-UP OVER 34–38 YEARS

ANGST, Felix et al. Mortality of patients with mood disorders: follow-up over 34–38 years. Journal of affective disorders, [S.I], v. 68, n. 2, p. 167-181, 2002.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SEASONAL AND CIRCADIAN RHYTHMS IN SUICIDE IN CAGLIARI, ITALY

ALTAMURA, Carlo et al. Seasonal and circadian rhythms in suicide in Cagliari, Italy. Journal of affective disorders, [S.I], v. 53, n. 1, p. 77-85, 1999.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

INVESTIGAÇÃO DE RISCO PARA TENTATIVA DE SUICÍDIO EM HOSPITAL DE JOÃO PESSOA-PB

ALMEIDA, Sandra Aparecida. et al. Investigação de risco para tentativa de suicídio em hospital de João Pessoa-PB. Revista Eletrônica de Enfermagem, [S.I], v. 11, n. 2, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

RELIGIÃO E COMPORTAMENTO SUICIDA

ALMEIDA , Alexander Moreira de; LOTUFO NETO, Francisco. Religião e Comportamento Suicida. In: MELEIRO, A. M. A. S; TENG, C. T; WANG, Y. P. (Eds.). Suicídio: Estudos Fundamentais. São Paulo, Segmento Farma, 2004. p. 53-60.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

METHODS OF SUICIDE: INTERNATIONAL SUICIDE PATTERNS DERIVED FROM THE WHO MORTALITY DATABASE

AJDACIC-GROSS, Vladeta et al. Methods of suicide: international suicide patterns

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

ARE SEASONALITIES IN SUICIDE DEPENDENT ON SUICIDE METHODS? A REAPPRAISAL

AJDACIC-GROSS, Vladeta et al. Are seasonalities in suicide dependent on suicide methods? A reappraisal. Social science & medicine, [S.I], v. 57, n. 7, p. 1173-1181,

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

AGE STANDARDIZATION OF RATES: A NEW WHO STANDARD

AHMAD, Omar B, et al. Age standardization of rates: a new who standard. GPE Discussion Paper , [S.I], n .3, séries. World Health Organization 2001

Categorias: Mortes Violentas

Ler Artigo

CONDIÇÕES DO TRABALHO” ENTRE MÉDICOS E ESTUDANTES DE MEDICINA

AGARIE, Carlos Alberto; LOPES, Paulo Sérgio; CORDÁS, Táki Athanássios. Suicídio, "doença das condições do trabalho" entre médicos e estudantes de medicina. Arquivos Médicos do ABC, São Paulo, v. 6, n. 1-2, 1983.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

DRUGS AND SUICIDE ATTEMPT IN BENIN CITY (NIGERIA) FROM 1991 TO 2000

AGADA, Luke Ome; EFERAKEYA, Adego; OMOTI, Caroline Edijana. Drugs and suicide attempt in Benin city (Nigeria) from 1991 to 2000. Seguimiento Farmacoterapéutico, [S.I], v. 3, n. 4, p. 197-204, 2005.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDAL IDEATION AND SUICIDE ATTEMPTS IN BIPOLAR DISORDER TYPE I: AN UPDATE FOR THE CLINICIAN

ABREU, Lena Nabuco de et al. Suicidal ideation and suicide attempts in bipolar disorder type I: an update for the clinician. Revista brasileira de psiquiatria, [S.I], v. 31, n. 3, p. 271-280, 2009.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

MORBIMORTALIDADE POR SUICÍDIO ENTRE ADOLESCENTES EM MINAS GERAIS, BRASIL

ABASSE, Maria Leonor Ferreira et al. Análise epidemiológica da morbimortalidade por suicídio entre adolescentes em Minas Gerais, Brasil.Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 407-416, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICÍDIO: INFORMANDO PARA PREVENIR

Conselho Federal de Medicina. SUICÍDIO: INFORMANDO PARA PREVENIR. Brasília, 2014.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

OCORRÊNCIAS POLICIAIS COM SUICIDAS:GERENCIAMENTO, NEGOCIAÇÃO E CONTROLE DE DISTÚRBIOS DO COMPORTAMENTO

SANTOS, Cap. PM Hugo. OCORRÊNCIAS POLICIAIS COM SUICIDAS: GERENCIAMENTO, NEGOCIAÇÃO E CONTROLE DE DISTÚRBIOS DO COMPORTAMENTO. Dissertação de Mestrado. São Paulo, 2013.

Categorias: Mortes Violentas, Segurança Pública, Suicídio na População

Ler Artigo

ENTRE AMARRAS E POSSÍVEIS: ATIVIDADE DE TRABALHO E MODOS DE VIVER DOS POLICIAIS MILITARES CAPIXABAS EM ANÁLISE

MAGALHÃES, Janice de Carmo Demuner. Entre amarras e possíveis: Atividade de trabalho e modo de viver dos policiais militares capixabas em análise. Dissertação de Mestrado, Vitória, 2015.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

COMPORTAMENTO SUICIDA: CONHECER PARA PREVENIR: DIRIGIDO PARA PROFISSIONAIS DA IMPRENSA

Associação Brasileira de Psiquiatria. COMPORTAMENTO SUICIDA: CONHECER PARA PREVENIR: dirigido para profissionais da imprensa. São Paulo, 2009.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

ESPECIFICIDADES SOBRE PROCESSO DE LUTO FRENTE AO SUICIDIO

FUKUMITSU, K. e KÓVACS, MJ. Especificidades sobre o processo de luto frente ao suicídio. Revista Psico. Porto Alegre, 2016; 47(1), 3-12.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

AVALIAÇÃO DO RISCO DO SUICÍDIO E SUA PREVENÇÃO- VERSÃO PROFISSIONAL

Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. Avaliação do Risco de Suicídio e sua prevenção- versão Profissional. 1a. edição. Rio de Janeiro, 2016

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

VITIMIZAÇÃO POLICIAL: ANÁLISE DAS MORTES VIOLENTAS SOFRIDAS POR INTEGRANTES DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO (2013-2014)

FERNANDES, Alan. VITIMIZAÇÃO POLICIAL: ANÁLISE DAS MORTES VIOLENTAS SOFRIDAS POR INTEGRANTES DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO (2013-2014). Revista Brasileira de Segurança Pública, São Paulo v.10 n.2, Ago/Set 2016.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

CONSUMO DE SUBSTÂNCIAS LÍCITAS E ILÍCITAS POR POLICIAIS DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

Revista Ciência e Saúde Coletiva 18(3):667-676, 2013.

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

RISCO E (IN)SEGURANÇA NA MISSÃO POLICIAL

MINAYO, Maria Cecília; ADORNO, Sérgio. Risco e (in)segurança na missão policial. Revista Ciência e Saúde Coletiva 18(3):585-593, 2013.
Categorias: Segurança Pública, Saúde do Trabalha

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

PREVENTING SUICIDE BY YOUNG PEOPLE: DISCUSSION PAP

BOYSTOWN. Preventing Suicide by Young People: Discussion Paper. BoysTown, 2015.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE AND SUICIDE ATTEMPTS IN ADOLESCENTS

KAPLAN, et al. Suicide and Suicide Attempts in Adolescents. PEDIATRICS Vol. 105 No. 4, 871-874, April 2000.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À IDEAÇÃO SUICIDA NA ADOLESCÊNCIA: REVISÃO DE LITERATURA

MOREIRA e BASTOS. Prevalência e fatores associados à ideação suicida na adolescência: revisão de literatura. In: Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional, SP. Volume 19, Número 3, Setembro/Dezembro de 2015: 445-453.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

DETERMINANTES ESPACIAIS E SOCIOECONÔMICOS DO SUICÍDIO NO BRASIL: UMA ABORDAGEM REGIONAL

GONÇALVES, et al. Determinantes espaciais e socioeconômicos do suicídio no Brasil: uma abordagem regional. In: Revista Nova Economia. Belo Horizonte, 21 (2),281-316, maio-agosto, 2011

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SOFRIMENTO PSÍQUICO E ESTRESSE EM AGENTES PENITENCIÁRIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

BEZERRA, Cláudia de Magalhães. Sofrimento psíquico e estresse em agentes penitenciários do Estado do Rio de Janeiro. Tese de Doutorado. Fiocruz. Rio de Janeiro, 2017

Categorias: Saúde do Trabalhador, Segurança Pública

Ler Artigo

TENTATIVAS DE SUICÍDIO: CONSTRUINDO DISPOSITIVOS DE PREVENÇÃO

QUENTAL, Isabel de Araújo. Tentativas de suicídio: construindo dispositivos de prevenção. Pediatria Moderna 2009;45(6).

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

VIOLÊNCIA FAZ MAL À SAÚDE

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Violência Faz Mal à Saúde. Editora MS, Brasília, 2006.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PROGRAMA DE PREVENCAO AO SUICÍDIO: ESTUDO DE CASO EM UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL

COMTE, M. Et. al. Programa de Prevenção ao Suicídio: estudo de caso em um município do sul do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, 17(8), 2017.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

PREVENÇÃO DO SUICÍDIO EM ADOLESCENTES: PROGRAMA DE INTERVENÇÃO BELIEVE

FAÇANHA, J.D.N. Et. al. Prevenção do Suicídio em Adolescentes: programa de intervenção BELIEVE. Revista Eletrônica Saúde Mental, 17(8), 2017.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR RELAÇÕES ENTRE A SÍNDROME DE BURNOUT E O ESTRESSE

SIEVERS, Laíse e MULLER, Fernanda. SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR Relações entre a síndrome de burnout e o estresse

Categorias: Saúde do Trabalhador

Ler Artigo

SUICIDE BY CHILDREN AND YOUNG PEOPLE

MANCHESTER UNIVERSITY. SUICIDE BY CHILDREN AND YOUNG PEOPLE. MANCHESTER, 2017

Categorias: Mortes Violentas, Saúde mental e grupo de risco, Suicídio na População

Ler Artigo

ANÁLISE DOS COMPORTAMENTOS AUTOLESIVOS NA UNIDADE DE COMPORTAMENTOS SUICIDÁRIOS DO HOSPITAL DE BRAGA

CARNEIRO, AZENHA e PEIXOTO. Análise dos Comportamentos Autolesivos na Unidade de Comportamentos Suicidários do Hospital de Braga. In: Gazeta Médica, n.4 vol.4. Portugal, 2017.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE: A LOOK THROUGH

VARGHESE, JOSE e GEORGE. Suicide: A look Through. In: Journal of Comprehensive Nursing Research and Care 2017, 2:117.

Categorias: Mortes Violentas, Suicídio na População

Ler Artigo

IDEACIÓN SUICIDA EN UNA MUESTRA DE JÓVENES VÍCTIMAS DE CYBERBULLYING

LARROTA et al. Ideación suicida en una muestra de jóvenes víctimas de cyberbullying. In: PSICOESPACIOS, Vol. 12, N 20

Categorias: Mortes Violentas, Saúde mental e grupo de risco, Suicídio na População

Ler Artigo

NURSE SUICIDE: BREAKING THE SILENCE

DAVIDSON et al. Nurse Suicide: Breaking the Silence. In: Perspectives, Expert Voices in Health & Health Car, 2018.

Categorias: Mortes Violentas, Saúde do Trabalhador, Suicídio na População

Ler Artigo

DA MELANCOLIA AO SUICÍDIO: UMA APROXIMAÇÃO DA PSICANÁLISE À OBRA POÉTICA DE FLORBELA ESPANCA

SANTOS.In: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica, Universidade de São Paulo, 2017.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE POSTVENTION AS SUICIDE PREVENTION: IMPROVEMENT AND EXPANSION IN THE UNITED STATES

AGUIRRE e SLATER. Suicide postvention as suicide prevention: improvement and expansion in the United States. In: Death Studies, vol. 34, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

GRIEF AFTER SUICIDE: THE EVOLUTION OF SUICIDE POSTVENTION

JORDAN. Grief after suicide: The evolution of suicide postvention. In:J. M. Stillion & T. Attig (Eds.), Death, Dying, and Bereavement: Contemporary Perspectives, Institutions, and Practices. New York, 2005.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

SUICIDE POSTVENTION: HOW TO HELP THE BEREAVED MOVE FORWARD

PEACE. Suicide Postvention: How to Help the Bereaved Move Forward. In: Master of Social Work Clinical Research Papers. Paper 657, 2016.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

EDWIN S. SHNEIDMAN ON SUICIDE

LEENAARS. Edwin S. Shneidman on Suicide. In: Suicidology Online; 1:5-18, 2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PSYCHOSOCIAL FACTORS AND AGEING IN OLDER LESBIAN, GAY AND BISEXUAL PEOPLE: A SYSTEMATIC REVIEW OF THE LITERATURE

MCPARLAND e CAMIC. Psychosocial factors and ageing in older lesbian, gay and bisexual people: a systematic review of the literature. In: Journal of Clinical Nursing, Dec;25(23-24), 2016.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

VICTIMIZATION OF LESBIAN, GAY, AND BISEXUAL PEOPLE IN CHILDHOOD: ASSOCIATIONS WITH ATTEMPTED SUICIDE

FLYNN. Victimization of Lesbian, Gay, and Bisexual People in Childhood: Associations with Attempted Suicide. In: Suicide and Life-Threatening Behavior, 2016.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

SURVEY OF LESBIAN, GAY, BISEXUAL, AND TRANSGENDER PEOPLE’S EXPERIENCES OF MENTAL HEALTH SERVICES IN IRELAND

MCCANN e SHAREK. Survey of lesbian, gay, bisexual, and transgender people’s experiences of mental health services in Ireland. In: International Journal of Mental Health Nursing vol. 23, 2014.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

BISEXUALITY AND SUICIDE: A SYSTEMATIC REVIEW OF THE CURRENT LITERATURE

POMPILI et al. Bisexuality and Suicide: A Systematic Review of the Current Literature. In: Health and Social Care in the Community (2008) 16(3), 329–336, 2016.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

LESBIAN, GAY, BISEXUAL AND TRANSGENDER YOUNG PEOPLE’S EXPERIENCES OF DISTRESS: RESILIENCE, AMBIVALENCE AND SELF-DESTRUCTIVE BEHAVIOUR

SCOURFIELD, ROEN e MCDERMOTT. Lesbian, gay, bisexual and transgender young people’s experiences of distress:
resilience, ambivalence and self-destructive behaviour. In: Health and Social Care in the Community (2008) 16(3), 329–336, 2016.

Categorias: Saúde mental e grupo de risco

Ler Artigo

INCREASE IN SUICIDES THE MONTHS AFTER THE DEATH OF ROBIN WILLIAMS IN THE US

FINK, TENORIO E KEYES. Increase in suicides the months after the death of Robin Williams in the US. In: S. PLoS ONE 13(2), 2018.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

PÓSVENÇÃO: UMA NOVA PERSPECTIVA PARA O SUICÍDIO

FUKUMITSU et al. Posvenção: uma nova perspectiva para o suicídio. In: Revista Brasileira de Psicologia, 02(02), Salvador, Bahia, 2015.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

QUALIDADE DE VIDA E DEPRESSÃO EM MULHERES VÍTIMAS DE SEUS PARCEIROS

ADEODATO et al. Qualidade de vida e depressão em mulheres vítimas de seus parceiros. In: Revista de Saúde Pública; 2005; 39(1): 108-13.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

TENTATIVA DE SUICÍDIO EM MULHERES POR QUEIMADURAS

PACHECO et al. Tentativa de suicídio em mulheres por queimadura. In: Rev. Rene. Fortaleza, v. 11, n. 2, p. 152-160, abr./jun.2010.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES E POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL: O QUE PODEM FAZER OS SERVIÇOS DE SAÚDE?

In: REVISTA USP, São Paulo, n.51, p. 104-113, setembro/novembro 2001.

Categorias: Segurança Pública

Ler Artigo

ESTUDO COMPREENSIVO SOBRE O SUICÍDIO DE MULHERES IDOSAS

In: Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 29(12):2405-2415, dez, 2013.

Categorias: Suicídio na População

Ler Artigo

Fique conosco e receba nossos informativosé simples, rápido e fácil