Rascunho automático 8

Por Kathlen Barbosa,
Jornalista e pesquisadora do IPPES.


 

Como parte das comemorações do primeiro aniversário do IPPES, o Instituto dará início no mês de março ao Grupo de Estudos, Pesquisa e Ações de Intervenção em Desastres e Comportamento Suicida. Essa nova iniciativa faz parte do Departamento de Saúde Mental do Instituto e busca aprofundar os estudos com foco nos desastres de diversos tipos, situações de crise, acidentes e conflitos para o desenvolvimento de pesquisas e atuação em situações em que o indivíduo e o meio social vivenciam mudanças e o processo de luto. O projeto propõe despertar o olhar e a escuta para comportamentos de risco de suicídio em situações como essas, ampliando a percepção das vulnerabilidades e os fatores de risco que permeiam pessoas em sofrimento. O Grupo visa também atuar no acolhimento e no manejo técnico emergencial, assim como na condução para um tratamento preventivo adequado.

Ele será coordenado pela psicóloga Fátima Santos, que tem experiência de mais de 14 anos na área. Ela coordenou o Departamento de Psicologia da Cruz Vermelha, e atuou na tragédia da Região Serrana do Rio de Janeiro, em 2011. Considerada a maior tragédia climática da história do país, ela deixou 905 mortos e dezenas de milhares de pessoas desabrigadas. Segundo Fátima, “quando a gente pensa em estudar desastres sobre o ponto de vista da psicologia, abordamos todas as situações de crise em relação ao ser humano e como ele se coloca frente a essa situação. Além disso, buscamos entender como os profissionais podem ajudar considerando os vários tipos de desastres. Não basta ser psicólogo para atuar nessa área, é preciso conhecimento. A partir dos estudos e pesquisas, vamos nos preparar para ter um grupo de ação específico para atuar nesses cenários”.

Formado por profissionais e estudantes de saúde, saúde mental, assistência social e educação, o grupo terá número máximo de 25 participantes, com possibilidade de abertura de outros. Inicialmente os encontros serão em formato online e acontecerão no primeiro sábado de cada mês, com quatro horas de duração. O primeiro deles será realizado no dia 6 de março, das 9h às 13. Essa é uma das oportunidades oferecidas a associados do IPPES nos planos Associe-se 40, Associe-se  60 e Associe-se 100 (Veja como ser sócio clicando aqui). Para não associados, a taxa de participação é de R$40,00 a cada encontro. As inscrições estão temporariamente encerradas. Em breve o IPPES divulgará informações para novos participantes.

Os participantes deverão se comprometer com as leituras propostas pelo grupo, além de realizar estudos de casos em ‘Intervenção psicossocial e suporte psicológico em situações de crise /desastres’ e ‘Pesquisas no manejo do comportamento em processo de luto por desastre, inclusive luto por suicídio; e do comportamento suicida’. Eles organizarão apresentações de filmes e debates e poderão elaborar na prática projetos de autocuidado do profissional.

Para os não sócios do IPPES, a taxa deverá ser depositada na seguinte conta:

Banco Itaú
Agência: 6157
Conta: 77714-2
Instituto de Pesquisa, Prevenção e Estudos em Suicídio
CNPJ: 36.374.248/0001-60
OBS: Por favor, enviar o comprovante de pagamento, nome completo e identifique o grupo de estudo que está submetendo inscrição para o e-mail: financeiro@ippesbrasil.com.br


 

Entre os temas básicos a serem abordados no Grupo estão:

Desastres:

Situações de crise: acidentes, convulsões sociais, desequilíbrio da biocenose
Tipos: naturais, aeronáuticos, biológicos, entre outros
Fases: Prevenção, Mitigação, Preparação, Desastre, Reconstrução
Impactos em diversas dimensões existenciais
Comunicação de risco
Vítimas e sobreviventes (Quem são?)
Atuação do psicólogo e dos outros profissionais envolvidos.
Atuação das possíveis instituições envolvidas.

  • Crise e Conflito
  • Formação e rompimento de vínculos afetivos
  • Nascimento/vida e morte
  • Perdas – reais e simbólicas
  • Traumas – memórias e vicissitudes
  • Luto e determinantes
  • Respostas comportamentais: indivíduo, grupo, comunidade:

Comportamento natural
Comportamento autodestrutivo
Comportamentos de risco (fatores predisponentes e fatores precipitantes)
Estresse e Síndrome de adaptação
Transtorno do estresse pós-traumático
Outros transtornos desenvolvidos no processo
Comportamento suicida